BYD Tan: SUV elétrico de luxo com origem chinesa chega ao Brasil

Marca já iniciou a pré-venda do modelo, que tem de sete lugares, recursos de direção semiautônoma e autonomia de 437 km

byd tan ev azul frente parado
O SUV Tan é o primeiro chinês de luxo no Brasil (Foto: BYD | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
29 de novembro de 2021 19:42

A BYD é uma marca chinesa que está presente há anos no Brasil, mas atuando apenas com vendas diretas, para frotas de empresas e de governos. O foco está nos veículos elétricos, de carros a ônibus. Agora, ela quer entrar no mercado de luxo com o SUV Tan.

Nova para o público geral, a BYD quer conquistar seu espaço com a tecnologia e o design. Sua equipe de design é liderada por Wolfgang Egger, que já chefiou todas as marcas do grupo Volkswagen e tem em seu currículo o desenho do Alfa Romeo 156 e do 8C Competizione.

VEJA TAMBÉM:

Reservas abertas

No site oficial do modelo já é possível fazer a reserva na pré-venda: porém, ainda não foram divulgados os preços. As vendas estão marcadas para o primeiro semestre de 2022 e, ao que tudo indica, o modelo não possui opcionais. é possível apenas escolher entre cinco cores de pintura para a carroceria.

O fabricante oferece uma garantia de cinco anos ou 500 mil km para o veículo. As baterias possuem garantia de oito anos sem limite de quilometragem.

A tecnologia embarcada no BYD Tan

Esse SUV de sete lugares foi batizado em homenagem à dinastia Tang (618-906 DC.), uma das mais importantes da história chinesa. No Brasil ele perdeu o “G” no final do nome, pois a pronúncia dessa letra é muda no mandarim.

O nome pode vir do passado, mas o carro traz bastante tecnologia e foca no futuro. Começando pelas baterias: a BYD não utilizou as tradicionais de íons de lítio como vemos em outros carros elétricos.

O conjunto de baterias batizado de Blade usa lítio-ferro-fosfato (LFP) e, por isso, é mais compacto. O fabricante diz que essa tecnologia é mais segura e não possui o risco de incêndio ou explosões das baterias mais comuns. A maior temperatura que esse conjunto atingiu em testes de perfuração e de calor extremo foi de 60°C.

Autonomia e desempenho do BYD Tan

A capacidade de carga desse conjunto de baterias é de 86,4 kWh. Isso resulta em uma autonomia de 437 km, segundo o programa de etiquetagem PBEV do Inmetro. A carga total é feita em 1,3 hora em corrente direta e 15 horas em corrente contínua. Uma carga rápida de 30 a 80% leva apenas 30 minutos.

O conjunto de motores elétricos é assimétrico entre os eixos: o traseiro leva um motor de 272 cv e o dianteiro usa um de 245 cv. A potência total combinada é de 517 cv, enquanto o torque combinado é de 69 kgfm.

Isso faz o pesado SUV de 2.479 kg acelerar de zero a 100 km/h em apenas 4,6 segundos. A velocidade máxima é limitada em 186 km/h. Freios com pinças de seis pistões da Brembo na dianteira e discos ventilados e perfurados nas quatro rodas seguram o ímpeto do Tan.

O BYD Tan vem com um interior recheado

A lista de equipamentos é extensa. O maior destaque do interior fica pela central multimídia com tela de 15,6 polegadas. Nas fotos, ela aparece na vertical e na horizontal: isso acontece pois a tela pode girar com o toque de um botão.

Essa tela roda o sistema operacional Android e conta com várias funções de smartphones, como a divisão da tela entre duas aplicações e a loja de aplicativos. Falta apenas a BYD confirmar se a versão vendida no Brasil terá o karaokê que os consumidores chineses amam tanto.

O sistema de som é da Dirac, empresa sueca que fornece para a Volvo, BMW, Rolls-Royce, Bentley, Genesis e Polestar. O SUV conta com 12 alt0-falantes espalhados pela cabine.

O sistema de ar-condicionado possui duas zonas, utiliza filtro PM2.5 e traz ionizador, para melhorar a qualidade de vida a bordo. Um teto solar panorâmico ajuda a iluminar o interior.

Para acessar o carro, pode ser usada uma chave presencial ou um cartão que utiliza a tecnologia NFC. Para abrir o veículo com o cartão, é só passar por um leitor no retrovisor externo.

Pacote completo de segurança ativa

Os assistentes de segurança semiautônomos estão se popularizando nos carros compactos e não poderiam faltar em um SUV que quer entrar no mercado de luxo. Frenagem autônoma de emergência, assistente para manter na faixa de rolagem, cruise control adaptativo, alerta de tráfego cruzado, câmeras 360°, leitor de placas de sinalização e alerta de ponto-cego estão presentes.

O BYD Tan conta com airbags dianteiros, laterais e de cortina. Todos os sete lugares contam com aviso de conto desatado. O que ficou de fora foi o estepe para as rodas de 22 polegadas: ele vem apenas com o kit de reparo.

Boris Feldman já deu uma volta no BYD Tan. Confira o vídeo abaixo:

Fotos: BYD | Divulgação

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário