Saiba quais carros foram destaques no Brasil em 2021

Veja 10 modelos que se destacaram durante o ano, que foi marcado por muitas estreias, aumento de preços e paralisação de fábricas

Além do famoso premio milionário, vencedor do BBB 22 será agraciado com um Fiat Pulse
Pulse foi um dos principais lançamentos do ano (Foto: Fiat | Divulgação )
Por Fernando Miragaya
26 de dezembro de 2021 08:14

O ano de 2021 foi marcado como um ano de retomada de produção, mas também pela falta de carros. A pandemia afetou a produção de componentes automotivos, em especial a de semicondutores, o que impactou diretamente diferentes carros no mundo e – obviamente – aqui.

O que se viu foi a falta de carros, como o líder dos últimos cinco anos Chevrolet Onix, que teve a produção da linha (hatch e sedã) suspensa por três meses em Gravataí (RS) em 2021. Ou mesmo a fila de espera por quase quatro meses para comprar outra líder, a Fiat Strada.

VEJA TAMBÉM:

Com a falta de carros 0 km – e os reajustes constantes nos modelos novos – o segmento de seminovos e usados também passou a ter aumentos de preços ao longo de 2021. Hoje tem muito carro com 10 meses de uso mais caro que o similar zero pelo valor de tabela.

Carros que foram destaque em 2021

Nessa loucura (em querer parodiar letra da música campeã de videokê), o ano também foi marcado por muitos lançamentos e reviravoltas no mercado. Teve modelo que chegou em cima da fama do nome do parente famoso, carro que nunca foi líder em primeirão entre os mais vendidos e estreias bastante aguardadas. Confira os carros que foram destaque em 2021.

1. Fiat Pulse

fiat pulse 13 mt 004 large
Primeiro SUV compacto da Fiat, Pulse vem somando boas vendas

Sem dúvida, o lançamento mais aguardado da marca italiana nos últimos tempos. O primeiro SUV compacto da Fiat chegou cercado de expectativa e logo cativou pelo desenho e pelo custo/benefício, com preços iniciais de R$ 80 mil. Fora isso, ainda coube ao Pulse estrear o motor 1.0 turbo três-cilindros da linha GSE e o câmbio automático do tipo CVT.

Curiosamente, o Pulse não tem nada de menos, nem nada demais. É um crossover baseado no Argo, bem construído, com as mesmas virtudes do hatch, mas com comportamento dinâmico que precisa ser aprimorado devido ao centro de gravidade mais alto. Detalhe que dificilmente atrapalhará suas vendas, que, no primeiro mês cheio, superaram as 2.200 unidades.

2. Toyota Corolla Cross

3 toyota corolla cross flex 2022
Corolla Cross caiu no gosto do consumidor

Outro SUV cercado de expectativa, o Corolla Cross foi lançado no mercado em fevereiro para mirar no segmento no qual o Jeep Compass reina absoluto. Para tal, a Toyota se valeu da plataforma usada pelo sedã e do nome famoso do irmão. Mas bom ressaltar que, de Cross, esse carro não tem nada. E deixa a desejar também em sua faceta de… Corolla.

Não é exagero afirmar que trata-se de um Corolla alto e metido a aventureiro. O desempenho é bem parecido com o do irmão – os dois usam o mesmo conjunto mecânico, seja puramente a combustão ou híbrido.

Porém, chamam a atenção as diferenças em relação aos dois carros – e também a ausência de boas soluções do Corolla em prol da economia no projeto do crossover lançado em 2021. A começar pelo acabamento interno, bem inferior – inclusive se comparado ao do renovado Compass. Freio de estacionamento por pedal (!!!), e espaço traseiro e porta-malas menores ainda depõem contra.

Por causa disso, o Toyota Corolla Cross foi eleito pelo AutoPapo como maior mentira de 2021 e ganhou o prêmio Pinóquio de Ouro: assista ao vídeo e saiba mais!

Tem mais: na mecânica, a Toyota optou por uma suspensão traseira por eixo de torção no SUV no lugar do jogo independente multibraço do sedã. Mesmo assim, a boa reputação da marca e o nome famoso foram suficientes para o Corolla Cross vender quase 30 mil unidades até novembro de 2021, apenas 7 mil atrás do Corolla, que teve “dois meses de vantagem”…

3. Hyundai HB20

hb20 sense 1.0 manual estacionado
HB20 disputou a liderança do mercado em 2021

O hatch compacto não teve nada de grandes novidades este ano. Apenas a linha 2022, com airbags laterais e controles de tração e estabilidade em todas as versões e o fim das opções 1.6 – esse motor só persiste no HB20X. Porém, com a falta de peças e a paralisação de diferentes linhas de montagem, o hatch beliscou por algumas vezes o posto de carro mais vendido do país.

No primeiro semestre, já com o Onix combalido pela parada na produção, foi o automóvel de passeio mais emplacado do país, segundo dados da Fenabrave. Em setembro, o HB20 teve outro bom momento, e foi o veículo mais vendido no geral, superando a Fiat Strada. Até novembro, no acumulado do ano, estava apenas 1.500 unidades atrás do Fiat Argo.

4. Caoa Chery Tiggo 3x

Caoa Chery Tiggo 3X plus
Tiggo 3x é, na verdade, um Tiggo 2 remodelado, mas traz evoluções

Verdade que ele nada mais é que um Tiggo 2 remodelado, mas parece até outro carro. Primeiro pelo motor 1.0 turboflex de até 102/98 cv e 17,1/16,8 kgfm com câmbio CVT de nove marchas virtuais, mil anos-luz à frente do conjunto 1.5 aspirado de até 115 cv do irmão que o originou.

Dinamicamente, também, o Tiggo 3x se mostra mais amigável e o acabamento interno agrada e está dentro do que se espera para o segmento. Lançado no fim de maio, o SUV compacto da Caoa Chery somou pouco mais de 3.800 unidades comercializadas até novembro, e já encostou no que o Tiggo 2 vendeu ao longo de 11 meses.

5. Volkswagen Taos

vw taos 4
Taos chegou para disputar mercado com o Jeep Compass

A vida do Compass não foi nada fácil esse ano. Além do Corolla Cross, o Jeep recebeu outro rival: o Taos. O SUV médio da Volkswagen fabricado na Argentina foi lançado em maio e se vale das mesmas virtudes de outros modelos da marca alemã: a queridinha plataforma modular MQB e os consagrados motores TSI turbo, no caso, 1.4 de 150 cv.

Além disso, o Taos chegou na mesma lógica de gama enxuta do Nivus. O modelo só é vendido em duas versões de acabamento. Talvez pouco para encarar o líder absoluto da categoria, mas em apenas cinco meses o carro já passou das 6.200 unidades entregues.

6. Jeep Compass

jeep compass serie s t270 cinza estacionado em terreno arenoso
Chegada de novos rivais fez o Compass ganhar novo motor

Falamos muito dos novos rivais, mas o reinado do Jeep parece inabalado. O Compass foi remodelado no primeiro semestre do ano, passou por um face-lift por fora e por um banho de loja por dentro. Além disso, estreou o novo motor 1.3 turboflex de 185/180 cv no lugar das variantes que usavam o 2.0 aspirado.

Também passou a vir mais equipado e, conforme a versão, pode receber carregador de celular por indução, quadro de instrumentos eletrônico e assistentes de auxílio à condução, como frenagem autônoma de emergência e assistente de permanência na faixa.

Ao mesmo tempo, é o único do segmento que oferece opções com motor turbodiesel e tração 4×4. Não surpreende ser o segundo SUV  mais vendido do país – de janeiro a novembro, foram mais de 64 mil unidades.

7. Fiat Argo

frente do fiat argo 2021 hgt vermelho
Atual líder de vendas do mercado brasileiro é o Fiat Argo

Outro que beliscou a liderança no embalo da derrocada do Onix, o Argo, no acumulado dos 11 meses de vendas do mercado, é o carro de passeio mais emplacado do país. São mais de 80 mil unidades entregues, um desempenho comercial não só beneficiado pelas circunstâncias, mas também pelo custo/benefício agressivo que sempre acompanhou o hatch.

Uma relação que deve melhorar com a chegada dos novos conjuntos mecânicos. Em 2022, o Argo vai abandonar o motor 1.8 E.torQ e as  versões topo de linha usarão o 1.0 turboflex GSE que estreou no Pulse em conjunto com a caixa CVT – esta também será usada em modelos com o 1.3 Firefly. As variantes 1.0 aspirado continuarão em linha.

8. Jeep Renegade

jeep renegade limited 010
Renegade lidera as vendas no segmento de SUVs

Só dá Stellantis nesta lista, mas fazer o quê se os caras souberam vender carros no mercado brasileiro em 2021? Está aí mais uma prova: o Renegade, o SUV mais vendido do país, com 70 mil emplacamentos – o que o coloca como o terceiro veículo de passeio mais comercializado do Brasil também. E olha que boa parte das vendas era impulsionada pelas versões com o velho e beberrão motor 1.8 16V E.torq.

Eram, porque, no ano que vem, vai entrar no lugar o novo motor 1.3 T270 turboflex que equipa Fiat Toro e Jeep Compass. O propulsor de 185/180 cv vai trabalhar com o câmbio automático de seis marchas nas versões de entrada e com a transmissão CVT de nove marchas e tração 4×4 nas opções mais caras. O turbodiesel deixará de ser feito também.

9. Fiat Strada

fiat strada ranch parada em fazenda frente 5
Em 2021, Fiat já vendeu mais de 100 mil unidades da Strada

O veículo mais vendido do país não poderia ficar de fora dos destaques de 2021. Mais uma vez a picape compacta da Fiat mostrou que é boa de loja. Mesmo com quase quatro meses de fila de espera para entrega nas concessionárias, a Strada já tinha vendido mais de 100 mil unidades de janeiro a novembro deste ano, segundo a Fenabrave.

10. Chevrolet Onix

chevrolet onix plus midnight e onix rs vermelho estacionados
Com produção comprometida, Onix mostra que ainda tem força no mercado

Ué, o Onix despencou nas vendas, teve produção interrompida e, mesmo assim, é um dos carros que se destacaram de 2021. Sim, porque nem bem ensaiou uma normalidade na produção e o compacto da Chevrolet foi o carro mais vendido de novembro: foram mais de 9.200 unidades, à frente mesmo da Strada.

Claro que não dá mais tempo de o Onix ser o carro mais emplacado do país pelo sexto ano consecutivo. Mas, mesmo assim, deve fechar o ano no top 6 dos veículos de passeio e, para o ano que vem, não tenha dúvidas de que o hatch da GM deve voltar ao topo.

Ah, e sabe quem foi o segundo colocado no ranking dos emplacamentos dos automóveis de passeio neste mesmo mês de novembro? O Onix Plus, a variante sedã da linha que padeceu do mesmo problema no ano… Se a GM for tirar o atraso em 2022, os rivais que se cuidem.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário