Que dó! Dodge Charger vira prêmio de consolação para filha de Gugu

Filhas do Gugu vêm brigando com a tia que controla a herança, recusar liberar dinheiro para comprar um Porsche foi um dos agravantes

dodge charger r t azul claro dianteira
Filha de Gugu precisou se contentar com um Charger R/T (Foto: Dodge | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
25 de agosto de 2021 20:03

Em novembro de 2019 o apresentador Augusto Liberato, o Gugu, morreu após sofrer uma queda em sua casa nos EUA. Ele deixou 75% de seus bens para seus filhos e o restante para os sobrinhos. As gêmeas Marina e Sofia Liberato, de 17 anos, questionam a gerência do patrimônio que vem sendo feita pela tia Aparecida Liberato.

Segundo um vídeo das irmãs publicado no site Metrópoles, Sofia diz que queria comprar um tão sonhado Porsche, porém a tia recusou a liberação do dinheiro para isso. Por isso, ela comprou uma carro “mais barato” pela metade do valor. Qual é o carro? Um Dodge Charger R/T.

VEJA TAMBÉM:

O preço de tabela do Charger R/T com o pacote Blacktop (que inclui as rodas e retrovisores pintados em preto) é de US$ 38.845 – R$ 202.499 em conversão direta na cotação atual. Pelo dobro do valor do Dodge já é possível adquirir modelos das linhas 718, Macan e Cayenne. O elétrico Taycan passa um pouco da cifra.

Recusar a ajudar na realização do Porsche próprio não é a única acusação das irmãs contra a tia. Elas acusam Aparecida de manipular e mentir sobre o processo de reconhecimento da mãe das gêmeas como parceira de Gugu.

configurador dodge charger rt igual ao da filha do gugu
Pelo que pudemos identificar na foto, o Charger é um R/T equipado com o pacote Blacktop. Opcionais do interior podem elevar esse preço

Conheça um pouco sobre o carro da filha do Gugu

Quando se fala na linha atual da Dodge a primeira associação é com as versões Hellcat do sedã Charger e do cupê Challenger. Abaixo desses muscle cars com mais de 700 cv existem outras versões com motores V8 aspirado e V6, podendo vir com tração integral. Oferecendo um bom custo/benefício (no mercado norte-americano) graças ao projeto defasado com origem em uma plataforma Mercedes-Benz dos anos 90.

O R/T é o terceiro nível da “escadinha” de modelos do Charger, sendo a forma mais acessível de comprar um sedã com motor V8 nos EUA. Em 2018 o R/T adotou a dianteira mais agressiva que era dos modelos SRT, deixando a grade maior apenas para o SXT de entrada.

Sob o capô está o mesmo V8 Hemi 5.7 da Ram 1500 Rebel vendida no Brasil, produzindo 375 cv e 54,6 kgfm. O cambio automático também é o mesmo da Ram Rebel, a venerada caixa ZF de 8 marchas rebatizada como Torqueflite pela Dodge.

Apesar de ser uma versão focada no custo-benefício, o desempenho é de respeito: a aceleração de zero a 96 km/h é realizada em 5,1 segundos e a velocidade máxima é limitada em 250 km/h.

O carro vem equipado com acendimento automático dos faróis, bancos em tecido (couro é opcional) com regulagem elétrica e ajuste lombar para o motorista, sistema de som Alpine com seis alto-falantes e amplificador de 276 watts, central multimídia Uconnect 4C com tela de 8,4 polegadas, roteador de Wi-Fi 4G, Apple CarPlay, Android Auto, seis meses grátis de rádio via satélite, ar condicionado de duas zonas, chave presencial e seis airbags.

Fotos: Dodge | Divulgação

Gosta de sedãs Dodge com motor V8? O Boris mostra esse Dart nacional:

5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
VALTER TADEU ALEXANDRE 27 de agosto de 2021

Inergumelas.simplis assim.tadinha…

Avatar
Cris 26 de agosto de 2021

Tadinha da menina gente…. 17 aninhos e ganhou um charger…. meu coração está em prantos por ela, isso não se faz titia!!!! Da próxima vez, quem sabe um vassoura, aparador de grama, um food truck, sei lá!! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Avatar
Polvo 26 de agosto de 2021

Se o Gugu fosse vivo eu acho que ele daria um carro até mais simples. Está certa a tia dela, se deixar, vão torrar o patrimônio em poucos anos.

Avatar
Omega 26 de agosto de 2021

Como é bom ler “um Porsche” e não “uma Porsche”, como li hoje no Bol.
Também tem quem escreve “uma Scania”, “uma Simca”, entre outros, em vez de “um Scania”, ou “um Simca”.
Coisa de jornalistas formados.

Avatar
Manu 25 de agosto de 2021

#forçaguerreira

Avatar
Deixe um comentário