Após ressurgir com o A110, francesa Alpine disputará Le Mans e F-1

Marca francesa projetou vários esportivos consagrados no passado, inclusive o A108, que no Brasil ficou conhecido como Willys Interlagos

Por AutoPapo 15/09/20 às 09h01

No Brasil, a Alpine é praticamente desconhecida, mas, na Europa, é sinônimo de automobilismo. Afinal, os esportivos pequenos e leves da fabricante brilharam nas pistas durante as décadas de 1960 e 1970, principalmente em ralis. Agora, após um longo hiato, a marca francesa quer tirar o atraso e participará de corridas de diferentes categorias.

VEJA TAMBÉM:

É que a Alpine pertence à Renault, que passou a vê-la como fundamental para uma recuperação de mercado. Essa estratégia foi traçada por Luca de Meo, executivo-chefe da multinacional, que anunciou a entrada da marca até na Fórmula 1 em 2021.

Nesse caso, a equipe do grupo, chamada simplesmente de Renault, será rebatizada de Alpine. Mas as coisas não param por aí. O grupo investirá também em provas de longa duração, entre as quais a famosa 24 Horas de Le Mans. Vale lembrar que a marca já venceu a corrida de longa duração francesa em 1978.

alpine a110 azul antigo e novo
As duas gerações do Alpine A110 lado a lado

Verdade seja dita, a Alpine já havia se inscrito para disputar Le Mans neste ano. O caso é que os bólidos azuis da escuderia disputariam na categoria LMP2, para veículos menos potentes. A partir do ano que vem, os veículos atenderão aos critérios do regulamento LMP1, visto como principal.

Na outra ponta, Meo quer também aumentar a gama de veículos da Alpine. Atualmente, o portfólio da marca tem apenas o cupê A110, que é uma releitura de um modelo homônimo. O executivo planeja lançar, a curto prazo, ao menos um conversível.

Os planos para alavancar a Alpine são vistos como essenciais pela cúpula da Renault. Afinal, a empresa enfrenta dificuldades financeiras após a crise causada pelo Coronavírus.

Alpine Brasileiro

Embora a marca Alpine seja pouco conhecida no Brasil, uma de suas criações foi produzida em solo nacional. O Willys Internagos era, na verdade, um A108 produzido sob licença, graças a um acordo entre as duas fabricante. O modelo é, hoje, cobiçado no mercado de antigos.

willys interlagos
Willys Interlagos tinha projeto europeu
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário