Porsche anuncia investimento de mais R$ 357 milhões em combustível sintético

Após aplicação realizada em fábrica de efuel no Chile, marca alemã reitera interesse em combustível renovável com investimento milionário

Porsche pretende continuar com produção dos motores a combustão
Porsche pretende continuar com produção dos motores a combustão (Foto: Porsche | Divulgação)
Por Bernardo Castro
07 de abril de 2022 13:37

A Porsche ainda sonha em manter viva a produção de motores a combustão interna. Para isso, a fabricante se juntou a um grupo de investidores que, somados, investiram US$ 260 milhões (aproximadamente R$1,2 bilhões na cotação atual) em uma startup que trabalha aproveitando a energia eólica para produzir um combustível capaz de substituir a gasolina.

O investimento da Porsche é de US$ 75 milhões (R$ 357 milhões) para obter 12,5% da HIF Global LLC. Essa empresa é uma holding de desenvolvedores de projetos ativos internacionalmente de instalações de produção de eFuel e está construindo a planta piloto Haru Oni ​​eFuel em Punta Arenas, Chile.

VEJA TAMBÉM:

Inclusive, em setembro do ano passado a Porsche anunciou investimentos nessa fábrica Haru Oni, que será responsável por produzir combustíveis sintéticos baseados em eletricidade a partir de hidrogênio e dióxido de carbono usando energia eólica.

empresas como a Andes Mining & Energy (AME), EIG, Baker Hughes Company e Gemstone Investments também entraram na empreitada. Os fundos levantados serão utilizados para investir em instalações de produção de eFuel em países ricos em energia renovável, como Chile, Austrália e Estados Unidos.

De acordo com Bárbara Frenkel, membro do Conselho Executivo de Compras da Porsche AG, os investimentos da montadora nesse segmento podem ultrapassar os R$ 476 milhões.

Os EFuels dão uma importante contribuição para a proteção do clima e complementam nossa eletromobilidade de forma significativa. Ao investir na produção industrial de eFuel, a Porsche está expandindo ainda mais seu compromisso com a mobilidade sustentável. No total, nosso investimento no desenvolvimento e fornecimento dessa tecnologia inovadora chega a mais de US$ 100 milhões”

Produção do combustível sintético da Porsche

Todo o processo é feito sem utilizar o petróleo como matéria prima, pois o combustível sintético é criado combinando hidrogênio com carbono para produzir metanol. Os eletrolisadores são responsáveis por dividir a água em oxigênio e hidrogênio verde, usando a energia eólica. O CO2 é filtrado do ar e combinado com o hidrogênio verde para produzir metanol sintético – que é convertido em eFuel.

A substância ainda poderá ser distribuída em postos de combustíveis tradicionais sem exigir mudanças estruturais nos motores a combustão. Contudo, ainda se trata de uma tecnologia cara e que depende de uma escala maior de produção para se tornar mais acessível.

Com a alta constante no preço da gasolina, Boris Feldman alerta: cuidado com as dicas “geniais” para se economizar combustível:

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário