Caminhões a gás: opção para driblar preço do diesel? Scania já os vende

Montadora já comercializou 600 unidades movidas a GNV e também passou a oferecer modelos a GNL (Gás Natural Liquefeito)

caminhoes scania r410 movidos a gnv
Em 2020, a RN Logística foi a primeira transportadora adquirir um lote de caminhões Scania a gás (Foto: Scania | Divulgação)
Por Érico Pimenta
22 de março de 2022 09:03

Com o preço do óleo diesel nas alturas, o gás poderia ser uma alternativa para os caminhões? Para a Scania, a resposta parece ser sim: a empresa é única, até o momento, a fabricar e comercializar modelos a GNV no Brasil. A montadora, inclusive, anunciou que passou da marca de 600 unidades vendidas desde 2020. Desse total, 70 exemplares foram emplacados logo no ano de estreia.

VEJA TAMBÉM:

A montadora apresentou a novidade ainda em 2019, na Fenatran (Feira Nacional do Transporte, maior evento do gênero na América Latina): a primeira venda ocorreu já durante o evento, para a RN Logística. Em maio de 2020, a montadora anunciou a entrega das primeiras unidades, que foram para a mesma empresa.

Logo depois, a Scania  anunciou a venda de 18 unidades para a PepsiCo: era a maior venda até o momento, mas, em 2021, a montadora comunicou mais duas importantes negociações, sendo uma 50 unidades para a TransMaroni e, a outra, de 124 unidades para a Reiter Log.

Essas transportadoras estão juntas a outros grandes embarcadores que apostam na tecnologia do gás como uma transição antes da eletrificação total. Entre essas empresas estão a já citada PepsiCo, além de Gerdau, Nespresso, L’Oréal, Mercado Livre, Unilever, Carrefour e Americanas, por exemplo.

caminhao scania a gas da pepsico
Pepsico está entre as operadoras dos caminhões a gás da Scania

Como funciona o caminhão a GNV?

Ao contrário do que muitos podem pensar, os motores a gás ofertados pela Scania não são motores a diesel convertidos, mas sim projetos desenvolvidos especialmente para rodar com o GNV. Assim sendo, os motores são de ciclo Otto e, curiosamente, todos atendem à Euro 6, norma que emissão de poluentes que só entra em vigor no Brasil em 2023.

A montadora oferta atualmente dois tipos de motores a gás: de 9 litros e 13 litros. O primeiro é oferecido nas potências de 280 cv e de 340 cv.

O motor de 280 cv tem torque máximo de 1.350 Nm entre 1.000 a 1.400 rpm, enquanto o de 340 cv desenvolve 1.600 Nm entre 1.100 e 1.400 rpm.

Já o motor de 13 litros é oferecido apenas com a potência de 410 cv e consegue entregar um torque máximo de 2.000 Nm entre 1.100 a 1.400 rpm.

Na parte dos cilindros, a montadora oferta diferentes opções, de modo a se enquadrar na necessidade do cliente. Assim, há opções de tanques/cilindros de 760 litros, 852 l ou 944 l. No cilindro de 944 litros, consegue-se colocar entre 200 m³ e 230 m³ de gás. Mas isso depende da temperatura e da pressão.

Quanto à autonomia, de acordo com a montadora, um caminhão a gás equipado com cilindro de 944 litros consegue rodar até 500 km com PBTC (Peso Bruto Total Combinado) de 53 toneladas.

Bomba sobre rodas?

cilindros de gas em caminhao scania
Scania garante que os caminhões a GNV são seguros

Quando as primeiras notícias sobre os caminhões a GNV da Scania começaram a aparecer, muitos comentavam que eles seriam bombas sobre rodas, já que acidentes com carros ainda acontecem. A montadora garante que o caminhão a GNV é ainda mais seguro que o modelo a diesel.

De acordo com a Scania, “só há explosão se o gás se expandir muito rapidamente dentro de um confinamento. Para que isso não ocorra, todos os cilindros são equipados com válvulas de segurança para detectar anomalias na vazão, temperatura e pressão, e nesse caso liberar o gás e evitar explosão.”

Ainda segundo a montadora, “no caso de colisão e possível rompimento do cilindro (o que é realmente muito difícil de ocorrer), o gás será liberado e não haverá explosão. Se fosse um caminhão a diesel, o combustível escorreria e ficaria no chão, podendo se incendiar, o que nunca ocorrerá com o gás. Em muitos anos de experiência na Europa não há relatos de explosões por conta do sistema de gás. Resumindo, o caminhão a gás é pelo menos tão seguro quanto o diesel, senão até mais.” comenta a montadora.

GNL, Gás Natural Liquefeito também começa a ser ofertado

Além do GNV, a Scania também iniciou a produção e venda de modelos a GNL: gás natural liquefeito a -163 graus. A maior diferença em relação a um modelo a GNV está no tanque de armazenamento, que é, basicamente, uma espécie de garrafa térmica gigante. A vantagem é autonomia, que passa a 1.200 km quando ofertado com tanques de 1.100 litros.

caminhao scania movido a gnl
Autonomia do caminhão movido a GNL é maior, podendo chegar a 1.200 km

A primeira empresa a investir em modelos a GNL foi a Morada Logística, que fez a compra de 5 caminhões. O negócio foi realizado depois de longos testes, que a Morada realizou com modelo a GNL. Os 5 veículos são do modelo R 410 6×2 e vão trabalhar em uma rota no interior do Estado de São Paulo. O abastecimento fica a cargo de uma parceria que a empresa tem com um fornecedor, já que, no Brasil, ainda não existem postos com GNL.

A Scania ainda destaca que todas as vendas dos caminhões a gás são feitas junto a um PMS, um Programa de manutenção Scania. Com isso, os veículos têm total suporte da rede de concessionárias. Além do mais, a rede de concessionárias foi especialmente equipada para a manutenção dos caminhões a gás, já que requer equipamentos específicos, além de toda uma rede de segurança.

Os modelos a gás estão disponíveis para as séries P, G e R. Os modelos Off-Road já estão em testes e, em breve, também devem estar disponíveis para venda.

Pressão no abastecimento de GNV não pode passar de 220 bar, senão há risco de explosão: Boris Feldman explica em vídeo!

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Alberto Musso 24 de março de 2022

Cuidado. Quando surgem ótimas alternativas, o governo se apressa a encarecer e até inviabilizar a alternativa. Foi assim com o álcool que surgiu como barato e limpo e já está sendo com o GNV

Avatar
Gustavo Lima 23 de março de 2022

A Scania fez o que as montadoras de carros deveriam ter feito a muito tempo ! Motor já para uso no GNV de fábrica. Eu compraria um carro a gás assim. Agora essa gambiarra que fazem nos carros só louco para fazer !

Avatar
HAF 25 de março de 2022

Concordo gustavo, mas o trem anda em outra direção nos veículos menores que a eletrificação completa, híbridos, e células, algo nos brutos iria encarecer demasiadamente para a autonomia oferecida.

Avatar
Deixe um comentário