Troca do óleo do motor da moto a cada 1.000 km? Mito!

Ainda é comum que alguns pilotos troquem o óleo do motor de sua moto como era recomendado nas décadas passadas

troca oleo moto1000km
O filtro de óleo também deve ser trocado sempre que necessário (Foto: Internet | Reprodução)
Por Lucas Silvério
14 de julho de 2022 15:33

As motocicletas e seus motores estão cada vez mais modernos e com manutenções mais tranquilas. Entretanto, mesmo com estes avanços, algumas dúvidas e mitos permanecem na cabeça dos proprietários e ainda são difundidos para as novas gerações. Um destes mitos gerais é a troca do óleo do motor da moto a cada 1.000 km.

O fato das motos mais antigas, como a Honda CG 125 ano 1980, precisarem de uma troca de óleo mais pontual – no caso desta Honda, a cada 1.500 km – faz repercutir o mito de que deve-se substituir o óleo da moto a cada 1.000 km. O correto é seguir as recomendações da fabricante e ficar atento a alguns outros fatores.

VEJA TAMBÉM:

Cada motocicleta tem, em seu manual, suas recomendações específicas. Para troca de óleo do motor é a mesma coisa. Os modelos devem seguir os períodos de manutenção especificados por seus fabricantes. Geralmente é recomendável uma primeira substituição nos primeiros quilômetros rodados e a partir da segunda uma troca mais espaçada.

É comum, por exemplo, uma primeira manutenção quando o automóvel chega aos 1.000 km, e uma segunda com 2.000 km, 3.000km ou até 12.000 km, dependendo da moto. Os modelos mais novos da Honda Fan 160 indicam, no manual da fabricante, uma primeira substituição com 1.000 km e a partir da segunda a cada 6.000 km.

É importante ressaltar que o motivo das manutenções do óleo lubrificante serem mais espaçadas está nos avanços tecnológicos. Os motores atuais possuem encaixes mais precisos entre as peças, devido aos processos de montagem e usinagem mais modernos.  E quando lubrificados com o óleo correto – que hoje em dia também estão melhores, com bases sintéticas mais eficientes e que chegam mais rapidamente em todos os cantos do motor – garantem um funcionamento melhor, menos falho e passível de manutenções.

Não trocar filtro de ar e de óleo é economia de palito
Foto: Internet | Reprodução

Uso severo interfere na troca de óleo da moto

Além de seguir as recomendações da fabricante, o piloto deve ficar atento ao regime de uso que ele tem com sua moto. Este cuidado também é recomendado em alguns manuais.

Para os condutores que fazem o uso severo do seu automóvel, não só as trocas de óleo, mas as demais manutenções devem ser feitas antes do prazo padrão.

O uso severo é considerado quando o piloto usa seu automóvel demasiadamente, seja percorrendo longas distâncias, durante muito tempo, ou em alta velocidade, com muita frequência. Aqueles que rodam pouco, como por exemplo, 2 km por dia, também estão fazendo uso severo. Esses últimos castigam o veículo por o usarem tão pouco – a ponto dele não chegar às temperaturas ideais de trabalho.

Portanto, nestes casos é recomendável fazer a troca antes do vencimento, porém não é necessário que seja de forma tão preventiva quanto a cada 1.000 km

Óleo recomendado

Deve ser sempre usado o óleo especificado pela fabricante. Usar diferentes óleos, de outros veículos, ou de diferentes viscosidades pode danificar o automóvel.

E, para os motociclistas, ficar atento ao nível de óleo e completá-lo nos intervalos entre as trocas é fundamental. É comum que o nível de óleo da moto baixe um pouco conforme o uso do automóvel, mas, caso esteja baixando muito pode ser algum problema.

O Boris ainda comenta sobre os aditivos que alguns indicam colocar junto do óleo lubrificante. Confira:

Quer ver mais dicas como essa? Acompanhe o canal do AutoPapo no Youtube!

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
45 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Ruanderson 21 de julho de 2022

Vai nesse papinho de trocar o óleo a cada 6000 km kkkkkkk vcs vão encher o bolso desses mecânicos de dinheiro

Avatar
Danilão motos 21 de julho de 2022

Rapaz se as 150 consomem óleo a cada 1000 imagina a 160 com esse óleo mais fino. Vcs só produzem motos para dar prejuízo ao pobre.

