15 mentiras sobre automóveis. Tão repetidas que viraram verdade 

Existir mentira, sempre existiu. Mas o besteirol triunfou - de verdade - quando se espalhou pelas redes sociais

Por Boris Feldman 30/01/21 às 08h00
oficina despesa manutencao cara shutterstock
Algumas mentiras podem causar um enorme prejuízo (Foto: Shutterstock)

Existir mentira, sempre existiu. Mas o besteirol triunfou – de verdade – quando ganhou as redes sociais

Motor 16 válvulas não presta?

Boa parte dos modernos motores a combustão aplica a solução das quatro válvulas por cilindro para maior eficiência. Entretanto, os primeiros assim lançados no Brasil, na década de 90, eram mesmo problemáticos. E a fama ficou…

E o de três cilindros?

Com o downsizing, conquistou o mundo inteiro. Mas alguns “doutores“ em automóveis no Brasil defendem teses contrárias. Se menos sofisticados, podem apresentar uma ligeira e quase imperceptível vibração. Se são duráveis? Estão rodando firmes até hoje os DKW-Vemag produzidos no Brasil de 1957 a 1967, com motores tricilíndricos.

VEJA TAMBÉM:

  1. Corolla esportivo é mentira da Toyota (tanto nas ruas quanto nas pistas)
  2. Ouviu um palpite sobre seu carro? Não acredite, é mentira!
  3. Jeremy Clarkson avalia o novo BMW M550i. Confira!

Câmbio de dupla embreagem não é confiável?

Quem criou a imagem negativa desta excelente solução foi o Powershift da Ford, por problemas de manufatura ou projeto. Mas existem vários outros, como o DSG da Volkswagen, considerados os melhores automáticos do mundo.

Válvula termostática é besteira?

Alguns mecânicos resolvem o problema do motor superaquecido eliminando a válvula do circuito. O problema não é a válvula, mas por ela ter travado e prejudicado a refrigeração do motor. A solução não é se desfazer dela, mas substitui-la. Ela é importante para que o motor não trabalhe “frio” ao ser acionado ou em longas descidas.

Troque aos 40 mil km

Quilometragem “mágica” usada por fábricas, autopeças e oficinas para induzir a troca desnecessária de amortecedores, cabos de velas e catalisadores. Todos eles podem ter durabilidade muitas vezes maior.

Economizador economiza?

A internet é a grande fonte dessas trapizongas anunciadas como economizadores de combustível. Não acredite em nenhum deles, pois, fossem eficientes, seriam obviamente utilizados pelas fábricas de automóveis.

Carro turbinado é ‘bomba-relógio’?

Oficinas irresponsáveis adaptam turbinas em motores não projetados para recebê-las. É claro que sua durabilidade vai para o espaço, prejudicando a imagem dos motores desenvolvidos para o receberem. Tão resistentes e confiáveis quanto os aspirados.

turbo em motor
Carros turbinados em oficinas deram má-fama a esse tipo de motor (Foto: Shutterstock)

Tanque na reserva destrói a bomba?

Nada a ver: o que refrigera a bomba dentro do tanque de alguns carros é exatamente o combustível que passa em seu interior. E não aquele que a envolve. O problema de usar o combustível até as últimas gotas é a eventual sujeirinha depositada no fundo do tanque que pode entupir a bomba. Caso ela não tenha um filtro para impedir.

Revisão geral por R$ 99?

E ainda tem quem acredita nisso. E em Papai Noel… Oficinas com este apelo promocional querem ver seu carro lá dentro. Depois de desmontado, começam a surgir os “pepinos” e as contas nas alturas. R$ 99,00 não paga sequer o estacionamento…

Aditivo no óleo

Engenheiros das fábricas de automóveis e de óleos se dedicam centenas de horas para determinar a melhor aditivação de cada motor. Aí vem os Militecs da vida anunciar milagres…

Portas travadas

Carro pronto para a viagem com a família, malas acomodadas, tanque cheio, pneus calibrados? Então, “s’imbora”  com os cintos afivelados, portas fechadas e travadas!

Opa: nada de travar portas na estrada, só no trânsito urbano. Porque, no caso de acidente, quem aparecer para ajudar ainda terá que enfrentar portas travadas, caso o carro não tenha sistema automático de desbloqueio.

Óleo para motor diesel no carro a gasolina

Outro besteirol sabe-se lá de onde veio. O “argumento” é que o óleo lubrificante do motor diesel deve ser muito mais eficiente para suportar suas exigências mais rigorosas. Mas, cada óleo é projetado para “conviver” com os gases que chegam no cárter provenientes da combustão. E os gases da gasolina não “conversam” com o óleo lubrificante projetado para os gases do diesel.

Querosene no tanque?

Só se estivermos falando de avião a jato. Ou seu carro tiver turbina em vez de motor. Querosene prejudica a câmara de combustão dos automóveis.

Derrapagens do Inmetro

Nem todas as certificações do Instituto Nacional de Metrologia são dignas de fé. Pneus remoldados não ostentam informações essenciais da carcaça reaproveitada, exigidas em outros países. Aqui, convenientemente (para os fabricantes) abandonadas pelo órgão do governo. Que já certificou também cadeirinhas infantis reprovadas depois em testes da Unicamp. Entre outras…

Chip milagroso?

Tem oficina que anuncia aumento de desempenho além de redução de consumo e emissões com a simples troca de um chip. Tão óbvio e as fábricas não perceberam? Ou transforma o carro a gasolina em flex. Tão barato, simples e as fábricas investiram fortunas nisso?

SOBRE
21 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Fabrício Santos 26 de abril de 2021

Muito bom! Já venho estudando o assunto há alguns anos e concordo com os esclarecimentos feitos pelo Boris. Eu mesmo tenho um carro 1.0 turbo TSI desde 2016, que me tem como primeiro dono! Em 2020, acendeu aquela luz amarela no painel: deu ruim para um dos bicos da injeção direta. Levei à concessionária, discutimos bastante a respeito e chegamos a conclusão que a causa foi gasolina adulterada. Não foi do noite pro dia. Esse problema já havia dado seus primeiros sinais em 2017 quando o desempenho do motor ficou comprometido logo após encher o tanque com uma gasolina qualquer de um posto de estrada (não tinha muita escolha). A fábrica me deu o conjunto de injeção, os 3 bicos, e só paguei pela mão-de-obra. O carrinho é um expetáculo!

Avatar
Pedro Guilherme Jungbluth 23 de março de 2021

Todo motor turnbinado é uma irresponsabilidade?
Será mesmo? Tem muito motor AP com injeção MI repaginada que tem manutenção mais sossegada que alguns aspirados novos. Tudo que é projetado pode ser reprojetado, adaptado, desenvolvido. Quem turbina quer alterar as características originais, para um uso específico. Não somos escravos dos padrões das fábricas, que acertam seus carros para o uso que prevém dos futuros donos, não para particularidades.

O mesmo vale para chips de remapeamento. Se o remapeamento for adequado, ele pode melhorar o desempenho em detrimento do consumo, ou melhorar o consumo em detrimento do desempenho.

Avatar
Fabrício Santos 26 de abril de 2021

Acho que ele não disse isso. Ele disse: “Oficinas irresponsáveis adaptam turbinas em motores não projetados para recebê-las”. Não disse que são todas. Tenho certeza que as oficinas responsáveis fazem isso da forma correta, refazendo bielas e pistões para suportar aumento da carga. O que a maioria não sabe: o virabrequim de motores turbinados de fábrica é forjado em vez de soldado; e bielas e pistões são redimensionados para aguentar o aumento de pressão.

Avatar
Rodrigo Otávio Aragão Martiniano Ferreira 31 de janeiro de 2021

• HONRA AO MÉRITO •
Creio que um “HONRA AO MÉRITO” vá bem a respeito de motores turbinados por preparadores decentes.
Eu ‘turbinei’ muitos motores GM-151, GM-250 e VW-AP sem a menor ‘dor-de-cabeça’ para os proprietários.
Eram motores superdimensionados no âmbito geral, inviáveis hoje, pois poluem mais do que a legislação permite.
Mas, mesmo assim um VW-AP 1.6 (1600 cm³ / ‘superquadrado’) turbinado dava GOSTO! Nas pistas, montado no bom e velho Passat, encarava até Ferrari!
Que o diga INGO HOFFMAN, Campeonato Brasileiro de Marcas…

Avatar
Rodrigo Otávio Aragão Martiniano Ferreira 31 de janeiro de 2021

Sobre os motores turbo, quando comparados aos aspirados, ambos originais de fábrica, eu pondero apenas que – a despeito da confiabilidade equivalente – motores turbo têm bem mais peças para estragar (sujeitas ao inevitável desgaste). Portanto, quem escolher um carro com motor turbo fique esperto para o mesmo não envelhecer na(s) sua(s) mão(s)! Do contrário, com certeza “verá a sua avozinha pela greta”!

Avatar
RUBEM ARANOVICH 30 de janeiro de 2021

Excelente, o que mais me chamou a atenção foi a questão do travamento das portas. Já estou esperando a parte dois. Assuntos sobre carro são muito interessantes para mim, especialmente se escritos por quem tem expertise. Grato.

Avatar
Sir.Alves 5 de fevereiro de 2021

Não podemos esquecer de usar os dois pés quando usar carro AT. Abraço.

Avatar
Alfredo 30 de janeiro de 2021

Muito bom os seus comentários, acompanho sua trajetória deste o finado programa Vrum no SBT, boa sorte

Avatar
Edner Torres 30 de janeiro de 2021

Travamento das portas: carros hj em dia travam automaticamente quando se atinge determinada velocidade. Mesmo se vc destravar durante a viagem, o carro vai travar automaticamente. Pense TB em crianças dentro de um carro em alta velocidade e portas destravadas.

Avatar
boris 30 de janeiro de 2021

Portas: todos os carros com quatro portas tem um sisteminha para travar as traseiras internamente.

Avatar
Fernando B 30 de janeiro de 2021

O travamento interno das portas não impede que sejam abertas com o carro em movimento. Para isso precisa acionar o sistema de travamento interno

Avatar
Boris 30 de janeiro de 2021

Impede sim e foi feito exatamente para as crianças no banco traseiro. São alavanquinhas – algumas acionadas com chave – localizadas na face da porta voltada para o pilar C (coluna traseira)

Avatar
Fernando B 30 de janeiro de 2021

Sim, Boris. Eu estava me referindo ao fechamento automático. O Edner disse que é importante o travamento por conta de ter crianças no carro, mas esse travamento automático não impede que a criança abra a porta. O único jeito é utilizar o segredo da porta mesmo.

Avatar
Sir.Alves 5 de fevereiro de 2021

É chamado de trava de criança, e se não me engano, é obrigatório em veículos de passeio com quatro portas.

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 30 de janeiro de 2021

Parabéns pelo texto!

Um pouco de ciência, engenharia e bom senso não fazem mal a ninguém. É, as redes sociais, as vezes, deixam as pessoas crédulas demais…

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 30 de janeiro de 2021

Parabéns pelo texto. Um pouco de engenharia, ciência e bom senso não faz mal a ninguém, as redes sociais as vezes deixa as pessoas meio “travadas”.

Avatar
Luciano 30 de janeiro de 2021

“Ou seu carro tiver turbina em vez de motor.” Na verdade, aviões tem motores também. A turbina é só uma parte dele. (Muito Aviôes e Músicas he he)
Excelente matéria.

Avatar
Rodolfo 30 de janeiro de 2021

… Por volta de 2007 perguntei para um estagiário de uma fábrica de automóveis de renome, que era da Divisão de Motores, quanto durava um motor 1.0-L e um 2.0-L. Então ele me disse que o projeto era para durar o mesmo número de horas de operação, mas agora não lembro o valor de horas.
… Ele me disse também que os motores dos taxistas passavam muito mais das horas de operação de projeto porque os taxistas geralmente fazem a manutenção preventiva especificada no manual do proprietário a risca.
… Conheci um taxista que atingiu a marca dos 800.000 km (oitocentos mil quilômetros) sem nunca abrir o motor para fazer retífica ou troca de bronzinas, era um Omega 2.2-L. Ele enjoou do Omega e então vendeu. Na época que conheci ele ele já estava com uma Zafira 2.0-L com 450.000 km.
… Por fim, mas não menos importante é sabido que combustível de baixa qualidade pode prejudicar a vida útil do motor, chegado até a quebrá-lo dependendo do caso. Vejam por exemplo no Youtube no Canal “Oficina Tsi Cars” o vídeo:
GASOLINA ADULTERADA ACABOU COM O MORTOR DO HONDA CITY

Avatar
WILSON GORATO CASSONE 30 de janeiro de 2021

Gostei da reportagem, e como tem empurrômetro em nossas oficinas!!!!

Avatar
Samuel Peixoto paim 30 de janeiro de 2021

Nem eu usaria principalmente pelo cloro

Avatar
EMILIO MARTINS 30 de janeiro de 2021

BORIS, SOU SEU FÃ, CARA. SUA EXPERIÊNCIA É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS QUE PRECISAMOS DE VEÍCULOS PARA O NOSSO DIA-A-DIA.

Avatar
Deixe um comentário