Os 10 SUVs compactos com as revisões mais baratas

Consideramos a somatória do cobrado pelas montadoras nas primeiras visitas de SUVs compactos ou de entrada - com mão de obra inclusa

Por Fernando Miragaya 26/05/20 às 18h08
Especial para o AutoPapo

Utilitário esportivo (SUV) é uma beleza quando a gente compra, mas tem sempre a conta depois. É preciso estar atento aos custos de pós-venda. Por isso, separamos os SUVs com manutenção mais barata de acordo com os preços de revisão com valor fixo até os 60 mil km.

Consideramos a somatória do cobrado pelas montadoras nas primeiras visitas de SUVs compactos ou de entrada – com mão de obra inclusa e base de preços de São Paulo. E elencamos sempre a versão com a revisão mais barata dentro da linha. Confira.

1. Nissan Kicks

Nissan Kicks SL branco
Nissan Kicks é o SUV com as revisões mais baratas (Foto: Nissan | Divulgação)
10.000 km R$ 399
20.000 km R$ 559
30.000 km R$ 419
40.000 km R$ 569
50.000 km R$ 419
60.000 km R$ 559
Total R$ 2.924

O SUV compacto só é vendido com motor 1.6 16V de 114 cv e mantém a ponta quando o assunto é revisão. As visitas até os 60 mil km são as únicas, no total, que ficam abaixo dos R$ 3 mil. Os preços das revisões valem tanto para as configurações com câmbio manual de seis marchas, como com transmissão automática do tipo CVT.

2. Chevrolet Tracker

chevrolet novo tracker 2021 azul de frente
Tracker com motor 1.0 ou 1.2 tem as revisões com o mesmo preço (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)
Revisão Valor
10.000 km R$ 284
20.000 km R$ 576
30.000 km R$ 480
40.000 km R$ 640
50.000 km R$ 456
60.000 km R$ 576
Total R$ 3.012

O Chevrolet Tracker 2021 chegou outro dia e mandou bem não só no conjunto mecânico e nos equipamentos, como também nas revisões. O Tracker cobra um total de R$ 3.012 e desbancou o Creta da vice-liderança – ok que por apenas o custo de um café expresso. Mas os valores das manutenções valem para as duas motorizações turbo: 1.0 de 116 cv e 1.2 de 133/132 cv.

3. Hyundai Creta 1.6

frente do hyundai creta action 1 6 branco
Hyundai Creta Action 1.6
Revisão Valor
10.000 km R$ 227
20.000 km R$ 556
30.000 km: R$ 473
40.000 km R$ 708
50.000 km R$ 445
60.000 km R$ 610
Total R$ 3.019
O Hyundai Creta se destaca pelo baixo custo das revisões de fábrica. Os modelos com motor 1.6 16V de 130/123 cv cobram R$ 3.019 nas seis primeiras visitas. Mas as variantes com o bem disposto 2.0 de 166/156 não têm revisões tão mais caras: somam R$ 3.128.
4. Honda HR-V Touring
HR-V turbo tem revisões mais baratas do que versões com motor aspirado (Foto Honda
Divulgação)[/caption]
Revisão Valor
10.000 km R$ 202
20.000 km R$ 452
30.000 km R$ 575
40.000 km: R$ 971
50.000 km R$ 368
60.000 km R$ 817
Total R$ 3.385

O bacana do HR-V é que, apesar de caro, a manutenção nem é tão dispendiosa. Quer dizer, a da versão topo de linha Touring, com motor 1.5 turbo de 173 cv e que beira os R$ 140 mil. Ela tem as revisões (R$ 3.385) mais em conta do que os demais modelos aspirados da linha, com o 1.8 de 139/140 cv, que cobram R$ 4.803 no total das manutenções até 60 mil km.

Veja no vídeo o que achamos do HR-V Touring

5. Renault Captur e Duster 1.6

novo duster 2021
Duster (foto) e Captur 1.6 compartilham o mesmo conjunto mecânico (Foto: Renault | Divulgação)
Revisão Valor
10.000 km R$ 459
20.000 km R$ 513
30.000 km R$ 513
40.000 km R$ 897
50.000 km R$ 568
60.000 km R$ 568
Total R$ 3.518

O Captur e o Duster usam a mesma plataforma, mesmo conjunto mecânico e os mesmos preços das revisões. A diferença é que um é mais barato e robusto, e outro vai o estilo SUV Nutella – e é mais caro.

E o Duster, que acaba de ser remodelado, também tem uma variante com câmbio manual para atuar com o 1.6 SCe de 120/118 cv, enquanto o irmão só trabalha com a caixa CVT com este motor. Porém, o Captur tem uma versão 2.0 e com revisões não muito mais caras: R$ 3.733.

6. Caoa Chery Tiggo2 MT

Caoa Chery Tiggo 2
Caoa Chery Tiggo 2 (Foto Caoa Chery | Divulgação)
Revisão Valor
10.000 km R$ 455
20.000 km R$ 533
30.000 km R$ 779
40.000 km R$ 669
50.000 km R$ 456
60.000 km R$ 856
Total R$ 3.748

Para quem ainda acha que carro chinês é sinônimo de manutenção cara, está aí o Tiggo2 como o sexto com as revisões mais baratas entre os SUVs. O modelo produzido no Brasil cobra R$ 3.748 nas seis primeiras visitas à concessionária, quando equipado com caixa manual. Sua variante com o mesmo motor 1.5 de 115/110 cv, mas com câmbio automático, totaliza R$ 4.077.

7. Caoa Chery Tiggo 5X

tiggo 5x 2021 dianteira reestilizada
Tiggo 5X passou por reestilização recentemente (Foto Caoa Chery | Divulgação)
Revisão Valor
10.000 km R$ 462
20.000 km R$ 675
30.000 km R$ 847
40.000 km R$ 675
50.000 km R$ 462
60.000 km R$ 675
Total R$ 3.796

Olha mais um chinês na área! Pelo preço de entrada e dimensões, o Tiggo 5x também entra na disputa e se mostra com manutenção entre as mais baratas do segmento. São R$ 3.796 pelas seis revisões até os 60 mil km.

O modelo é fabricado no país sempre com o motor 1.5 turbo de 150/145 cv e caixa de dupla embreagem.

8. Jeep Renegade Diesel

Jeep Renegade diesel
Jeep Renegade diesel tem só 3 revisões até os 60 mil km (Foto: Alexandre Careiro | AutoPapo)
Revisão Valor
20.000 km R$ 906
40.000 km R$ 1.250
60.000 km R$ 1.696
Total R$ 3.852

O Jeep Renegade é o único modelo com motor turbodiesel da lista só vai demandar três visitas à concessionária até os 60 mil km. Além de intervalos maiores, o custo total fica em R$ 3.852, bem mais vantajoso que os R$ 4.464 das versões flex (que somam cinco revisões a cada 12 mil km).

Sem falar que o 2.0 de 170 cv com caixa automática de nove marchas é bem mais econômico e melhor de dirigir do que o 1.8 E.torQ de até 139 cv.

9. Citroën C4 Cactus 1.6

citroen c4 cactus feel pack
Citroën C4 Cactus é mais um “hatch parrudo” do que um SUV (Foto: Citroën | Divulgação)
Revisão Valor
10.000 km R$ 469
20.000 km R$ 817
30.000 km R$ 469
40.000 km R$ 1.097
50.000 km R$ 469
60.000 km R$ 817
Total R$ 4.138

O C4 Cactus também acaba com o mito de que a marca francesa é sinônimo de manutenção cara. Os R$ 4.138 cobrados pelas seis primeiras revisões deixam o C4 Cactus com motor 1.6 aspirado de 122/115 cv à frente de muito utilitário de marca tradicional.

A configuração mais divertida do estiloso modelo, a THP com motor turbo de 173 cv, contudo, tem visitas que resultam em R$ 4.948 no total.

10. Peugeot 2008 1.6

peugeot 2008 prata 1.6
Peugeot 2008 divide a plataforma e o motor com o Citroën C4 Cactus (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)
Revisão Valor
10.000 km R$ 472
20.000 km R$ 820
30.000 km R$ 472
40.000 km R$1.087
50.000 km R$ 472
60.000 km R$ 820
Total R$ 4.143

Outro francês que não faz feio é o 2008. Com o mesmo conjunto do C4 Cactus, o modelo produzido em Porto Real (RJ) fica só R$ 5 mais caro que seu companheiro de plataforma da Citroën quando somamos as revisões até os 60 mil km.

A variante THP do Peugeot, porém, vai fazer você desembolsar R$ 4.858 nestas seis primeiras manutenções.

Volkswagen T-Cross

T-Cross 200 TSI Comfortline/Trendline*

vw t cross 200 tsi at alexandre carneiro 11
VW T-Cross: 3 primeiras revisões são grátis (Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo)
Revisão Valor
10.000 km
20.000 km R$ 220
30.000 km R$ 121
40.000 km R$ 1.232
50.000 km R$ 531
60.000 km R$ 1.087
Total: R$ 3.191

Volkswagen T-Cross 250 TSI Highline*

VW T-Cross Highline 250 TSI Foto Alexandre Carneiro
VW T-Cross Highline 250 TSI (Foto: Alexandre Carneiro)
Revisão Valor
10.000 km R$ 123
20.000 km R$ 342
30.000 km R$ 182
40.000 km R$ 1.383
50.000 km R$ 654
60.000 km R$ 1.371
Total R$ 4.055

O VW T-Cross não figura na lista por uma simples razão: ação promocional da marca alemã concede as três primeiras revisões grátis para o SUV. Mesmo assim, o modelo não estaria nem no pódio. Isso porque, além do custo das três manutenções seguintes (40 mil a 60 mil), há “itens adicionais” sugeridos pela montadora em praticamente todas as visitas.

Componentes como troca do fluido de freio, dos filtros de ar e da cabine e kit de velas não estão relacionados nas revisões, mas têm de ser trocados e com custo extra. A versão Highline ainda tem a troca do lubrificante do teto solar a cada 10.000 km.

7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    IVAN VASCONCELLOS 27 de maio de 2020

    Amigos, não sei em outras cidades, mas aqui em Salvador a CAOA Chery cobra algo em torno de R$200,00 (não me recordo do valor exato) para uma revisão na lataria do veículo, sem essa revisão não há garantia para reparos de eventual oxidação. Bem, isso é o que me foi cobrado na primeira revisão do TIGGO 5x, nas demais, quem sabe??

  • Avatar
    Carlos Alberto Godoy 27 de maio de 2020

    Que comparativo estranho….se 3 primeiras revisões do T Cross são gratuitas, porque então constam com valores de R$ 220 e R$ 121…..se descontar esses valores que não serão pagos, o total das revisões ficarão menores que o 1º lugar do Nissan Kicks…..

    • AutoPapo
      AutoPapo 27 de maio de 2020

      Olá, Carlos Alberto

      Explicamos essa questão das revisões grátis no fim do texto do T-Cross

      Obrigado e abraço

  • Avatar
    Hidelmo 26 de maio de 2020

    Reportagem sem análise técnica, todas as marcas cobram valores iguais ou maiores que a Volks. Sempre tem itens a mais para colocarem nas revisões.

  • Avatar
    Marcos 26 de maio de 2020

    O do Nissan Kicks não procede esse valor na prática , na segunda revisão do meu na Nissan Sinal Japan a consutoura me informou se não fizesse outras coisas além da revisão que tem o valor sugerido pela montadora perderia a garantia , tipo tive que trocar o Guido de freio e fazer limpeza que segundo ela está no manual e não está incluso no valor de revisão sugerido e outras coisa e a 2 revisão saiu mais de 1.000,00

    • Avatar
      CLEDIVALDO CIROS 26 de maio de 2020

      MEU AMIGO CAI FORA DISSO. 2 PAGAR MAIS DE 2K TA LOKO

    • AutoPapo
      AutoPapo 27 de maio de 2020

      Olá, Marcos.

      Qualquer serviço além do exigido pela fábrica é “empurroterapia” da concessionária.

      Obrigado e abraço

Avatar
Deixe um comentário