Avatar
Joao vitor 21 de julho de 2022

Cara tenho uma 150,comprei de 1⁰ dono,89 mil km originais,so baixa oleo se eu deixo passar bastante a troca

Avatar
Roberio 20 de julho de 2022

Eu troco de óleo cada 1mil km
Minhas motos são velhas 2006 125
e 2011 já desgasta de mais rodo 110km por dia seu tivese uma moto mais nova não guenta muito e estás moto novas são fraca roda 30mil 40mil km já abre o bico

Avatar
Fernando Luiz Pereira 20 de julho de 2022

Pode completar o óleo da fan 160 ou tem k trocar a cada 1 mil km ???

Avatar
Cesar Moreira 19 de julho de 2022

Os fabricantes estão exigindo, desde o ano de 2016, troca de óleo A CADA SEIS MESES. Copiaram a Kawasaki a Yamaha e a Honda.
A Suzuki, BMW, Triumph e Ducati exigem a troca e manutenção ANUAL a cada doze meses.
Minha XRE 300, como é ano 2014, a existência era pela quilometragem a cada 6000 KM, mas o ideal é trocar o óleo a cada 2000 KM mesmo fora da revisão!
Já o carro Mitsubishi é a cada 5000 KM.

Avatar
Esdras garcia 19 de julho de 2022

Kkkkkkkkk vão trocando o óleo dessas motos mais novas com 6mil ou mais. Aqui na oficina tenho pistão biela e rolamentos pra vender daqui uns dias. Troco óleo da minha moto a 1.000km e o carro a cada 4.000km.

Avatar
Lohan 21 de julho de 2022

Tenho uma fazer 250 2012 comprei zera e estou com ela até hj sempre troquei com 5mil km o óleo até os 150 mil. Após isso reduzi pra 3mil km as trocas. Hj a moto está com 326 mil e nunca tive problema com motor.

Avatar
Jo 22 de julho de 2022

Muito exagero. Roda tranquilo o dobro do que tu falou. É só olhar nível semanalmente e completar se necessário, dentro da km estipulada no manual. Se uso Severo, troca um antes. Rodei durante 2 décadas com várias motos e carros e nunca tive problema com óleo. Agora se o dono é relaxado com revisão ou cupim de ferro daí não adianta mesmo.

Avatar
Diego 19 de julho de 2022

Não precisa ser gênio pra trocar cedo o óleo… Motor de moto atinge uma alta RPM, aquece muito e isso faz o óleo perder suas propriedades de arrefecimento e lubrificação. Mesmo com tanta tecnologia! Sem contar que óleo evapora, o nível baixa, fica velho, causa carbonização… Enfim, cada um com sua consciência.

Avatar
Nego motos 19 de julho de 2022

Estou com uma Titan 160 estou trabalhando na rua com entregas fazendo uns testes se o óleo abaixa tá com 3.810 km e não abaixou

Avatar
Weder 18 de julho de 2022

Kkkk a gente que meche o cara faz com 1000km só sai uns 700 ml vai lá arrisca …kkkk

Avatar
Fernando 18 de julho de 2022

Uma pequena obs: tenho uma fan cg es 125 2009
Troco o óleo a cada mil e completo neste decorrer porem quem não me garante que nois pequenos intervalos que ela fica ligada ,seja no sinal parar pra conversar com alguém etc somando isso mais a quilometragem percorridas, não ultrapassariamos os 1000 km

Avatar
Lucas 18 de julho de 2022

Minha TW 2020 to trocando a cada 3 a 4k km pq eu pego mt pista então fica muito em alta, porem mesmo assim o óleo sai limpo, n da pra trocar a cada 1000km senão é R$ 100,00 por mês

Avatar
Klebson 18 de julho de 2022

Tenho uma fan 160 e sempre troco com 2000 e nunca tive problemas.rodo todos os dias em média 8 km

Avatar
Francisco lima oliveira 18 de julho de 2022

Eu sempre uso na minha moto o óleo 20w 50 de carro rodo 4000 km tranquilo nunca tive problema com nada

Avatar
Daniel Vaz 18 de julho de 2022

Eu tenho uma cb300 2015 com 24 mil km. Se eu passar de mil km pra trocar o óleo ela começa a baixa o óleo cerca de 100ml pra cada 100 km que eu passar de mil. N confio nisso que foi dito aí n.

