Scooter elétrica por assinatura é ‘abastecida’ com R$ 6 por mês

Locação da scooter elétrica é uma parceria da Unidas Livre com a Voltz Motors; outros estados devem receber o serviço ainda em 2022

Scooter elétrica desenovlvida pela Voltz Motors tem autonomia de até 180 km
Scooter elétrica desenovlvida pela Voltz Motors tem autonomia de até 180 km (Foto: Unidas Livre | Divulgação)
Por AutoPapo
15 de março de 2022 15:21

Em tempos de altas frequentes nos combustíveis, os veículos elétricos podem ser uma opção de transporte mais barata e sustentável. Contudo, o investimento inicial para comprar um automóvel movido a bateria ainda é elevado, o que deixa as coisas um pouco mais difíceis para o consumidor brasileiro.

Pensando nisso, a Unidas firmou uma parceria com a Voltz Motors para oferecer planos de assinatura da scooter elétrica EV1 Sport. A locação acontece por meio da Unidas Livre, um serviço de locação por assinatura.

O projeto, que já está em funcionamento no Brasil, está disponível nas cidades de São Paulo (SP) e Recife. Contudo, a empresa tem planos de expansão para outros estados e capitais ao longo de 2022.

VEJA TAMBÉM:

As assinaturas estarão disponíveis nos planos de 18, 24 e 30 meses, a partir do investimento de R$ 650,00 por mês. De acordo com a Unidas, há uma redução mensal de R$ 249 na hora de “abastecer” em relação a um veículo a combustão. Quem optar pela assinatura da scooter elétrica, a Unidas Livre, receberá toda a documentação do veículo (emplacamento, IPVA e licenciamento), manutenção preventiva, cobertura a sinistros, assistência 24h, e pontos de recarga nas lojas Unidas.

A chegada das scooters elétricas no portfólio representa mais uma opção de mobilidade sustentável e econômica, uma vez que os custos com recarga são de apenas R$ 6 por mês, contra quase R$ 300 mensais de um carro a combustão”

Scooter elétrica por assinatura tem boa autonomia e espaço interno

Criada pela startup Voltz, a EV1 Sport possui velocidade máxima de 75 km/h e pode alcançar até 180 km de autonomia. Números consideravelmente bons, levando em conta de que ela é para o uso urbano.

A scooter ainda conta um painel digital que permite visualizar informações correspondentes à velocidade, capacidade da bateria, modo de pilotagem, quilometragem. Ademais, possui função ré, amplo espaço interno e conexão bluetooth.

O modelo pode ser equipado com uma ou duas baterias removíveis, que podem ser carregadas na moto ou separadamente. De acordo com Renato Villar, a estimativa é de que, na versão com duas baterias, o gasto para rodar até 20 km é de apenas R$ 0,30. O tempo para recarga completa da scooter elétrica pode levar até 5 horas.

Veículo por assinatura não é como um carro de locadora: assista ao vídeo!

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
11 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jocelem Sakae Sabatini 17 de março de 2022

Quantas parcelas???

Avatar
André Luiz 17 de março de 2022

Poxa 650 por mês? Você compra uma moto 125cc a combustão por mensalidade de 200 reais e te sobra 450 de despesas mensais, será que compensa?

Avatar
Marcos Antônio demarqui 17 de março de 2022

Mesma coisa carro elétrico o valor de um da pra eu manter um V8 até o resto da minha vida sem dó

Avatar
Marcos 16 de março de 2022

A única coisa que eu vejo funcionar dessa empresa é o marketing, pois estou a mais de 100 dias aguardando minha moto que já está quitada e nem contato com eles pra saber minha posição na fila eu consigo mais, então AUTOPAPO, não se queimem dando crédito a quem distrata tanto os seus clientes como esse empresa.

Avatar
JO 17 de março de 2022

agora vejam so – os caras não entregam a moto de quem ja pagou, e tem moto disponibilizada pra quem ainda vai pagar!!!!
eu ia comprar uma voltz, mas é tanta reclamação no reclame aqui, e tantos videos no youtube com baixa autonomia, promessa de 100km e so faz 60km com uma bateria, que eu desisti!!! vou queimar dinossauro velho por enquanto q da menos dor de cabeça

Avatar
Marcos 16 de março de 2022

Se fosse verdade seria ótimo, mas essa empresa não entrega as motos vendidas.

Avatar
LUCIANA PEREIRA DA SILVA CANDIDO 16 de março de 2022

Achei o máximo a idéia. Embora o valor seja o mesmo de uma compra todos os outros serviços agregados compensam porque caso eu compre terei que custear tudo a parte. Creio que vale o custo benefício.

Avatar
Samarone 16 de março de 2022

Só valerá a pena se a mensalidade for inferior a 300 reais, mais que isso é mais lógico a compra da EV1.

Avatar
Alexandre 17 de março de 2022

Penso exatamente a mesma coisa. Muito mais vantagem a compra da scooter.

Avatar
JOSE LUCENA GOMES 17 de março de 2022

Exatamente, acreditei que fosse por volta de 250 reais, daí, compensaria.

Porque seria uns 15O de combustível, mais o valor da moto.

Avatar
jamilson orechio 16 de março de 2022

Achei o valor da locação elevado, considerando o valor do financiamento pela pessoa voltz. Ficar praticante igual

Avatar
Deixe um comentário