Bugatti convoca apenas uma unidade do Chiron para recall

A Bugatti está convocando umas única unidade do Chiron para realizar um recall, o problema é a fixação de um parafuso na dianteira do veículo

csm 01 Chiron Auslieferungsstart c44b24647d
O reparo é apenas apertar um parafuso (Foto: Bugatti | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
11 de abril de 2022 13:18

As chamadas de recall envolvem chamar carros fabricados em um mesmo lote. Mas como seria uma chamada de um carro que é feito a mão e leva seis meses para ficar pronto? A Bugatti está convocando apenas uma unidade do Chiron, fabricada em 2018 para realizar um reparo.

O motivo é apenas um parafuso, que segura a seção dianteira do chassis. Foi constatado que ele pode se soltar, o que afeta a proteção dos ocupantes em uma colisão. Esse risco pode ser agravado pelo desempenho do carro, que é capaz de ultrapassar 400 km/h.

VEJA TAMBÉM:

Brasil já teve recall similar

A Volvo precisou convocar também apenas uma unidade de um veículo no Brasil para um recall. Nesse caso foi o hatch C30, equipado com motor 2.4 de cinco cilindros. A unidade precisava de realizar a substituição da mangueira da caixa de direção.

Como a nossa lei exige que o fabricante divulgue publicamente os recalls, a Volvo precisou seguir todo o protocolo das campanhas para convocar esse único cliente. Os gastos com a promoção da campanha foram maiores que os necessários para o reparo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário