Produtores rurais poderão pagar carros da Stellantis em grãos

Nova modalidade quer potencializar as vendas de Fiat, Jeep e Ram ao setor do agronegócio e fortalecer laços comerciais com o mercado

fiat toro ranch 2022 6
Fiat Toro é um dos veículos disponíveis no programa piloto da Stellantis (Foto: Stellantis | Divulgação)
Por AutoPapo
06 de maio de 2021 10:51

A Stellantis acaba de criar uma nova modalidade de venda de veículos ao setor do agronegócio. As operações barter trade – do inglês, troca ou permuta – contemplam produtores rurais que poderão adquirir modelos da Fiat, Jeep e Ram mediante o pagamento fixo liquidado em grãos como soja (uma commodity cotada internacionalmente).

LEIA MAIS

As operações barter trade se baseiam na troca de mercadorias, mas são mais complexas do que a prática de escambo, historicamente conhecida. A transação ocorre envolvendo a definição do valor do bem a ser adquirido, cotação básica da commodity agrícola a ser usada como pagamento, seguro, aquisição do bem e, ao fim, liquidação financeira.

Nesta primeira fase do projeto, 1,2 mil produtores rurais de Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Bahia, Paraná e Pará foram selecionados e podem se habilitar à compra dos veículos.

Modelos Stellantis “vendidos em grãos”

O projeto piloto da operação de barter trade envolverá veículos de trabalho e de passeio. Serão oferecidos os modelos:

Fiat

  • Toro;
  • Strada (exceto o modelo Volcano); e
  • furgão Fiorino.

Jeep

  • Renegade;
  • Compass;
  • Wrangler; e
  • Grand Cherokee.

Ram

Os programas receberam os nomes de Agro Fácil Fiat, Barter é Jeep e Barter Ram.

O agronegócio brasileiro corresponde a mais de 21% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e também se destaca nas exportações e na geração de superávit na balança comercial. Tem, ainda, apresentado crescimento constante ao longo das últimas décadas e consegue manter-se estável mesmo em períodos de crise.

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Maria Angélica Garcia 9 de maio de 2021

Espero que se estenda para o setor da Pecuaria.

Avatar
Deixe um comentário