Renault não adere às sanções e retoma as atividades de fábrica na Rússia

Renault não aderiu às sanções impostas à Rússia; produção havia sido interrompida por problema de logística causado pelo conflito na Ucrânia

Renault volta com a produção em fábrica na Rússia
Renault retomou a produção em fábrica na Rússia (Foto: Renault | Divulgação)
Por Bernardo Castro
22 de março de 2022 11:17

De acordo com um porta-voz que conversou com a Reuters, a Renault decidiu retomar as atividades em sua fábrica de Moscou, na Rússia. As operações estavam suspensas desde o final de fevereiro devido a uma “mudança forçada nas rotas logísticas existentes”.

A fabricante foi mais uma das inúmeras que interromperam a produção após a invasão da Ucrânia pela Rússia. A maioria dela optou por sair do mercado como uma forma de responder às sanções econômicas impostas ao país governado por Vladimir Putin. A Renault, no entanto, seguiu o caminho contrário e não abandonou o mercado russo.

VEJA TAMBÉM:

A marca francesa é a maior montadora estrangeira presente na Rússia e, de acordo com o Carscoops, fontes disseram que a opção de não sair do mercado se deve ao medo de perder os locais de produção. Essa seria uma resposta à ameaça feita pelo governo russo, que afirmou que nacionalizaria as plantas de fábricas estrangeiras que saíssem do mercado local durante a invasão na Ucrânia.

Outro ponto é que a Renault possui 68% das ações da empresa russa AvtoVAZ. De acordo com o Citibank, quando somadas, as duas marcas têm 30% de participação do mercado local. Isso faz com que o país eslavo seja responsável por 10% de todo o lucro mundial dos franceses.

A Avtovaz disse na segunda-feira que estava interrompendo parcialmente a produção em suas fábricas em Togliatti e Izhevsk entre 21 e 25 de março, devido à escassez de peças eletrônicas.

De acordo com relatórios, as sanções econômicas impostas contra a Rússia podem fazer com que o mercado automotivo local encolha 50% este ano. Além disso, as linhas de fornecimento e as pausas na produção também afetaram as vendas do setor.

A Renault também anunciou uma mudança em suas operações em escala global. Agora, a montadora vai voltar suas atenções para os modelos mais rentáveis.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Airplane 22 de março de 2022

Tudo pelo dinheiro ($) !
Money, money, money, …

Avatar
Bruno de Souza 22 de março de 2022

Bem feito para os russos. Vao ficar com essa bucha!

Avatar
Deixe um comentário