Tesla à combustão? Youtuber monta propulsores a jato em Model S

Adaptações feitas no veículo da Tesla tiveram impacto também no habitáculo do veículo, que ganhou aspectos de cabine de avião.

A Warped Perception pretende atingir os 100 km/h em menos de 2s com o modelo da Tesla
A Warped Perception pretende atingir os 100 km/h em menos de 2s com o modelo da Tesla (Foto: Warped Perception | Youtube)
Por Bernardo Castro
07 de dezembro de 2021 18:37

O canal do YouTube Warped Perception fez uma modificação interessante em um Tesla Model S, mas que vai totalmente contra a proposta de sustentabilidade de um carro elétrico.

Elon Musk certa vez afirmou que, futuramente, um Tesla Roadster receberia um pacote “SpaceX” com propulsores foguetes. O projeto original ainda não foi executado, mas o trabalho do youtuber é praticamente uma versão paralela.

Na modificação o Tesla Model S recebeu três motores a jato em sua traseira. Esses foguetes, obviamente, não possuem um tamanho muito grande, e a adaptação utiliza propulsores que normalmente são encontrados em modelos de controle remoto. Os três motores são montados em uma estrutura soldada personalizada que é parafusada embaixo do carro.

VEJA TAMBÉM:

Operar esse propulsores extras não é algo muito simples, visto todos os equipamentos eletrônicos necessários para fazê-los funcionar. O vídeo mostra como o trabalho foi bem feito, principalmente quando é mostrado o conjunto de alavancas de aceleração usinadas em CNC que se encaixam perfeitamente no console central do Tesla.

Tudo isso é emparelhado com interruptores e visores que permitem o motorista ligar e desligar os motores quando quiser, além de monitorar sinais vitais quando os jatos estão funcionando. Essa transformação interna da a sensação de que o habitáculo do Tesla Model S se transformou em uma cabine de aeronave.

Consumo e desempenho da adaptação no Tesla Model S

O consumo de um equipamento como esse não seria baixo, evidentemente. O tanque, que tem capacidade máxima de 45 litros, consome cerca de 7,5 litros de combustível por minuto, quando abastecido com hidrodiesel e querosene.

Contudo, esperava-se que o desempenho fosse um pouco maior quando o youtuber mostrou o sistema em funcionamento. Em um primeiro teste o Model S atingiu, de forma não muito rápida, os 100 km/h quando impulsionado apenas pelos jatos.

Na segunda experiência o veículo foi submetido a um teste de tempo de aceleração de 0 a 100 km/h. Em uma situação normal, utilizando apenas os propulsores elétricos, o Model S atinge essa velocidade em 4,38 segundos. Mas quando adicionada a potência dos jatos, esse tempo caiu para 3,32 segundos (com piso molhada) e 2,4 segundos (no seco).

Essa, com certeza, não é uma adaptação viável para os carros elétricos, vide o aumento das emissões e a pouca eficiência no consumo de combustível. Mas, de qualquer forma, é um experimento bacana de ser visto. A Warped Perception ainda não aposentou o projeto e planeja atingir os 100 km/h em menos de 2 segundos.

Os modelos na Tesla ainda não são totalmente autônomos e é preciso tomar alguns cuidados. Boris Feldman explica essa história

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário