Toyota vai fechar fábrica localizada em São Bernardo do Campo

Toyota decidiu fechar o local funcionava desde os anos 1960; Montadora vai distribuir as atividades em outras fábricas no estado de São Paulo

Toyota vai encerrar as operações em São Bernardo do Campo (SP)
Toyota vai encerrar as operações em São Bernardo do Campo (SP) (Foto: Toyota | Divulgação)
Por Bernardo Castro
08 de abril de 2022 13:05

A fábrica da Toyota de São Bernardo do Campo é uma das mais antigas do Brasil e ficou marcada como a primeira linha de produção da montadora fora do Japão. No entanto, a fabricante anunciou que vai fechar as portas da sua instalação, que será desativada de forma gradual entre dezembro deste ano e novembro de 2023.

A fábrica emprega cerca de 550 funcionários e, apesar do fim das atividades, a Toyota confirmou que pretende oferecer “oportunidade a 100% dos colaboradores que hoje trabalham na operação do ABC paulista”.

VEJA TAMBÉM:

Atualmente, o local é responsável por produzir peças para a linha de motores em Porto Feliz (SP) e componentes de exportação para a montagem do motor do sedã Camry, nos Estados Unidos.

O anúncio foi feito alguns dias depois que a Toyota divulgou investimento de R$ 50 milhões em sua fábrica em Indaiatuba (SP), responsável por produzir o Corolla sedã. Assim, as atividades que antes eram realizadas em São Bernardo do Campo será distribuída entre as fábricas de Indaiatuba, Porto Feliz e Sorocaba.

A iniciativa tem por objetivo buscar mais sinergia entre suas unidades produtivas e faz parte de busca de mais competitividade frente aos desafios do mercado brasileiro e da sustentabilidade de negócios no país”

No final de 2020, a Toyota havia dado o primeiro passo nessa direção ao anunciar que a sede administrativa da empresa seria transferida de São Bernardo para Sorocaba, no interior de São Paulo.

São Paulo tem acumulado fechamento de fábricas nos últimos anos. Anteriormente, Ford e Mercedes-Benz finalizaram suas operações em São Bernardo do Campo e Iracemápolis, respectivamente.

De acordo com a Anfavea, pela primeira vez na história o estado de São Paulo não liderou as vendas de veículos no Brasil. O feito ficou com Minas Gerais.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Silvio Miguel Gomes 10 de abril de 2022

Abaixo, listaremos multinacionais famosas que deixaram o Brasil recentemente:
Mercedes-Benz. Em dezembro de 2020, a empresa alemã anunciou o fechamento da única unidade da marca no Brasil voltada à produção de automóveis leves. …
Sony. …
Roche. …
Forever 21. …
Glovo.

Avatar
Irineu 9 de abril de 2022

Desta vez o sindicato vai ficar quietinho ou vai proibir de novo? Viverei para saber.

Avatar
Deixe um comentário