Rolls-Royce mostra o Spectre EV, o seu primeiro carro elétrico

O Rolls-Royce Spectre EV será um grande cupê elétrico feito em uma plataforma própria da marca, a previsão de lançamento é para o final de 2023

rolls royce spectre teaser frente
A camuflagem lembra a maquiagem usada pela Cruella Deville em seu filme (Foto: Rolls-Royce | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
30 de setembro de 2021 11:10

Silêncio, suavidade e conforto são características essenciais para um Rolls-Royce. A transição dessa marca para o uso de powertrain elétrico era apenas uma questão de tempo, já que silêncio e suavidade também são características dos veículos à bateria.

O fabricante inglês preparou um “anúncio histórico” para essa quarta (29), que foi a revelação do cupê Spectre EV 2024. Esse enorme carro de duas portas com traseira do tipo fastback será também o primeiro elétrico da marca.

VEJA TAMBÉM:

Arquitetura própria da Rolls-Royce

O Spectre EV está previsto para ser lançado em 2023, o modelo apresentado traz frases que definem a marca como camuflagem. Diferente do que era especulado pela mídia, o elétrico da Rolls-Royce usará a plataforma própria da marca que estreou na segunda geração do Phantom. Nada de compartilhamento com a BMW aqui.

Na apresentação do carro, o CEO da marca, Torsten Müller-Ötvö, lembrou que Charles Rolls já teve uma experiência com carros elétricos no início do século XX. O cofundador da marca escreveu em seu diário que os elétricos eram silenciosos, suaves e limpos, sendo o tipo de propulsão ideal para o futuro.

A Rolls-Royce irá colocar os protótipos do Spectre EV em uma bateria de testes prevista para 2,5 milhões de km, enfrentando todos os tipos de condições e simulando 400 anos de uso. O Spectre deverá ganhar uma versão conversível após o lançamento.

Fotos: Rolls-Royce | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário