Como dirigir carro automático: 10 macetes para facilitar sua vida

Apesar de estar popularizando, essa caixa deixa muitas dúvidas; veja como obter o melhor rendimento, desfrutar do seu conforto e fazê-la durar mais

cambio automatico carro automovel hyundai creta 2020
Caixa automática já é popular (Foto: Caoa Chery | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
20 de agosto de 2021 17:04
Especial para o AutoPapo

O carro automático deixou de ser tabu para se tornar tendência. Hoje, mais da metade das vendas de veículos 0 km são de modelos com transmissão que dispensa o pedal de embreagem. Para quem migra das caixas manuais, é preciso se adaptar. Porém, também existem dicas para o motorista usufruir melhor desse câmbio que entrega conforto e praticidade. Sim, é possível não só desfrutar da conveniência da transmissão, como também fazê-la durar mais e trabalhar melhor com o motor, o que pode resultar em economia de combustível. Confira 10 macetes para dirigir carro automático.

VEJA TAMBÉM:

1. Ao ligar o motor

Antes de apertar o botão de start ou virar a chave da ignição do carro automático, não esqueça de pisar no pedal do freio. Os automóveis dotados deste tipo de transmissão simplesmente não acionam o motor se isso não for feito. É uma simples questão de segurança, para evitar que motoristas distraídos liguem o veículo engrenado em Drive ou Rear, e o mesmo se movimente inadvertidamente.

2. Com carinho

Trate com carinho a alavanca do câmbio do carro automático. Para dirigir um carro automático, evite fazer mudanças bruscas e muito rápidas na manopla, para não sobrecarregar o sistema. Para acionar as marchas, muitos modelos de transmissão automática pedem que um botão (geralmente na lateral do pomo) seja apertado, caso contrário você não consegue fazer a mudança de posição – nem pense em forçar a peça.

Antes de acelerar, certifique-se que a alavanca está na posição desejada, para evitar acidentes ou que você vire meme e seu carro atravesse uma vidraça ou o portão de uma garagem. Evite também fazer da manopla o repouso para sua mão. Esse peso extra sobre o equipamento força componentes internos, mesmo nos câmbios automáticos.

3. Não mude as marchas com o carro em movimento

Não execute as mudanças na alavanca do câmbio automático com o carro em movimento, especialmente para as posições “R” (“reverse”, marcha-a-ré) e “N” (“neutral”, neutro ou ponto morto). Ou seja, antes de fazer a manobra para estacionar, espere o veículo parar totalmente para só depois engatar a ré.

O tranco que é provocado pelo engate de marchas com o automóvel em movimento força componentes internos da caixa, o que acelera o desgaste do conjunto. Tanto que muitos modelos de carros automáticos mais modernos já têm dispositivos de segurança que bloqueiam o sistema caso o motorista tente fazer alguma mudança brusca.

4. Marchas sequenciais

cambio sequencial

Use as opções de mudanças sequenciais mais em situações específicas. Especialmente se estiver trafegando em trechos de serra, para subir e descer marchas e ter mais interação com o carro – e evitar aquelas imprecisões na subida. Ou mesmo em situações de ultrapassagens e retomadas, as quais trataremos mais adiante.

Em estradas planas ou mesmo no trânsito urbano, deixe o câmbio no modo automático mesmo. Além de ser muito mais adequado à função principal – ou seja, proporcionar conforto -, vai preservar o sistema. Desta forma, segundo engenheiros e especialistas, o conjunto roda na temperatura correta e proporciona melhor eficiência do motor.

5. Neutro, mas nem tanto

Se estiver no anda-e-para do engarrafamento ou naquela via com intermináveis semáforos a cada 50 metros, nada de colocar o câmbio em “N” (neutro) a cada parada. Tal prática não faz o carro beber menos combustível. Pior: tantas mudanças na alavanca vão acelerar o desgaste do equipamento.

Quer uma boa notícia? Os carros automáticos mais modernos, quando parados por mais de três segundos, têm um sistema no qual as válvulas do conversor de torque são abertas. Em outras palavras: é como se o carro ficasse em ponto morto automaticamente.

6. Como estacionar carro automático

Um dos macetes para dirigir carro automático diz respeito à hora de estacionar. Perceba que quando você coloca o câmbio em  “P”, o carro faz um pequeno movimento. O ideal é você acionar o freio de estacionamento antes de mudar para o “parking”. Desta forma, evita-se que todo o peso do deslocamento incida sobre o conjunto da transmissão. Quando for sair com o carro, faça o inverso. Engate o “D” para depois destravar o freio e acelerar.

Esses procedimentos são ainda mais importantes ao estacionar em ladeiras. Em subidas ou descidas, siga essa sequência para que a alavanca do câmbio automático trave na posição P devido ao peso do carro.

7. Câmbio automático: significado das letras

cambio do caoa chery 5x
Câmbio automático de dupla embreagem do Caoa Chery tem seis velocidades

As caixas usualmente oferecem as posições básicas: “D” (“drive”, dirigir), “P”  (“park”,estacionar), “R” (“reverse”, marcha-a-ré) e “N” (“neutral”, neutro ou ponto morto). Mas alguns câmbios automáticos ainda têm opções como “L” (“low”, baixa) ou “3”, “2” e “1”.

São posições que fazem as vezes de freio-motor. Bom de usar em descidas de serra, pois seguram mais as marchas e as rotações, e diminuem a necessidade de usar o pedal do freio a cada curva – o que pode causar superaquecimento das pastilhas ou o fading do sistema de frenagem.

Já o modo “S” (“sport”, esportiva) muda as respostas da transmissão a cada mudança. Costuma “esticar” mais as marchas, fazendo a passada em giros mais altos – em média, cerca de 500 rpm a mais.

Importante: jamais desça uma serra ou ladeira com o carro automático em “N”. A prática sobrecarrega especialmente o sistema de frenagem, que vão ter que dar conta de segurar todo o peso do veículo sozinho.

8. Quando for ultrapassar

Nesta hora, vale sim usar as mudanças sequenciais manuais no câmbio automático. Geralmente, se precisa de mais força e agilidade para ultrapassar, e para minimizar qualquer imprecisão da transmissão, coloque a alavanca no modo sequencial, reduza uma marcha e acelere

9. Kickdown

Também muito útil em situações de ultrapassagem. É uma espécie de botão que é acionado quando se pisa fundo no pedal do acelerador. O dispositivo entende que o motorista precisa de mais força e o sistema automaticamente reduz uma ou duas marchas para aumentar a faixa de giros de trabalho do motor e entregar uma retomada mais rápida.

Esta função não é comum em todos os carros automáticos mais antigos. Contudo, em veículos mais atuais, muitas transmissões já fazem o kickdown eletronicamente, sem a necessidade desse “clique”.

10. Enguiçou, e aí?

tampa cambio automatico trava

Repare que a base da alavanca do câmbio automático geralmente traz uma plaquinha removível. Use uma chave de fenda ou a própria chave do veículo para retirar a tampa e destravar o sistema de transmissão, o que vai permitir que o automóvel seja rebocado ou empurrado. De qualquer modo, consulte o Manual do Proprietário para saber exatamente onde fica o sistema que “solta” o carro.

Pega no tranco? Apesar de muita gente jurar que carro automático pega no tranco em baixíssimas velocidades, a maioria dos engenheiros diz que isso não é possível. Com o motor desligado, o conversor de torque do sistema de câmbio não funciona, ou seja: nenhuma marcha “está engatada” para fazer o carro pegar – ao contrário do que é possível fazer com os veículos com transmissão manual ou automatizada.

Bônus: manutenção e fluido

Cada fabricante recomenda intervalos diferentes de revisão e manutenção do câmbio. A informação consta no Manual do Proprietário, mas passada a garantia, a dica é verificar o sistema a cada 10.000 km. Dificuldades em engatar as marchas ou ruídos estranhos vindos da caixa podem ser sinais de que o conjunto precisa de reparos. Por isso, faça revisões preventivas, já que o conserto de um câmbio pode custar de R$ 5 mil a R$ 10 mil.

  • E câmbio automatizado: vale a pena? Boris Feldman responde
59 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
REGINA CELIA SALES 1 de setembro de 2021

Muito bom

Avatar
Tânia Maria Costa Milanez Milanez 1 de setembro de 2021

Como economisar combustível no carro automático

Avatar
Vanderley Antônio de Melo 1 de setembro de 2021

Boa tarde ótimo espricasao gostei 👍

Avatar
José Ricardo César oliveira 1 de setembro de 2021

O meu carro é automático e muita vez tenho dúvidas

Avatar
Anselmo Cesar marcos 1 de setembro de 2021

Muito bem ilustrativas, e bem comunicativas.

Avatar
Zilmar 1 de setembro de 2021

Quero saber se todos os carros automático e igual em relação ao reboque

Avatar
Eduardo Henrique Lobo 1 de setembro de 2021

Não entendi o que é Marchas Sequenciais
Quando vcs falam na hora de ultrapassar e na subida e decida de serras ..usar marchas Sequenciais??
podem me explicar melhor??

Avatar
JOSE ROBERTO MEDEIROS DA FONSECA 1 de setembro de 2021

Muito boa as informações

Avatar
Carlos Silva 1 de setembro de 2021

Tenho um Corolla 2012 1.8 automático a pouco tempo e tenho uma dúvida quanto a estacionar.
– Nesta reportagem informa que é para colocar em P somente após acionar o freio de mão, desta forma vou descrever como eu faço e se estiver errado por favor me corrija.

Ao parar coloco em N, puxo e freio de mão, tiro o pé do pedal, aciono novamente o pé no pedal e coloco em P. Esta certo? Ou a parar o veículo mesmo estando em D devo acionar o freio de mão, retirar o pé do pedal e colocar a alavanca em P diretamente ?

Parabéns pela reportagem, ajuda muito quem está começando nesse tipo de câmbio.

Avatar
Luís F. Piccinini 1 de setembro de 2021

Excelentes dicas.

Avatar
Aneilson Alencar 31 de agosto de 2021

Olá AutoPapo!
Meu carro é automático e fica a maior parte do tempo parado estacionado na garagem coberta da minha casa. Para lava-lo eu preciso retirar da garagem e mover apenas poucos metros. Como o motor está frio, devo liga-lo, andar os poucos metros e depois desliga-lo sem problemas? Eu poderia colocar o câmbio na alavanca em N e empurra-lo poucos metros sem nenhum problema?

Avatar
Jorge Luiz Nascimento 31 de agosto de 2021

O que pode acontecer se vc não pisar no pedal de freio com uma certa força durante a mudança de marcha , tenho um toyota yares novo e sinto as vezes um tranco quando ligo para sair e faço aamudanca de marcha como também um rangido quando engato a re não é toda vês o que estou fazendo de errado?

Avatar
Jorge Luiz Nascimento 31 de agosto de 2021

O que pode acontecer se vc não pisar no pedal de freio com uma certa força durante a mudança de marcha

Avatar
Airton Aquino Ramos 31 de agosto de 2021

Muito instrutivo excelente informacoes muito relevantes e explicativos! Nota 10

Avatar
IARA DANTAS SOUZA 31 de agosto de 2021

Sem nenhuma dúvida!!!!!

Avatar
Jaimge falco 31 de agosto de 2021

Como se usa o câmbio secuencial

Avatar
Nilson 31 de agosto de 2021

Muito boa as dicas

Avatar
Jorge Luiz Trisch 31 de agosto de 2021

Muito boa dica eu tenho um cruze LTZ automático.. parabéns

Avatar
Antonio Carlos behrens 31 de agosto de 2021

Tenho uma Ranger 3.2 X 4×4, com quantos km tenho q trocar o óleo da cx Automatica pois a minha está com 120.000km e no manual não esplica

Avatar
José Braga Rolim 31 de agosto de 2021

Parabéns pelas informações

Avatar
Rodrigo Almeida Dêves Martins 31 de agosto de 2021

Bom dia,
Achei bem interessante a matéria, mas fiquei sem entender o por que de não poder colocar o carro na posição ( N ) enquanto o veículo está em movimento, qual os problemas que podem gerar se fizer isso?
Fico no aguardo da resposta
Obrigado.

Avatar
Luiz 31 de agosto de 2021

Eu comprei recentemente um Nissan Kickis e a minha dúvida é como proceder numa descida de serra uma vez que se eu pisar no freio, neutralizo a transmissão. Assim sendo, corro o risco de ficar sem freio ou não?

Avatar
antonio vitor 29 de agosto de 2021

Posso mudar do D para o S enquanto o carro está em movimento? ou é necessário parar o carro para fazer a mudança?

Avatar
Leocir tomaz da silva 29 de agosto de 2021

Eu nao sabia que carro automatico pode ser rebocado!

Avatar
Silas Costa 28 de agosto de 2021

Bom saber!
Muito boa estas colocações,
brigado.

Avatar
EDVALDO RODRIGUES 28 de agosto de 2021

A dica 6 é a mais importante. Meu Cobalt 2014 as vezes dá um tranco quadro ligo e tiro a alavanca do P, se faz a besteira de soltar o freio de mão antes, é pior ainda, pois tem q fazer força e escuta um barulho durante a troca, será que isso já é um sinal de desgaste ou é um defeito crônico mesmo? Detalhe o carro é único dono com 57 mil km e fiz a troca total do fluido com 48 mil km

Avatar
Vanderlei 28 de agosto de 2021

Pois é, eu me refiro a uma falha seja da ignição, seja da injeção de combustível ou sem combustível. Eu fiquei sem freio. Como eu estava em baixa velocidade baixa baixa rotação quando o carro morreu pode ter sido essa a causa. Mas na concessionária confirmaram que o carro perde o freio. Não me refiro ao pedal ficar duro, o que é óbvio mas não tem mais assistência. Eu tenho a impressão que a “embreagem” desacopla. Não sou especialista. Apenas um usuário que levou um tremendo susto, o carro não faz freio motor, roda livre. Experimentem. O efeito que eu experimentei foi como se eu estivesse na banguela e o motor apagasse. Fica sem freio, sendo claro: pedal muito duro e muito muito ineficiente.

Avatar
Reginaldo Oliveira 28 de agosto de 2021

Aprendi muito com dicas construtiva , parabéns

Avatar
Francine 28 de agosto de 2021

Excelente matéria!

Avatar
Ronaldo Medeiros. 28 de agosto de 2021

Excelente matéria.
Completa, claro e didático.

Parabéns.

Obrigado.

Avatar
José Augusto 28 de agosto de 2021

Muito bom apredir mais.

Avatar
JEFFERSON Durr aguiar 27 de agosto de 2021

BOA NOITE PARA TODOS. TENHO UM RENAULT MEGANE CONVERSÍVEL 2008.TEM CX AUTOMÁTICA E MANUAL. QUAL DAS DUAS O CARRO FICA MAIS ECONOMICO?

Avatar
Paulinho 27 de agosto de 2021

Ótima matéria, muito obrigado me ajudou muito.

Avatar
Nelson 25 de agosto de 2021

Estou procurando um semi novo automático.
Como posso saber se o câmbio está bom ou com defeito?

Avatar
RUBENS B RINALDO 26 de agosto de 2021

Câmbio não pode dar Tranco os engates tem que ser macio e precisos

Avatar
Denilson 25 de agosto de 2021

Olá pessoal então uma dúvida. Vou comprar um seminovos, com saber se o vendedor ou a concessionária nao auterou o velocímetro para dar a ideia de carro menos rodado?

Avatar
RUBENS B RINALDO 26 de agosto de 2021

Pedais e bancos desgastados indicam carro muito rodado, pneus careca ou trocados também

Avatar
João Bosco Ferreira Gomes 25 de agosto de 2021

Boa tarde gostaria de saber se ten muita diferença de preços referente a merivq 2011 e um sonic automático 2013 ex suspensão dianteira

Avatar
João Batista Rodrigues Silveira 25 de agosto de 2021

Como fazer pra saber se o câmbio está com defeito

Avatar
Luiz Pedro 25 de agosto de 2021

Tenho um eisitronic estou passando uma riava, coloquei na Justiça pra vê se consigo pelo menos reaver o que estou pagando e devolve-lo, mas se eu não conseguir ,o que acha que deveria fazer? Preciso de um ponto de partida para pode me programar.

Avatar
Polvo 24 de agosto de 2021

Gostaria de saber se há algum problema em deixar a alavanca em D e freio de mão acionado nas paradas de engarrafamento, ao invés de ficar pressionando o pedal do freio.

Avatar
George 26 de agosto de 2021

Jamais faca isso. JAMAIS.

Avatar
Erick 28 de agosto de 2021

Por que não pode fazer isso tenho essa dúvida esses dias a pastilha do meu carro chegou ao fim tive que usar o freio de mão pra chegar até em casa

Avatar
Roberto 27 de agosto de 2021

Owwwww…preguiça..kkkk

Avatar
Wagner Silva 31 de agosto de 2021

Esse seu hábito irá destruir a sua embreagem pois o pedal do freio indica o conversor de torque para não tracionar as rodas.
Perceba que quando você puxa o freio de mão e tira o pé do freio o carro tenta ir para frente . Então se o trânsito estiver com paradas muito LONGAS COLOQUE em neutro e puxe freio.
Porém só com paradas acima de 3 minutos.

Avatar
João Luiz França filho 23 de agosto de 2021

Muito boa as explicações sobre como usar o câmbio automático tirou muitas dúvidas minhas
Obgd.

Avatar
Josivaldo Ferreira 23 de agosto de 2021

Olá tenho um Jetta 1.4 TSI e queria saber com quantos km trocar o óleo do câmbio alguém sabe me dizer por favor.

Avatar
TADEU RONCATTI 22 de agosto de 2021

Muito bom! Duas da dicas eu não sabia… Em estradas, mesmo planas, normalmente uso as mudanças sequenciais. Prefiro ter o controle do cambio.

Avatar
Jacelia Tosta Ramos 22 de agosto de 2021

Grata, pelas ótimas dicas acerca do uso de carro automático. Agora os nossos maiores vilões são os mecânicos, que nem sempre são confiáveis e em pouco tempo de revisão/conserto surgem os mesmos problemas. Encontrar algum de confiança, está o mesmo que acertar em loteria.DIFÍCIL!

Avatar
Geraldo Lopes de queiroz 22 de agosto de 2021

Muito bom

Avatar
Sebastião Ricardo Pereira de Castro 22 de agosto de 2021

Muito boa explicação sobre o câmbio automático. Tirou dúvidas minhas.
Obrigado.

Avatar
Alcimar Lemos Pereira 22 de agosto de 2021

Muito educativo para nossa melhora .
Muito bem esplicado , show !

Avatar
Gerson Corrêa Gomes 22 de agosto de 2021

Bom domingo, muito bom, agradeço pelas informações.

Avatar
Gilberto 22 de agosto de 2021

Legal, muito bom
Obrigado pela lição

Avatar
Luiz Cavalcanti 21 de agosto de 2021

Gostei muito.
Agradecido.

Avatar
Milton Pereira 21 de agosto de 2021

Excelente matéria! É sempre bom estar revendo!

Avatar
Vanderlei Gonçalves 22 de agosto de 2021

Excelente mas poderiam alertar que se o carro morrer vc fica sem freio. Dizem que se pisar no freio logo após o carro morrer ainda tem. Eu estava em baixa velocidade e o carro morreu fiquei assustado. Por sorte estava a menos de 20Km/h e não tinha trânsito. Na minha opinião deveria ter uma bomba de vácuo para o freio. Um absurdo. Isso é o mesmo que descer uma ladeira com câmbio manual no ponto morto. Se morar já era.
Abs
Parabéns por todas as notícias. Isso não foi uma crítica a sua matéria, apenas sugestão.

Avatar
Francisco Vendelino da Rosa 26 de agosto de 2021

Há um engano de sua parte, qualquer veículo, mesmo com motor desligado tem freio. A diferença é que o pedal fica mais duro, sendo nescessário imprimir mais força. Por isso é chamado servo de freio, (hidrovacuo) pois auxilia nas frenagens.

Avatar
Roberto de Siqueira Bertoche 27 de agosto de 2021

Além do que disse apropriadamente o Francisco, que mesmo sem a servo-assistência o freio continua funcionando, o motor de carros automáticos raramente morre, já que isso é na maioria das vezes causado por falha do condutor no uso da embreagem. Carros automáticos morrem exclusivamente por falta de combustível ou eventual e súbita falha mecânica.
Se o motor de um carro automático apagar com a alavanca em D e o carro estiver em movimento, ele vai continuar com freios enquanto estiver se movendo, e progressivamente parar quando a inércia for consumida pela resistência ao movimento do conjunto motor e transmissão.

Avatar
Deixe um comentário