Brasil ainda tem 5 carros sem direção hidráulica ou elétrica de série

Hatches, picapes e furgão ainda não incluem esse equipamento como padrão em suas versões de entrada: confira o listão

Por Alexandre Carneiro 26/04/20 às 10h00

Direção com algum tipo de assistência – pode ser hidráulica, elétrica ou eletro-hidráulica – já foi coisa de carro de luxo. Felizmente, nas últimas duas décadas, esse tipo de equipamento se popularizou e, hoje, está presente na grande maioria dos automóveis, inclusive nos ditos populares. Porém, não em todos: ainda existem modelos vendidos sem tal item.

VEJA TAMBÉM:

A reportagem fez um levantamento e constatou que 5 carros nacionais não vêm de série com direção hidráulica ou elétrica. Ainda que todos sejam veículos comerciais ou versões destinadas a frotistas, o número ainda é relevante. Até porque eles são baratos: nada menos que 3 desses modelos custam mais de R$ 50 mil. Confira o listão!

Carros sem direção hidráulica ou elétrica de série:

1. Renault Kwid Life

renault kwid life visto de frente: modelo não traz direção elétrica de série
Preço do Renault Kwid Life: R$ 34.990

A versão de entrada do subcompacto da Renault traz pouquíssimos equipamentos de série. Além da direção assistida, que é elétrica na linha Kwid, a versão de entrada é desprovida de ar-condicionado: esses dois itens são opcionais, mas o fabricante não informa em seu site qual é o preço do conteúdo adicional.

Outra alternativa é optar pela segunda versão do catálogo, a Zen, cujo preço sugerido é de R$ 41.190. Nela, assim como em todas as demais opções da gama, a direção elétrica vem de série.

2. Fiat Mobi Easy

fiat mobi easy visto de frente: modelo não traz direção hidráulica de série
Preço do Fiat Mobi Easy: R$ 34.990

Outro hatch subcompacto que, na versão de entrada, vem sem direção assistida é o Fiat Mobi. Na configuração Easy, o recurso não é disponibilizado sequer como opcional.

Para ter um sistema de direção hidráulica, é preciso optar pela versão seguinte. Pelo preço de R$ 41.190, o Mobi Like traz tal equipamento de fábrica.

3. Fiat Fiorino

fiat fiorino branco visto de frente: : modelo não traz direção hidráulica de série
Preço do Fiat Fiorino 1.4 Evo Flex: R$ 66.290

O Fiorino é o veículo mais caro da lista: custa R$ 66.290, segundo a tabela da Fiat. Nem por isso é bem-equipado, ao menos na opção de entrada, que não tem denominação específica e designa-se apenas como 1.4 Evo Flex. Nela, não há direção hidráulica de série.

Todavia, essa comodidade pode ser adquirida à parte, como opcional. Por R$ 2.200, leva-se direção assistida e volante com regulagem de altura. Vale lembrar que na configuração seguinte, batizada de Hard Working, esses dois itens estão incluídos, mas o preço chega a R$ 75.190.

4. Fiat Strada Working

fiat strada working vista de frente: picape não traz direção hidráulica de série
Preço da Fiat Strada Working: R$ 55.690

A Fiat tampouco oferece direção hidráulica na versão mais acessível da Strada, a  Working. Nela, o equipamento igualmente não consta sequer na lista de opcionais.

Pelo menos a opção seguinte, batizada de Hard Working, disponibiliza a assistência de direção de série. O valor da Strada, nesse caso, sobe para R$ 61.590.

5. Volkswagen Saveiro Robust

vw saveiro robust cabine simples de frente: picape não traz direção hidráulica de série
Preços da Volkswagen Saveiro Robust: R$ 54.890 (Cabine Simples) e R$ 70.100 (Cabine Dupla)

Independentemente do tipo de carroceria, a Volkswagen Saveiro Robust não inclui a direção hidráulica no preço básico. Trata-se de um equipamento opcional, vendido em um um pacote que inclui ar-condicionado, chave tipo “canivete”, travas e vidros elétricos: custa R$ 7.690 na configuração cabine simples e R$ 7.360 na cabine dupla.

Por sua vez, a Saveiro Trendline, segunda opção do catálogo, comercializada apenas com cabine simples, inclui todo esse conteúdo no preço de R$ 67.290. A top de linha Cross, que vem sempre com cabine dupla, também disponibiliza tais recursos, mas o valor sugerido vai para R$ 88.690.

Fotos de divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Wellington 30 de abril de 2020

    Quem adquire estes tipos de veiculos sem qualquer destes itens (ar e direção assistida) nunca irão dirigir o veiculo, ou seja, serão ferramentas de trabalho e assim demonstra o termometro de quanto a empresa preza pelo seu corpo de colaboradores.

  • Avatar
    arai 30 de abril de 2020

    O trecho onde se lê “Até porque eles são baratos: …” não teria faltado um “NÃO” antes de “… são baratos …”?

  • Avatar
    Fernando B 26 de abril de 2020

    Ou seja, para você ter ar condicionado e direção hidráulica, o MÍNIMO que você gasta é 41 mil reais.

Avatar
Deixe um comentário