Plataforma global para elétricos é apresentada pela Hyundai

E-GMP possibilitará construção de veículos com autonomia de até 500 quilômetros e 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos

Por AutoPapo 02/12/20 às 11h23
plataforma global para eletricos da hyundai chamada e gmp vista de cima
E-GMP servirá de base para o Grupo Hyundai Motor lançar um total de 23 modelos (Foto: Hyundai | Divulgação)

O Grupo Hyundai Motor deu novos passos em direção à eletrificação. A fabricante apresentou sua nova Plataforma Modular Elétrica-Global (E-GMP), dedicada aos veículos elétricos a bateria (BEV). A base servirá como tecnologia central para 23 modelos.

Já a partir de 2021, a E-GMP vai apoiar o IONIQ 5, da Hyundai, e o primeiro BEV dedicado da Kia (a ser apresentado no ano que vem).

LEIA MAIS

De acordo com a Hyundai, a E-GMP oferece várias vantagens em comparação com as plataformas existentes, que foram pensadas predominantemente para acomodar motores de combustão interna. Os benefícios incluem maior flexibilidade de desenvolvimento, desempenho de condução surpreendente, maior autonomia, recursos de segurança aprimorados e mais espaço interno para passageiros e bagagem.

A E-GMP reduz a complexidade por meio da modularização e padronização, permitindo o desenvolvimento rápido e flexível de produtos que podem ser usados na maioria dos segmentos de veículos. Além disso, é capaz de satisfazer várias necessidades dos consumidores quanto ao desempenho do veículo, como exemplo, um modelo de alto desempenho poderá acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos e atingir uma velocidade máxima de 260 km/h.

A E-GMP foi pensada para oferecer melhor desempenho em curvas e estabilidade de condução em alta velocidade. Isso por meio da distribuição de peso entre a dianteira e a traseira e um design que permite baixo centro de gravidade.

O modelo usa um sistema de suspensão traseira de cinco braços, que normalmente é adotado nos segmentos de veículos de médio e grande porte, e o primeiro eixo de tração integrado (IDA) produzido em série do mundo, que combina os rolamentos das rodas com o eixo de tração para transmitir potência às rodas.

A plataforma garante a segurança das baterias por meio de uma estrutura de apoio feita de aço de ultra-alta resistência. Componentes de aço prensados a quente envolvem essa estrutura proporcionando rigidez adicional.

A energia de uma colisão pode ser absorvida de forma eficiente graças a seções deformáveis da carroceria e do chassi, sequencia de deformação mais eficaz e uma parte central do conjunto de baterias que está firmemente ligada à carroceria do veículo.

Além disso, ao fortalecer a estrutura da seção de absorção de energia, localizada na frente do painel de instrumentos, os engenheiros foram capazes de minimizar a carga de colisão sobre o sistema elétrico e a bateria. A estrutura de distribuição de energia de colisão da coluna A também evita a deformação do habitáculo de passageiros.

O conjunto de baterias – montado entre os eixos dianteiro e traseiro – se caracteriza por ser o sistema com maior densidade de energia que o Grupo Hyundai Motor já criou. Em parte, isso se deve ao desempenho de resfriamento aprimorado.

Com a densidade de energia aprimorada em cerca de 10% em comparação com a tecnologia anterior, as baterias são mais leves, podem ser montadas mais abaixo da carroceria e liberam mais espaço interno na cabine.

O novo sistema compacto de energia elétrica (PE) da E-GMP consiste em um motor potente, transmissão EV e inversor. Esses três componentes são integrados em um único módulo compacto. Isso garante um desempenho poderoso, aumentando a rotação máxima do motor em até 70% em comparação com os motores existentes.

O motor de alta rotação é menor que outros motores, ao mesmo tempo em que oferece desempenho similar e maior eficiência em espaço e peso.

Motor

O motor é controlado pelo módulo de potência do inversor, que adota semicondutores de carbeto de silício (SiC). Este propulsor pode aumentar a eficiência do sistema em cerca de 2 a 3%.

Todos os veículos desenvolvidos com a plataforma E-GMP usam um único tipo de módulo de bateria padronizado.

Recarga e autonomia da E-GMP

A maioria dos veículos elétricos (EVs) existentes e as infraestruturas de recarga rápida fornecem carregamento de 50kW ~ 150kW para automóveis equipados com sistema de 400V; no entanto, o desenvolvimento de infraestruturas de 800V, com até 350 kW, permitirá gradualmente recargas ainda mais rápidas.

A E-GMP oferece capacidade de recarga de 800V como padrão e permite o carregamento em 400V, sem a necessidade de componentes ou adaptadores adicionais.

Um modelo BEV baseado na E-GMP é capaz de uma autonomia de mais de 500 km com uma bateria totalmente carregada, de acordo com o Procedimento Mundial Harmonizado para Teste de Veículos Leves (WLTP). Além disso, ele pode ser recarregado em modo rápido para até 80% ema penas 18 minutos ou adicionar cerca de 100 km de autonomia em apenas cinco minutos.

E-GMP servirá de base para os planos do Grupo Hyundai Motor de lançar um total de 23 modelos BEV, incluindo 11 modelos originalmente concebidos para operar 100% a bateria, e vender mais de 1 milhão de BEVs em todo o mundo até 2025.

Como parte de sua visão para BEVs, a Hyundai Motor Company lançou sua marca IONIQ, dedicada a BEVs, em agosto de 2020, que inclui três modelos BEV até 2024: IONIQ 5, 6 e 7. Os modelos englobarão diversos segmentos de atuação.

A Kia também está passando por uma transformação para a era da eletrificação, com base emsua estratégia de médio a longo prazo chamada ‘Plano S’. Em setembro, a Kia anunciou planos de aumentar para 20% a participação das vendas de BEVs dentro dos volumes totais até 2025.

Fotos: Hyundai | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário