Carro tem alma? (Sete segredinhos que poucos conhecem)

Até motoristas veteranos desconhecem dispositivos básicos importantes para a saúde e... para o  bolso. Vou te apresentar alguns deles

monobloco mercedes classe a com destaque para a alma do para choque traseiro
A "alma" do carro é a estrutura metálica atrás dos para-choques (Foto: Mercedes-Benz | Divulgação com intervenção de Eduardo Rodrigues)
Por Boris Feldman
26 de fevereiro de 2022 08:03

Até motoristas veteranos desconhecem dispositivos básicos importantes para a saúde e… para o  bolso. Vou te apresentar alguns deles.

Alma

De repente seu carro leva um pequeno impacto traseiro. O que vinha atrás não freou em tempo hábil. Os dois motoristas descem para examinar os carros e nenhum deles vê nada avariado, só um arranhadinho no para-choque.

E fica tudo por isso mesmo, até que o carro é levado na oficina para reparar o “arranhadinho” e aí vem a surpresa. Como os parachoques atuais são de plástico, ao receber um impacto eles se deformam mas, em geral, voltam ao formato original. Mas o que aguentou o tranco foi sua “alma”, uma peça metálica em seu interior que se deformou com o choque e deve ser substituída, pois num próximo impacto ela será incapaz de amortecer o choque.

E, geralmente, o estrago – aparentemente superficial e sem consequências – pode ter danificado até o assoalho do porta-malas. Ou seja, uma inesperada facada no bolso.

estrutura mercedes benz classe a
Por trás do para-choque de plástico, há uma estrutura metálica (Foto: Merceds-Benz | Divulgação)

VEJA TAMBÉM:

FPS

Iniciais de Fire Prevention System, é dispositivo para evitar incêndio no caso de acidente. Na eventualidade de um forte impacto (capaz de acionar o airbag), a alimentação de combustível ao motor era bloqueada.

Hoje o sistema funciona eletrônica e automaticamente, mas antes era necessária a intervenção do motorista para desarmar o dispositivo e voltar o fluxo ao motor. A maioria deles sequer sabia de sua existência (embora estivesse bem explicado no manual) nem como desativá-lo.

E muitos carros, ao passar por um buraco mais profundo no asfalto, recebiam um tranco suficiente para acionar o FPS e bloquear o combustível. O motor apagava e o carro parava poucas dezenas de metros depois.

O motorista perdia tempo e dinheiro para chamar um reboque só por desconhecer o dispositivo e onde estava um simples botãozinho para o desativar.

Ar-condicionado

São dois os comandos do ar-condicionado pouco utilizados pelo motorista. O primeiro aciona a recirculação: o ar interno não é renovado (pelo externo) e tem a finalidade de resfriar mais rapidamente o habitáculo de passageiros. Entretanto, pode ser perigoso se deixado muito tempo, pois a renovação de ar é importante para eliminar o CO expirado pelos passageiros.

O outro comando só tem ar-condicionado de carros importados, é tecla “Rest” que aciona o ventilador depois que o motor é desligado para aproveitar o calor do sistema de aquecimento durante mais alguns minutos.

Automático

Entre as opções  deste câmbio, uma tem a letra “S”. E, poucos sabem que, curiosamente, pode ter dois significados. Nos modelos mais modernos, é símbolo de Sport, para uma condução mais esportiva e as marchas “esticam” mais, cambiam em rotações mais elevadas.

Entretanto, nos carros mais antigos, “S” era de snow, ou neve, em inglês. Que servia também para ajudar a arrancar na lama. Nesta posição, a primeira marcha não engatava e o carro arrancava sempre de segunda, evitando que as rodas motrizes deslizassem devido ao excesso de rotação.

Travas nas portas traseiras

Quando se fala deste dispositivo das portas traseiras, muitos motoristas o confundem com o bloqueio dos vidros, se forem elétricos. E nem imaginam que em todos os carros de quatro portas, as traseiras contam com uma trava (só acessível com a porta aberta) que neutraliza a maçaneta interna e impede uma criança de abri-la. Mas a externa continua operante.

Explico como fazer neste vídeo:

Emergências

Alguns carros dispõem de recursos emergenciais no caso de pane elétrica do componente. A trava da alavanca do câmbio em “P”, por exemplo, pode ser desbloqueada manualmente retirando-se uma capa do console. A explicação está no manual, que orienta também como abrir a tampa do porta-malas com uma cordinha. Ou rebater os bancos traseiros.

Também o teto solar de alguns carros pode ser fechado por uma manivela, no caso de problema no comando elétrico. Mas, um dos defeitos que mais aborrecem e raros automóveis oferecem recurso emergencial são os vidros elétricos. Que só emperram quando está chovendo. E abertos….

OBD2

On Board Dignostics é obrigatório no Brasil há mais de dez anos e trata-se de uma espécie de tomada colocada sob o painel, próxima à coluna de direção.

Conectada à central eletrônica, ela fornece todos os dados essenciais de comportamento do automóvel, como consumo, rotação do motor, temperatura da água e outros. É capaz também de enviar para um computador (scanner) todos os registros de problemas ocorridos no carro e até que sejam reparados.

Várias empresas comercializam dispositivos eletrônicos que se encaixam no OBD2, capazes de interpretar estas informações e enviá-las – por Bluetooth – para um aplicativo, mantendo o motorista ciente do comportamento do carro.

Outras procuram convencê-lo de que são capazes – através do OBD2 – de alterar seu desempenho. Mas é melhor desconfiar, pois as fábricas já instalaram “filtros” para evitar essas interferências.

 

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Geraldo Fernandes Baptista 27 de fevereiro de 2022

Boris, para q serve uma peça plástica no paralama traseiro, parece uma extensão do parabarro, tipo um raspador, eu olho aquilo e penso q no primeiro quebra mola aquilo vai quebrar. Os carros modernos quase todos tem.

Avatar
Celso Laurentino dos santos 27 de fevereiro de 2022

Adoro reconhecer essas coisas que nos que tem carro não sabe eu mesmo não sei difícil eu usar ar condicionado do carro que falam que gasta muito gasolina e verdade isso mas adorei que vi nos comentários só tenho agradecer vcs obrigado

Avatar
Deixe um comentário