Avatar
Wilson 18 de julho de 2022

Eu tenho uma Crosser e troco a cada 1500. “Ah, mas o óleo dura 5000…” Cara, custa 30 reais a troca, vai arriscar mesmo? É a famosa “economia burra”.

Avatar
Lucas 18 de julho de 2022

kkk com um óleo de 30 reais eu n arrisco andar 500km

Avatar
Paulo Cesar 18 de julho de 2022

30 reais a troca, está colocando óleo mineral que cysta 15 reais o litro, loucura…

Avatar
Alexander 17 de julho de 2022

Prá mim eu Alexander isso é mito de 2006 até 2018 tive motos 125,150 e 300 e sempre troquei o óleo de 5 e 5 mil km e nunca tive problema algum inclusive todas que eu vendi quando foram nas revisões não tinha nada estavam perfeitas ✌✌

Avatar
Paulo 17 de julho de 2022

Na minha opinião é mais barato um litro de óleo do que ter problemas com o motor futuramente
Já aconteceu comigo não sei se foi azar mas o que eu gastei com a manutenção corretiva dava pra ter trocado muitos litros de óleo
Hoje por mais que que os óleos alcançaram um nível tecnológico alto (pra mim ainda é mais barato o litro de óleo do que um motor)

Avatar
João 17 de julho de 2022

Minha bros está com 28000 km com trocas de óleo a cada 6000 e a moto está perfeita,basta conferir o nivel pra evitar a surpresa de rodar com pouco oleo(o que nunca aconteceu, o máximo que baixou foram 200ml em 6000 km)troca a cada mil é para motos antigas e pra quem não faz revisão na moto e só vai rodando e concertando os problemas que acontecem

Avatar
Juliano 17 de julho de 2022

Nunca troquei o óleo da minha moto com 1000km mas sempre com 4000km ou 5000km ou 12 meses, verifico o nivel com frequência raramente precisa ser completado

Avatar
Evandro 16 de julho de 2022

Eu na condição de mecânico me benefício com os que acreditam nessas matérias kkkkkkkkk podem trocar com 6000 a vontade kkkkkkkk mais motores para eu fazer!!!!!!!

Avatar
Paulista 17 de julho de 2022

Cara,deixa de ser Ze mané. Nem rodos. Más mecânico é igual político. Nunca pode confiar 100% .. raros os q são honestos. E nesse caso vc mostrou q ñ é Kkķkkk mais um picareta.

Avatar
Marcelo 16 de julho de 2022

Boa tarde amigos, infelizmente vou discordar de alguns pontos sobre a matéria de vocês,pois estão muito enganado,comprei em 2013 um moto da Yamaha modelo fazer 250 desde então troco óleo certa a cada 1000 ,por o seguinte motivo que quando chega ou passa desta kilometragem,a moto começa a ficar com dificuldade de fazer troca câmbio!! Quando efetuo a troca a moto se transforma novamente,e olha que meu uso diário é 15 km, de manhã e 15 km a tarde!! Então sou do tempo de antigamente,e vou continuar agindo e estudando as devidas manutenção,e vou falar mais o carro 5000 km,caso contrário é uma arriscada continuar,sem troca de óleo!! Obrigado e desculpa usar a franqueza!!

Avatar
Guilherme 17 de julho de 2022

Bom dia,vc tem toda razão tenho uma moto Também e percebo se eu passar da km sinto o barulho motor mudar.

Avatar
Maycon 17 de julho de 2022

Cara eu tenho fazer 250 2020 e troco cada 6 mil km o seu problema se resolve com regulagem cabo da embreagem provavelmente…

Avatar
Yuri 17 de julho de 2022

Antes de sair c a moto esquente o suficiente,pois tenho uma 2004 nunca aberto o motor já virei o velocímetro

Avatar
Carlos Henrique 20 de julho de 2022

Eu uso moto tem muitos anos.Em cinco anos rodei 12.000km.E troco o óleo a cada 2.000 e vou continuar mantendo isto.Muito barato o óleo.O motor da moto aquece muito trocando desta forma garanto um motor novo.

Avatar
José 16 de julho de 2022

Faz 15 anos que possuo moto, sempre troquei a cada 1 mil km óleo, nunca tive problema com minhas motos.
Vai trocar a cada 3 mil que na segunda troca de óleo tem que trocar motor também kkkkkk

Avatar
Roque 16 de julho de 2022

Tenho moto desde 2006, trocava o óleo a cada 3000, eram 150 ou 160 cilindradas, de 2016 até hoje que tô usando a xre 190 cilindradas troco o óleo com 5000 e nunca tive problemas com motor ou qualquer outra peça, só trocava além do óleo corrente coroa e pião. Compro zero e uso por dois a quatro anos não fico mais tempo porque viajo muito são 400a cada quinzena mais o percurso do dia a dia na capital. A minha atual é uma XRE190 2019.

Avatar
Mateus 16 de julho de 2022

Óleo abaixo muito de nível próximo 1000km , é fica completando é muito surdessedor!

Avatar
Lucas Correa de Araujo 16 de julho de 2022

Meu colega de trabalho comprou uma moto da yamaha 160 foi fazer conforme o fabricante: trocou o óleo (1000) depois foi esperar os 4500 e pra surpresa dele o motor travou.
Prejuizo de mais R$3000.

Avatar
Mateus 16 de julho de 2022

Tá bom, Yamaha 160? Isso é conversa!

Avatar
Getulio Hannemann 18 de julho de 2022

Yamaha 160 CC é nova no mercado?kkk

Avatar
milton dias 18 de julho de 2022

Rodei em uma fazer250 300,000 km troca de óleo e filtro a cada 1500km nunca tive problema com o motor.

Avatar
Ybr do teu amigo 17 de julho de 2022

Aham, vdd. Eu era a ybr.

Avatar
Jhony 17 de julho de 2022

Tenho uma ybr 2003 sou único dono nunca fiz o motor dela troco antes de 1000km entre 800 a 900 km vai nessa de troca com 5 mil km economiza no óleo e gasta no motor.

Avatar
Leandro 17 de julho de 2022

Eu tinha uma Mt03 e sempre troquei a cada 3 mil e rodei 70 mil km e nunca tive problema. E era 3mil só óleo e depois 3mil óleo e filtro. Mas sempre usei óleo motul de primeira linha. E se o fabricante recomenda é de total responsabilidade da fabrica caso tenha problema em garantia

Avatar
Emanuel Dutra 17 de julho de 2022

Eu tenho uma yamaha factor 2009, só uso óleo Yamalube, eles falam que o óleo segura 3000 km, mais eu troco com menos de 2000 km, nunca tive problema

Avatar
Wellington 19 de julho de 2022

Yamaha não tem moto 160

Avatar
Wellington 19 de julho de 2022

No Manual da fazer 150 a recomendação é 1000 para primeira troca( acho que todos fabricantes são por causa do amaciamento) após a casa 5000 km ou 6 meses, o filtro de óleo troca com 1000 a primeira vez exatamente como o óleo porque está amaciando, após isso a cada 10 mil ou 18 meses. Será que o fabricante terá que ir nas redes sociais e dizer para seguirem o manual? Tive uma 250 2008, ou 250 2011/12 todas segui o manual e sem surpresas. Motor não pode é faltar óleo. Tem que ser verificado todos os dias quem faz? Ou ao menos duas vezes na semana. Quem faz? Eu faço.

Avatar
Reinaldo Silva 21 de julho de 2022

Trabalho com uma Fan 160/2022, e de fato a recomendação do fabricante é a primeira troca de óleo com 1.000km. E as demais a cada 6.000 Km. Mas, confio desconfiando! Kkkk! Troco a cada 3.000km! Metade do km recomendado. Nunca tive problemas!

Avatar
Deixe um comentário