Yamaha NMAX 160 ABS Star Wars: o scooter das galáxias

Com visual inspirado nas naves espaciais da série Guerra nas Estrelas, o scooter NMAX 160 ABS ganha duas versões: Império Galáctico e Aliança Rebelde.

Por Teo Mascarenhas26/09/20 às 13h00

Inspiradas na saga Star Wars, uma das mais badaladas séries de ficção científica cinema, a Yamaha lançou a edição limitada do scooter NMAX Star Wars em duas versões: Império Galáctico e Aliança Rebelde.

Sob franquia da Walt Disney Company, os scooters possuem nas laterais a inscrição “Edição Especial” escrito no alfabeto Aurebesh, adotado no universo Star Wars e visto nas espaçonaves, monitores e equipamentos dos filmes. A escrita, para os fãs da série, pode ser decodificada e traduzida.

A versão Império Galáctico, tem a cor preta e foi baseada nas TIE-Fighter, uma nave espacial militar fictícia, ágil e rápida, impulsionada por propulsores de íons gêmeos.

VEJA TAMBÉM:

A versão Aliança Rebelde, na cor branca, traz intencionalmente na carenagem, traços de leve desgaste, como os apresentados nos caças estelares X-Wings Starfighters utilizados por Luke Skywalker, exatamente no conflito da Aliança Rebelde contra o Império Galáctico.

Motor e câmbio

O scooter NMAX 160 ABS, base das versões Star Wars, tem motor de 155 cm³ com um cilindro e refrigeração líquida. A potência atinge 15,1 cv a 8.000 rpm e o torque 1,47 Kgfm a 6.000 rpm.

Entretanto, para ganhar mais fôlego nas constantes reacelerações do trânsito e também mais velocidade nas retas, tem uma inédita solução de engenharia (para um scooter), no motor. Um mecanismo, que altera o tempo de abertura das válvulas (através de um dispositivo móvel elétrico), adequando a respiração do motor, conforme a necessidade.

Assim, até 5.000 rpm as válvulas funcionam em um ritmo privilegiando a força. Acima disso, as válvulas atuam com tempo de abertura diferente, facilitando a potência. O motor também conta com refrigeração líquida, com radiador disposto lateralmente e injeção eletrônica.

O conjunto mecânico fica acoplado a um câmbio automático, do tipo CVT, facilitando bastante a pilotagem.

Prós e contras

Para ajudar na tarefa, o painel totalmente digital, conta com o computador de bordo, além de uma luzinha de alerta para a hora da troca de óleo e das correias do câmbio.

Outra mordomia fundamental nos urbanos scooters, também está presente no NMAX 160 ABS: o porta-malas em baixo do banco, com capacidade para 25 litros, que também acomoda um capacete do tipo fechado.

O estilo mais esportivo da família MAX (como o foguete TMAX 560, não disponível no Brasil), entretanto, impôs algumas restrições. Por conta de uma arquitetura de quadro com tubos elevados, o NMAX 160 ABS tem um vão central bastante alto (como nas motos), que dificulta o embarque e desembarque, corriqueiro no uso urbano.

Por outro lado, proporciona um bocal de tanque de combustível, com capacidade para 6,6 litros, de fácil acesso, que permite o abastecimento sem descer, também como nas motos.

Outra comodidade está no confortável banco, com posição de garupa levemente mais elevada que ganha mais espaço e visibilidade. Porém, as rodas com aros de apenas 13 polegadas de diâmetro deixam o conjunto mais vulnerável nas irregularidades do piso.

Para compensar, os freios são ABS de série nas duas rodas, com discos de 230 mm em ambas. A suspensão dianteira tem 100 mm de curso e a traseira com duplo amortecedor, 90 mm de curso. A iluminação é em LED.

Preço do NMAX 160 ABS Star Wars

A tiragem do NMAX 160 ABS é limitada em 340 unidades, tanto para versão Império Galáctico, quanto para a versão Aliança Rebelde, com preço sugerido de R$ 13.400, somente pelo site oficial da Yamaha (clique aqui).

Fotos Yamaha | Divulgação

Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas
11 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    José Netto 27 de setembro de 2020

    Lindas as duas versões!!

  • Avatar
    Wellington Lima dos Santos 27 de setembro de 2020

    Muito linda,já reservei a minha ontem!
    Ansioso pra chegar novembro logo kkkkkk

  • Avatar
    Flávio Guimarães Araújo 27 de setembro de 2020

    uma pena que a capacidade do tanque continue tão pequeno assim como as rodas… sem falar nos amortecedores que não foram adaptados para a realidade dos nossos terrenos esburacadas fazendo sofrível a pilotagem. a scooter é excelente mas o conjunto amortecedores é ridículo!!!

    • Avatar
      Mateus 30 de setembro de 2020

      Exatamente a moto é d mais pois o conjunto suspensão Naum presta horrível vendi a minha por conta desse defeito

  • Avatar
    Lúcia de Fátima picanço Coelho da Silva 27 de setembro de 2020

    Tenho moto neo Yamaha 12 anos para mim e a melhor

  • Avatar
    Ronaldo Andrade Pereira 26 de setembro de 2020

    Eu já tive várias motos já trabalhei na rua,comprei uma usada a n Max é uma moto moderna inteligente super econômica e tem um compartimento em baixo do banco que guardo o mochila viajo tranquilo só tem que abastecer sempre o tanque só cabe 5 litro

    • Avatar
      Marcus vinicius gomes 27 de setembro de 2020

      Achei muito bonita vou queret saber mas a respeito dela

  • Avatar
    marcos António costa Lopes 26 de setembro de 2020

    Muito linda tenho uma neo e quando tiver condições vou ter uma dessas com certeza nem que seja usada…

  • Avatar
    NEILTON FRANCISCO FERREIRA 26 de setembro de 2020

    Qual documento precisa para tirar uma precisa dar entrada

  • Avatar
    George 26 de setembro de 2020

    Gostaria de comprar um scooter de a yamaha

    • Avatar
      marcos António costa Lopes 26 de setembro de 2020

      Sim já tenho uma neo 125 …

Avatar
Deixe um comentário