[Vídeo] Consumo de combustível: você confia na etiqueta do Inmetro?

"Esse consumo que está na etiqueta pode ser próximo ao real, que você obtém no dia a dia. Mas não importa: o que importa é o consumo comparado"

Por Boris Feldman 27/01/21 às 18h30
etiqueta consumo de combustivel programa inmetro
Letra "A" significa o menor consumo naquela categoria de automóveis (foto: Reprodução)

Quando você entra no showroom de qualquer concessionária, todos os automóveis expostos têm uma etiqueta colada no para-brisa, ou no vidro, que é a etiqueta de consumo de combustível do Inmetro.  Todos os carros são obrigados a ostentá-la. O que diz essa etiqueta?

É o seguinte: primeiro, tem uma classificação por letras. A letra “A” significa o menor consumo naquela categoria de automóveis. Se for “B”, já não é tão bom assim; e, quanto mais alta a letra, tanto pior o consumo, maior consumo de combustível. E vem descrito também o consumo do combustível  daquele modelo.

VEJA TAMBÉM:

Esse consumo é confiável? Mais ou menos. Na verdade, ele é obtido a partir de uma  simulação em laboratório. O carro fica parado, rodando em cima de dinamômetros de rolo, vai passando as marchas, freia e acelera, simulando o carro andando em condições normais  na cidade e na estrada.

Esse consumo que está na etiqueta pode ser próximo ao real, que você obtém no dia a dia. Mas não importa: o que importa é o consumo comparado, é a referência. Como assim?

Se você está em dúvida entre dois modelos de automóvel e, para você, o consumo é importante, não importa se aquele valor é o real ou não. O que importa é o seguinte: entre os dois, qual é o que tem consumo menor? Ou maior? Então, esse valor é referencial, é só para dar uma ideia de qual carro bebe mais – ou menos.

SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Fe 27 de janeiro de 2021

Acho importante saber quanto o carro consome em média. Mas definitivamente é um item que pouco pesa na minha decisão de compra. Analiso um conjunto de fatores e, se um carro for gastão, mas atender a um conjunto de fatores (soma de vários itens que busco), não penso duas vezes, compro mesmo sendo um carro que consome muito. Afinal, se não tiver dinheiro nem para sustentar o consumo de combustível do carro, é melhor nem comprar carro, não terá dinheiro para fazer manutenção preventiva, seguro, impostos, etc.
Veja bem, não disse que não acho importante, mas se achar que o custo benefício vale, eu compro.

Avatar
Fernando B 28 de janeiro de 2021

Comentário perfeito. O carro precisa atender a X fatores, um deles é o consumo, claro, mas se ele não for extremamente beberrão (como a antiga Tucson, por exemplo) o carro precisa atender a diversos fatores

Avatar
Deixe um comentário