10 jogos de caminhão de que você deve conhecer

Entusiastas dos pesados, prestem atenção: esta lista tem games e simuladores para todos os gostos; conheça todos em detalhes

euro truck simulador 2 scania mod
Euro Truck Simulator 2 permite o uso de mods que podem incluir caminhões e implementos brasileiros no game (Fotos: Reprodução)
Por Érico Pimenta
31 de julho de 2022 11:03

Para os amantes de carros, a lista de jogos e simuladores é gigante, porém, para nós que gostamos dos caminhões, também temos alguns títulos para nos fazemos sentimos no comando dos pesados, mesmo que sentados no conforto das nossas casas. Pensando nisso, apresento a minha lista com 10 jogos de caminhão que você deve conhecer e jogar.

VEJA TAMBÉM:

1. Art Truck Battle (Bakusou Dekotora Densetsu)

art truck battle
  • Plataforma: Playstation 1

Lançado em 25 de junho de 1998 (24 anos atrás) o jogo Bakusou Dekotora Densetsu ou simplesmente Art Truck Battle é um jogo arcade de caminhão que retrata principalmente a cultura dos Dekotora, aqueles caminhões japoneses com mais enfeites e luzes que uma árvore de natal na praça da cidade.

Neste jogo de caminhão, você começa um com um semipesado chassi-rígido baú 4×2 original de fábrica, e, com o passar do tempo e das entregas, você vai personalizando o seu caminhão ao estilo Dekotora e ganhando mais respeito na comunidade.

Durante as entregas, você corre contra outro caminhoneiro: quem chegar primeiro leva o frete. Essa é a parte divertida do jogo, já que você pode bater, pegar vácuo e usar de outra artimanhas para chegar na frente.

O jogo ainda conta com uma trilha sonora impecável com músicas ao estilo Enka, que mistura de sons tradicionais japoneses com melodias ocidentais, e foi criada entre a Era Meiji e Era Taisho, como uma forma de música de protesto.

Ainda dentro do game, existem alguns outros minigames, onde você pode sair na mão com outros caminhoneiros e até mesmo dar umas paqueradas – aquelas coisas de japoneses em seus jogos ( ͡° ͜ʖ ͡°).

Por fim, o jogo é superdivertido, e quem já jogou sabe que dá para passar boas horas na frente do vídeo game com ele. Entretanto, o lado ruim é que o jogo é todo em japonês e não tem nem uma versão em inglês.

2. 18 Wheeler: American Pro Trucker

18 wheeler american pro trucker
  • Plataformas: Arcade, DreamCast, Gamecube e PlayStation 2

Produzido pela Sega, o 18 Wheeler: American Pro Trucker foi lançado em 12 de outubro de 2000, o jogo foi originalmente pensado para Arcade, já que eles usavam o hardware viria a ser o DreamCast no futuro.

O jogo é composto por 4 fases que devem ser completadas em um determinado tempo – checkpoints e Chevy Astro Vans, que devem ser batidas acrescentam tempo para completar a fase.

Por ser desenvolvido para arcade, o jogo é supercurto, e em 15 minutos dá para completar. Além disso, depois da primeira stage, você pode escolher qual carga ou implemento vai pegar, um sendo mais difícil e pagando mais pelo frete já um segundo uma carga mais leve, fácil e com frete mais barato.

Ao final de cada fase, é liberado um desafio de estacionamento que ao ser completado, pode dar um upgrade gratuito ao seu caminhão, como mais potência e resistência, entre outros.

Inicialmente, você tem 4 caminhoneiros para escolher: Asphalt Cowboy, Stream Line, Long Horn e Highway Cat, essa sendo a única personagem feminina do game. Porém, ao completar o modo arcade com os quatros caminhoneiros, um quinto vai ser liberado: Nippon Maru, um japonês com o seu Dekotora.

O jogo ainda teve uma continuidade chamada The King of Route 66 que saiu para arcades e PlayStation 2.

3. Big Mutha Truckers 2: Truck Me Harder

big mutha truckers 2
  • Plataformas: PlayStation 2, Xbox e PC (Steam)

Sim, se você entende inglês, você nota que no subtítulo do jogo há uma piada de duplo sentido, e não para por aí. Big Mutha Truckers 2 é um jogo arcade que conta a história de Ma Jackson e seus filhos. Eles administram uma empresa de transportes que precisa lucrar bastante e contratar um bom advogado para tirar Ma (a mãe) da cadeia.

O jogo de caminhão Big Mutha Truckers 2 tem uma jogabilidade caótica: em alguns momentos você está fugindo da polcia e e em outros derrubando ladrões que sobem em seu caminhão para roubar sua carga. Até OVNIs te perseguem, ou seja, tudo que um caminhoneiro passa nas estradas (só que não).

Esse caos agradou aos gamers, que o avaliaram com notas baixas. Curiosamente, esse jogo de caminhçai era facilmente encontrado naquelas revistas que vinha com 400 jogos. Atualmente, ele custa R$ 4,13 via Steam, caso queiram experimentar o caos e piadas de péssimo gosto.

4. Rig ‘n’ Roll

  • Plataforma: PC

Se você já joga jogos de caminhões há um bom tempo, deve se lembrar do Rig ‘N’ Roll, considerado bem avançado e que apresentava uma proposta muito além do que tínhamos disponível em 2009. Ele apresentava uma liberdade maior quando comparado aos demais jogos do gênero disponível na época.

Em Rig ‘N’ Roll você  controlava um caminhoneiro pelas estradas dos estados da Califórnia e Nevada, nos Estados Unidos, e a qualidade das estradas como a física do caminhão chamava bastante atenção. Apesar de ser um simulador, esse jogo de caminhão tinha uma história que podia ser seguida, com algumas missões e objetivos. Além disso, era possível fazer a sua transportadora crescer, contratar e demitir motoristas. além de personalizar os caminhões.

O Rig ‘N’ Roll não se destacava apenas pelo gráfico e física, mas a playlist também chamava atenção com boas estações de música indo de rock ao country.

No geral, esse jogo de caminhão agrada pelos gráficos e boa trilha sonora,, mas não fez tanto sucesso como era esperado devido a alguns erros e dificuldade no gameplay..

5. Grand Truck Simulator 2 (GTS 2)

Plataforma: Mobile (Android e iOS)

Desenvolvido pela Pulsar, o Grand Truck Simulator 2 (GTS2) é um jogo mobile de caminhão que promete uma maior imersão no mundo dos pesados. Nele é possível sair da cabine para fazer as manutenções periódicas do caminhão como troca de óleo, trocar um pneu furado ou até mesmo completar a água do radiador.

O GTS2 conta com gráficos até bons para um jogo mobile, e ainda tem uma grande variedade de modelos, mas nenhum tem a licença de uso de imagem das montadoras, por isso usam nomes diferentes. Oor exemplo, lá a Mercedes-Benz e chamada de Mermedes Gens, porém o nome Actros é Actros mesmo…  Vai entender.

Além da variedade de caminhões com nomes estranhos, GTS 2 ainda permite personalizar os mesmo, como adição de novas skins (pinturas) e até mudar o som dos caminhões, além de outras modificações. Em sua página na Google Play, o jogo conta com mais de 10 milhões de downloads e tem avaliação em 4.3.

6. 18 Wheels of Steel – Pedal To The Metal

18 wheels of steel pedal to the metal
  • Plataforma: PC

 Talvez uma das séries mais famosas, a 18 Wheels of Steel foi desenvolvida pela SCS Software – e de propriedade da Cosmi ValuSoft – teve ao todo teve oito títulos:

  1. Hard Truck: 18 Wheels of Steel (2002);
  2. 18 Wheels of Steel: Across America (2003);
  3. 18 Wheels of Steel: Pedal to the Metal (2004);
  4. 18 Wheels of Steel: Convoy (2005);
  5. 18 Wheels of Steel: Haulin’ (2006);
  6. 18 Wheels of Steel: American Long Haul (2007);
  7. 18 Wheels of Steel: Extreme Trucker (2009)
  8. 18 Wheels of Steel: Extreme Trucker 2 (2011).

Vídeo mostrando a evolução da série 18 Wheels of Steel:

Muitos gamers foram apresentados a série pelo título 18 Wheels of Steel: Pedal to the Metal, lançado em 2004. Esse jogo de caminhão apresentava o mapa com três países: Canadá, Estados Unidos e México. Além de apresentar uma evolução gigante nos gráficos em relação ao “Across America”, a quantidade de caminhões apresentada, de modelos mais clássicos a mais modernos, também chamou a atenção.

Um dos fatores que impulsionou a grande popularidade 18 Wheels of Steel: Pedal to the Metal foi possibilidade de adicionar mods, ou seja, modificações para melhorar o jogo. Eles podiam ser de mapa, caminhão, implementos e sons.

Com isso, uma comunidade foi criada para compartilhar os mods, alguns bem famosos como o mapa de São Paulo para o jogo, que incluía cidades de São Paulo como parte de Minas Gerais, como Uberlândia e Ituiutaba. E os mods eram até fácil de serem criados, precisando apenas do programa de modelagem Zmodeler 2.

O jogo de caminhão também tinha um modo de carreira, no qual você subia de nível e liberava novos caminhões, acessórios e a possibilidade de carregar cargas mais pesadas e especializadas, como lixo nuclear.

Inclusive este colunista começou a jogar a série pelo Pedal To The Metal, carinhosamente chamado de PTTM. Ainda hoje é possível encontrar pequenas comunidades que desenvolvem seus mods para o jogo. Inclusive, um dos sites mais antigos, o SCR-Rigs ainda é ativo.

Curiosamente, após o desenvolvimento do 18 Wheels of Steel Extreme Trucker 2, a SCS Software se tornou uma desenvolvedora 100% independente, e lançou a série Euro Truck.

7. SnowRunner

showrunner
  • Plataformas: PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X/S

Os seis jogos de caminhão apresentados até agora não se comparam ao  SnowRunner: ele mistura caminhões, caminhonetes, jipes e muita lama e neve. Para completar, seu objetivo é fazer entregas e consertar os danos pós-desastres baseados em mapas que se passam na América do Norte ou na Rússia.

Outro diferencial do jogo é o realismo nos pequenos detalhes, como notar que o eixo carda do caminhão está girando ou até mesmo ver o todo o trabalho da suspensão de forma bem detalhada, algo que não se encontra em nenhum outro jogo dessa nossa lista.

A variedade de veículos também é boa, e os modelos encontrados no mapa norte-americano são veículos licenciados pelas montadoras, como modelos International ou um Chevrolet Kodiak. Outro ponto é que o jogo possui um modo Multiplayer, no qual você pode jogar com seus amigos on-line e cumprir as missões junto.

Sucesso de crítica, pela sua física e diversão, é válido lembrar que o jogo possui algumas DLC a serem compradas, então quem quiser um jogo mais completo, vai ter que pagar por isso.

8. 18 Wheels of Steel: American Long Haul

  • Plataforma: PC

Podemos considerar o American Long Haul como o “último” jogo da série 18 Wheels Of Steel com um mapa de mundo aberto, já que os títulos posterior desenvolvido pela SCS Software – Extreme Trucker 1 e 2 tinha mapas pequenos e separados por missões.

O American Long Haul (ALH) sem dúvidas foi o título mais popular da série e isso se deve a dois fatores. O primeiro, como já mencionado, é a possibilidade de adição de mods, que fizeram com que muitos jogassem com seus caminhões favoritos. Além disso, a comunidade foi evoluindo e apresentando mods cada vez mais reais, tanto de caminhões quanto de implementos – até esse colunista, já criou alguns para o jogo.

O segundo fator foi a grande variedade de mods de mapas que simulava as condições das estradas brasileiras e suas regiões.

Outro destaque é que esse jogo de caminhão contava com implementos do tipo Bi-trem, que já estava presente no Convoy de 2005. porém com a popularidade maior do ALH era mais fácil encontrar Bi-trem brasileiros para o jogo.

Curiosamente, o American Long Haul era basicamente o mesmo jogo que o Convoy e Haulin com melhorias técnicas e uma nova interface. Porém isso não incomodava quem jogava. Ainda é válido lembrar que era possível comprar caminhões e implementos, o que dava um realismo a mais para o jogo.

Por fim, uma outra curiosidade é que dentro do jogo existia um sistema de rádio PX, no qual o jogador poderia dar alguns comandos e perguntar sobre o clima e condições da estrada, porém como nós somos brasileiros “HUE HUE BR BR”, reis da zueira, era possível encontrar uma tradução das falas do rádio PX que faziam comparações engraçadas, entre elas a clássica “a estrada está mais escorregadia que lençol de motel“.

9. American Truck Simulator

american truck simulator
  • Plataforma: PC (Windows, Linux e Mac)

Marcando a volta ao solo “americano”, a SCS Software lançou em 3 de fevereiro de 2016 o American Truck Simulator (ou ATS para os íntimos). O jogo já nasceu seguindo a base do seu irmão mais velho, o Euro Truck Simulator 2 e veio contendo apenas 2 estados nort-americanos: California e Nevada. Mais tarde, outros foram colocados via DLC: Colorado; Idaho; Montana; New México; Oregon; Texas; Utah; Washington e Wyoming.

Esse jogo de caminhão mantém a fórmula simples, comece como empregado fazendo fretes e ao subir de nível e ganhar dinheiro, você pode comprar o seu próprio caminhão. Seguindo a fórmula do sucesso, o jogo também permite o uso de mods, que podem ser distribuídos via Oficina Steam – mais fácil de gerenciar e atualizar.

Por ter sido lançado após o sucesso do Euro Truck Simulador 2, ou seja, com uma dinheiro para investir, o American Truck Simulador tem estradas mais realistas contando até mesmo com pontos históricos reais que são facilmente reconhecidos. Ainda vale lembrar que o jogo já foi lançado contendo 2 montadoras licenciadas, a Peterbilt e a Kenworth.

Apesar dos seis anos de seu lançamento, esse jogo de caminhão continua com frequente atualização – a última realizada no dia 28/7/2022 que trouxe novidades e melhorias além de novos implementos. Atualmente o jogo está na versão 1.45.0

De acordo com as informações da SCS Software, o American Truck Simulator conta com mais de 2,5 milhões de cópias vendidas.

10. Euro Truck Simulator 2

euro truck simulator 2
  • Plataforma: PC (Windows, Linux e Mac)

Finalmente, vamos falar do jogo mais famoso dessa lista. Lançando também pela SCS Software em 19 de outubro de 2012, o Euro Truck Simulator 2 (ETS2) é a continuação do Euro Truck Simulator que havia sido lançado em 6 de agosto de 2008.

O ETS2 chegou ao mercado com gráficos incrementados e um novo sistema de mapa e economia – assim como o American Truck Simulator, ele também recebe constante atualização, sendo novos países via DLC, novos caminhões e implementos.

Nesse jogo de caminhão você é um motorista empregado dirigindo diferentes caminhões para ganhar dinheiro e experiência até ter dinheiro para comprar o seu próprio caminhão. Ele também traz uma série de modificações e personalização para o seu caminhão, como pinturas, acessórios como luzes extras e elementos para enfeitar o interior da boleia com direito a clássica dançarina de hula.

Com a popularidade do ETS2, montadoras de caminhões começaram a fazer ações especiais dentro do próprio jogo, como a DAF e a Renault que fizeram lançamento de caminhões no mundo real e dias depois o modelo chegou ao jogo.

O ETS2 conta com as montadoras: DAF, Iveco, Mercedes-Benz, Man, Renault, Scania e Volvo, além das fabricantes de implementos Krone e Schwarzmuller e as fabricantes de pneus Michelin e Goodyear.

Confira o Casimiro jogando o mod brasileiro no Euro Truck Simulator 2

As atualizações também são constantes, saindo ao mesmo tempo que as do American Truck Simulator, e ambos estão na versão 1.45. A desenvolvedora ainda mantém um canal aberto com a comunidade e sempre tenta atender o desejo dos jogadores, como suporte a multiplayer. Infelizmente o jogo peca na falta de simular alguns detalhes, como o caminhão sujar, amassar ou ter estragos visíveis, além de furar um pneu, por exemplo.

Outro ponto está na falta da variedade de caminhões, com ausência, por exemplo, de modelos do tipo chassi rígido, mas isso pode ser arrumado com os mods.

Para celebrar os 10 anos, a SCS ainda recriou o trailer de lançamento do jogo, no qual pode se ver o quanto esse jogo de caminhão se modernizou ao longo dos anos.

Assim como o American Truck Simulator, o Euro Truck Simulator 2 está disponível na plataforma Steam.

Menções honrosas (ou nem tanto)

Além da minha seleção de 10 jogos de caminhão que são memoráveis, mostro esses dois que valem uma conferida.

Driver 2 –  The Wheelman Is Back

jogo de corrida ps1 driver 2 2

Ok, não estou louco: Driver 2 é um jogo de carro no qual o jogador vive o papel de Tanner, um ex-piloto de corridas que se torna policial. O fato é que o jogo apresenta 4 carros secretos, um em cada cidade: Chicago, Havana, Las Vegas e Rio de Janeiro; claro que aqui, o carro secreto não é um carro, mas sim um caminhão, um cavalo mecânico 4×2 que você pode pegar e passar em cima de tudo e todos.

Por mais que o jogo não seja focado em caminhões, para quem jogava e gostava dos pesados, era legal que o carro secreto do Rio de Janeiro era, na verdade, um caminhão.

O pior jogo de caminhão: Transportando o Brasil

transportando o brasil

  • Plataforma: PC

Considerado o pior jogo de caminhão do mundo, o Transportando o Brasil foi desenvolvido pela Dynamic Games. O enredo era simples: você era um pai de família que necessitava se concentrar na sua carreira como caminhoneiro para proporcionar melhores condições de vida para sua esposa e filhos.

Um dos diferenciais era que você poderia sair do caminhão, operar empilhadeiras e carregar o próprio caminhão, além de poder usar caixas eletrônicos para pagar as contas de casa. Na prática o game foi lançado com diversos bugs que deixavam a jogabilidade confusa e engraçada e, em alguns momentos até impossível. No final muitos usuários se irritaram com a situação e resolveram pedir o dinheiro de volta.

Apesar do fiasco, a produtora Dynamic Games deu a volta por cima com o lançamento do jogo World Truck Driving Simulator para Android, que conta com mais de 10 milhões de download e com avaliação em 4,3.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Samarone 31 de julho de 2022

Snowrunner é imbativel em jogabilidade e detalhes., e agora tem até o Mercedes Muriçoca Brasileiro.

Avatar
Thiago Silva 1 de agosto de 2022

Pra mim o melhor que tem e em seguida o Euro Truck Simulator

Avatar
Deixe um comentário