Carro nacional 0 km é melhor negócio do que importado usado

O compacto nacional vai ter custo de manutenção mais baixo, menor gasto de combustível e seguro mais acessível, entre outras vantagens

mercedez classe c kwid
Kwid novo ou Mercedes rodado? Eis a questão! (Arte: Ernani Abrahão | AutoPapo)
Por Boris Feldman
24 de abril de 2022 15:03

Na hora de trocar o carro, o motorista tem R$ 70 mil para investir, mas fica em dúvida. Compra um nacional compacto 0 km ou arrisca em um Mercedes, um BMW ou um Audi, que, com 10 anos de uso, ainda pode estar novinho?

Tem vantagens e desvantagens. Veja no vídeo:

VEJA TAMBÉM:

O carro nacional 0 km, em primeiro lugar, tem garantia. Você dorme sossegado. Em segundo lugar, a conta do posto: um compacto pesa mil e poucos quilos, às vezes a metade de um importado premium. Claro que a conta do posto no fim do mês vai ser muito menor.

Seguindo com as vantagens, temos assistência. Você está na estrada viajando, pode quebrar um para-brisa ou uma roda ou outra coisa qualquer. Em algum lugar há de ter uma concessionária, ou uma boa loja de peças, para resolver o assunto.

Além de tudo isso, o carro nacional é mais adequado às condições brasileiras – ou a falta de condições das nossas ruas e estradas. A suspensão é mais reforçada e até o pneu é feito com composto de borracha mais resistente.

E o combustível? Se você entrar com o carro flex no posto e tiver muito etanol, não muda nada no funcionamento, só no seu bolso. Já o importado a gasolina é mais complicado, não é?

Mas e as desvantagens? Olha, o importado, depois do sucesso que você faz com a família, com os vizinhos e com os amigos, não se esqueça: poucas seguradoras aceitam assumir esse risco.

Quando você quebra um para-brisa, essa peça vem nova importada da Europa. Então, não acha que se o carro custou R$ 70 mil o para-brisa vai custar o mesmo que de um Mobi, ou de um Gol. Pode custa uns R$ 2 mil ou até mais.

Saiba que, quando quebra um retrovisor externo de um carro importado, o custo é quase de um aparelho de televisão, tá? E mais: vai trocar amortecedor, pastilhas, qualquer desses itens de desgaste, pode saber que o custo vai ser enorme.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
João Carlos 6 de maio de 2022

Dirija os dois e verá na prática porque o importado Premium custa (quando zero km) mais caro que o nacional…
Se vc busca prazer ao dirigir… Já vai perceber a diferença logo ao fechar a porta e acionar o motor…

Avatar
Cadillata 24 de abril de 2022

Concordo com o Boris, mas cada um deve saber o que fazer com seu dinheiro.
Cada qual com seus gostos e gastos.

Avatar
Jo 24 de abril de 2022

Nem oito nem oitenta. Um semi-novo intermediário até 3 anos de uso é a melhor escolha pra mim.

Avatar
Deixe um comentário