Confira os 10 SUVs mais seguros vendidos no Brasil

Itens de segurança ativa e de auxílio à condução já são comuns entre os utilitários-esportivos, inclusive em modelos abaixo dos R$ 200 mil

vw taos na estrada de terra
VW Taos oferece bom espaço interno e um pacote que o coloca entre os 10 SUVs mais seguros até R$ 250 mil (Foto: VW | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
14 de julho de 2022 18:33

Você saberia dizer quais quais são os SUVs mais seguros do mercado? Provavelmente, a resposta seria: “os mais caros”. E faz sentido. Afinal, a regra é clara no setor automotivo – e em boa parte do mundo capitalista. Equipamentos avançados e novas tecnologias começam a ser aplicadas primeiro em segmentos mais caros. Entre os carros, elas estreiam em marcas de luxo para depois descerem os degraus.

Basta ver os mais recentes utilitários-esportivos médios e compactos do mercado. Praticamente todos já oferecem seis airbags, câmera de ré e controles eletrônicos de estabilidade e de tração. A diferenciação agora se dá no chamado pacote ADAS, conjunto de itens de auxílio à condução, que em cada marca pode ter um nome próprio.

VEJA TAMBÉM:

São os dispositivos que ajudam o motorista, como controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, sensor de ponto cego, assistente (ativo ou não) de permanência em faixa, e até mesmo detector de fadiga, câmera 360 graus e monitoramento de pressão dos pneus.

O novo HR-V, recentemente anunciado pela Honda, inclusive, subiu a régua nesse sentido. Mas quais são os SUVs mais seguros nesse sentido? Auto Papo mostra para você os modelos mais dotados de segurança ativa e semiautônoma até R$ 250 mil.

Honda HR-V e os SUVs mais seguros

Pois é, a segunda geração brasileira do SUV compacto da marca japonesa vai jogar pesado quando o assunto for itens de assistência à condução. Todas as quatro versões do HR-V – que começam a ser vendidas em agosto, inicialmente as com motor 1.5 aspirado de injeção direta – serão dotadas do pacote Honda Sensing (que inclusive vai ser o sobrenome das configurações).

novo honda hr v touring na estrada 7
Sistema de assistência Honda Sensing é o grande destaque do novo HR-V (Foto: Honda | Divulgação)

O dispositivo reúne alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa de rolagem, sensor de pontos cegos e alerta de saída de faixa de rolagem. Some a esses itens câmera lateral para detecção do ponto cego, câmera e sensores de ré e controle de velocidade em descidas.

Jeep Compass

Além do novo motor 1.3 turboflex e da remodelação no ano passado, um dos SUVs mais vendidos do país também expandiu a oferta de equipamentos de assistência ativa à condução. Porém, só a partir da versão S T270 (que custa R$ 227.618) é que elas estão presentes como itens de série.

jeep compass serie s t270 cinza estacionado em terreno arenoso
Compass conta com monitor de permanência em faixa, dentre outros recursos (Foto: Jeep | Divulgação)

Desde a linha 2022 do Compass que o sistema de frenagem autônoma de emergência passou a detectar também pedestres, ciclistas e motos. Outras novidades são o detector de fadiga do motorista e o leitor de placas de trânsito com avisos e alertas sobre a velocidade máxima. Todos se somam ao piloto automático adaptativo, assistente ativo de permanência em faixa (com esterçamento do volante) e alerta de tráfego cruzado.

Hyundai Creta

A nova geração do Creta, lançada em 2021, também aprimorou seu pacote de equipamentos e aderiu aos itens de condução semi-autônoma. Porém, só nas versões topo de linha: a Ultimate 2.0 e a recém-lançada N Line, com roupa esportiva e motor 1.0 turbo.

hyundai grand creta prata frente
Hyundai Creta figura na lista dos SUVs mais seguros (Foto: Hyundai | Divulgação)

Desta forma, o SUV, nestas duas opções, é equipado com controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa, sensor de estacionamento dianteiro, farol alto adaptativo e detector de fadiga. No geral, a linha toda tem monitoramento da pressão dos pneus, a partir da Platinum há sensor de ponto cego e câmera 360.

Volkswagen Nivus

volkswagen nivus highline 2021 cinza dianteira
O Nivus figura na base dos SUVs, mas nem por isso deixa a desejar em segurança (Foto: Arquivo AutoPapo)

O Nivus foi um dos primeiros VW a vir equipado com um pacote de segurança ativa mais robusto. Desde o lançamento, em 2020, que a o crossover da marca alemã oferece em sua opção Highline topo de linha (R$ 136.270) os itens de auxílio ao motorista. Entre eles, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem de emergência e detector de fadiga. O modelo também tem câmera de ré e sensores de estacionamento na frente e atrás.

Nissan Kicks

nissan kicks exclusive 2021 azul de frente do alto foto alexandre carneiro autopapo 4921
O Kicks conta com itens interessantes de segurança, como detector de objetos e câmera 360º (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)

Mais um SUV entre os mais seguros nas versões mais caras. O Kicks na versão Exclusive (R$ 139.490) até tem sistema de visão 360 graus e faróis dianteiros full-LED. Mas só com o Pack Tech (R$ 143.990) é que o modelo da Nissan recebe alerta de colisão frontal com assistente inteligente de frenagem, assistente de mudança de faixa, monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado e detector de objetos em movimento.

Toyota Corolla Cross

O SUV médio lançado no ano passado já oferece sete airbags em toda a linha (o sétimo é para joelhos do motorista), porém só as configurações híbridas XRV (R$ 196.290) e XRX (R$ 204.190) recebem o chamado Toyota Safety Sense, que inclui o assistente de pré-colisão frontal, com alerta sonoro e visual e frenagem automática com detecção de automóveis, pedestres e ciclistas.

9 toyota corolla cross hybrid 2022
O Corolla Cross pode até vacilar no escapamento, mas não decepciona na segurança (Foto: Toyota | Divulgação)

Sistema de assistência de permanência de faixa com alerta, sensor de ponto cego, farol alto automático também fazem parte do kit. O alerta de tráfego traseiro é outro dispositivo de auxílio à condução, mas que está disponível desde a GR-S (R$ 189.590).

Mitsubishi Eclipse Cross

mitsubishi eclipse cross 2023 cinza de frente
Eclipse Cross tem estilo arrojado e itens como ACC o que o coloca entre os SUVs mais seguros (Foto: Mitsubishi | Divulgação)

O SUV médio da marca japonesa oferece head-up display colorido a partir da versão HPE (R$ 204.990). Contudo, é a partir da HPE-S (R$ 224.990) que passar a ter controle de cruzeiro adaptativo, frenagem de emergência, monitoramento de pontos cegos, sistema de prevenção de aceleração involuntária, aviso de saída de faixa de rolamento, alerta tráfego traseiro e farol alto automático.

Volkswagen Taos

volkswagen taos visto de frente estacionado em estrada de terra
O Taos conta com os mesmos recursos eletrônicos do Nivus, mas entrega mais espaço interno e potência (Foto: VW | Divulgação)

O Taos repete a mesma gama enxuta do Nivus e só na versão topo de linha oferece os sistemas semi-autônomos. Por R$ 206.950, a opção Highline é dotada de controle adaptativo de velocidade e distância, frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, assistente traseiro de saída de vaga, controle de desgaste das pastilhas de freio, detector de fadiga, sensor de ponto cego e sistema de frenagem automática pós-colisão.

Citroën C4 Cactus

citroen c4 cactus shine cinza frente tres quartos
SUV francês também conta com pacote de assistências em sua versão topo de linha (Foto: Marcelo Jabulas | AutoPapo)

O crossover, até o momento único modelo de passeio vendido pela marca francesa no país, só tem seu pacote ADAS também na variante mais cara. Pelo menos é a Shine com motor 1.6 THP turbo. Alerta de saída de faixa, alerta de atenção ao condutor, indicador de descanso, sistema de frenagem automática e alerta de colisão fazem parte da versão topo de linha.

Subaru XV entre os SUVs mais seguros

subaru xv e boxer cinza frente parado
O XV conta com muita eletrônica embarca desde a versão S (Foto: Subaru | Divulgação)

O SUV mais barato da enxuta linha da Subaru no país. Desde a versão S com conjunto híbrido e-Boxer e tração integral sob demanda, por R$ R$199.900, o XV oferece frenagem de emergência frontal e em manobras de ré, assistente de mudança de faixa, detector de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, sensor de farol alto, entre outros.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário