Vítimas de trânsito: PL quer tratamento em clínicas particulares

Despesas hospitalares seriam custeadas por fundo de assistência montado a partir de valores arrecadados com multas

Por AutoPapo 28/10/20 às 11h45
capacete e bicicleta caidos no chao com carro atras indicando acidente de transito
Atendimento de vítimas de trânsito em hospitais particulares poderia reduzir pressão sobre o SUS (Foto | Shutterstock)

O Projeto de Lei 4921/20 quer destinar 30% da arrecadação de qualquer multa de trânsito para um fundo a ser criado com a finalidade de custear o tratamento de vítimas de acidentes de trânsito, inclusive em clínicas e hospitais particulares, se assim o acidentado ou seus familiares preferirem.

LEIA MAIS

O texto denomina o fundo de Fundo de Assistência Hospitalar a Vítimas de Acidentes de Trânsito (Funaht). A proposta é do deputado Luis Miranda (DEM-DF) e tramita na Câmara dos Deputados.

“O objetivo é ampliar as fontes de financiamento para o atendimento da população nos hospitais e clínicas, sabendo-se que uma grande parcela deste atendimento está associada ao tratamento de vítimas de acidentes de trânsito, o que contribuirá para reduzir a pressão sobre o Sistema Único de Saúde”, argumenta o parlamentar.

O texto altera o Código de Trânsito Brasileiro, para vincular os 30% dos recursos das multas que serão destinadas ao Funaht. Atualmente, o código estabelece que a receita arrecadada com as multas seja aplicada em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

Do montante de todas as multas, 5% já devem ser repassados hoje ao Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito.

“Podemos observar que 65% de todas as multas de trânsito continuarão sendo aplicados nas respectivas esferas que lançaram as multas de trânsito, o que certamente será suficiente para atender as demandas a que se refere a legislação de trânsito”, pondera Luis Miranda.

Ainda pela proposta, as receitas do Funaht e os valores repassados a hospitais e clínicas serão divulgados no Portal da Transparência. Hospitais e clínicas também prestarão contas ao órgão gestor do fundo.

capacete e bicicleta caidos no chao com carro atras indicando acidente de transito
Atendimento de vítimas de trânsito em hospitais particulares poderia reduzir pressão sobre o SUS (Foto: Shutterstock)
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário