Stellantis planeja lançar 20 carros elétricos e híbridos até 2023

São dez novos carros elétricos, nove híbridos e um carro com ambas propulsões prometidos para até o primeiro semestre de 2023

ram 1500 ev teaser
Grandes novidades estão reservadas para 2022 e 2023 na Stellantis, o objetivo é ter a eletrificação total até 2030 (Foto: Ram | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
06 de agosto de 2021 13:46

Em julho a Stellantis anunciou um plano geral de eletrificação e de carros 100% elétricos em todas as marcas que pertencem ao grupo. No início dessa semana foi realizada uma apresentação oficial dos resultados financeiros do primeiro semestre de 2021, onde também apresentaram os planos de lançamentos para os próximos dois anos.

Na apresentação constam 20 veículos eletrificados para esse período de 24 meses. Dez desses carros são completamente elétricos, nove serão híbridos do tipo plug-in e um terá opção de ambos tipos de propulsão. Dois mil e vinte e dois é o ano que terá a maior quantidade desses lançamentos, com dez modelos programados.

Apresentação da Stellantis para híbridos e elétricos até 2023
2022 é o ano que concentra a maior quantidade de novidades, algumas marcas receberão elétricos apenas em 2024 (Foto: Stellantis | Divulgação)

VEJA TAMBÉM:

O que está reservado para cada marca da Stellantis

A Chrysler está sem lançamentos eletrificados para o período. Sua linha atualmente conta com o datado sedã 300 e a minivan Pacifica, que já oferece versão híbrida plug-in. Um SUV conceito elétrico foi apresentado, mas sem previsões de lançamento.

As marcas da antiga PSA, Citroen, Peugeot, Opel e DS, serão os primeiros a receber elétricos. Com exceção da DS, todas as marcas terão um modelo elétrico lançado ainda em 2021. A divisão de luxo da Citroen irá lançar um híbrido nesse ano e só terá elétricos em 2024.

apresentacao stellantis
A Fiat brasileira foi destaque pela liderança no nosso mercado, mas não está nos planos de eletrificação (Foto: Stellantis | Divulgação)

Os franceses também terão novos elétricos em 2022 e 2023, a Opel ganhará dois híbridos novos em 2022. A Opel planeja ter uma linha completamente elétrica até 2028, sua fábrica em Rüsselsheim vem sendo preparada para atender a reciclagem de baterias.

Fiat, Abarth e Lancia estão sem modelos novos para os próximos dois anos. O Fiat 500 elétrico já atende a italiana, uma versão esportiva feita pela Abarth ou uma de luxo levando o escudo da Lancia devem demorar mais. A Lancia promete fazer apenas elétricos já em 2024 com um SUV compacto.

Esportivos elétricos

A italiana Alfa Romeo ganhará um híbrido plug-in em 2022, provavelmente o novo SUV compacto Tonale. A previsão é que esse fabricante tenha uma linha 100% elétrica em 2027, ano que marca o fim do ciclo da dupla Giulia e Stelvio.

dodge muscle car eletrico teaser
O futuro muscle car elétrico da Dodge chegará após 2023 e ainda está sendo projetado (Foto: Dodge | Divulgação)

Na Maserati os planos de eletrificação já começaram, o novo esportivo MC20 já foi  projetado para oferecer uma versão elétrica. Um novo elétrico está programado para 2022 e outro para 2023, possivelmente a nova geração do Granturismo e o novo SUV Grecale. A linha da Maserati será completada por diversos carros a combustão com sistema híbrido leve.

Na Dodge consta apenas um híbrido plug-in, para 2022, que será derivado do Alfa Romeo Tonale. Os muscle cars Charger e Challenger continuarão com seu potente V8 Hemi enquanto as leis de emissão dos EUA permitir, com um moderno sucessor elétrico a caminho.

Veículos comerciais e a Jeep completam o plano da Stellantis

A Jeep se tornou a menina dos olhos do grupo com a alta dos SUV no mercado mundial. No plano de 24 meses ela consta apenas com um híbrido ainda em 2021 e um elétrico em 2023, mas até 2030 a linha eletrificada será mais diversa.

A Ram está sem novidades para esse período. Uma picape elétrica está sendo desenvolvida para competir com a F150 Lightning e futuros lançamentos como a Tesla Cybertruck, Rivian R1T e a GMC Hummer.

A Fiat Professional terá dois elétricos novos já em 2022. As apostas são em um sucessor para o Doblo e uma nova geração da Ducato. Essas vans elétricas serão mais tardes integradas a linha da Ram.

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário