Montadora sueca pretende utilizar papel para produzir motos elétricas

A Cake é especialista em produção de veículo elétrico e pretende produzir uma moto que deixe o menor rastro de carbono possível, até 2025

Fotos do protótipo da moto elétrica de papel ainda não foram divulgados
Fotos do protótipo da moto elétrica de papel ainda não foram divulgados (Foto: Cake | Divulgação)
Por Bernardo Castro
30 de março de 2022 14:05

A empresa sueca Cake, especialista na construção de motos e bicicletas elétricas, quer tornar os seus veículos ainda mais amigos do meio ambiente e pretende erradicar o plástico de sua linha de montagem. Para isso, ela se juntou com a startup Papershell para fabricar motocicletas feitas de papel.

Por serem elétricas, as motos produzidas pela Cake não emitem gases estufa. No entanto, ainda existem alguns componentes – o plástico principalmente – que ainda são utilizados no processo de fabricação e, quando descartado poluem o meio ambiente. Por isso surgiu a parceria com a Papershell.

VEJA TAMBÉM:

A empresa parceira foi fundada em 2021 e cria materiais susentáveis e resistentes utilizando papel. Com isso, a Papershell busca usar produtos naturais para criar soluções para as mudanças climáticas. Atualmente, a entidade produz um composto de fibra natural que, segundo ela mesmo afirma, é mais forte que o plástico e é menos nocivo à natureza.

De acordo com a Papershell, o material produz 0,65kg de CO2 por unidade funcional, enquanto o polipropileno produz mais emissões de carbono com 4,95kg de CO2, com fibra de vidro criando 25,05kg de CO2.

A Cake afirma que a união vai servir para avaliar as propriedades do material e seu uso potencial como alternativa a certos plásticos usados ​​atualmente na produção de motos.

“Estamos entusiasmados em trabalhar com a PaperShell e esperamos poder desempenhar um papel crucial na busca de um material que possa minimizar ou até erradicar o uso de plásticos convencionais em nossas motocicletas”

Outro ponto positivo da startup sueca é que, mesmo sendo produzido com 100% de celulose, o composto é resistente a temperaturas instáveis, fogo, dilatações térmicas, colisções, etc.

A sociedade entre Cake e Papershell espera produzir a moto elétrica com “menor rastro de carbono possível” até 2025. Contudo, ainda não existe um protótipo da moto elétrica de papel.

Apesar de ser tratado como o futuro do automóvel, o carro elétrico já é bem antigo e foi inventado antes mesmo do veículo à combustão.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário