Corolla Cross: 5 motivos para você comprar e outros 5 para desistir

Um dos lançamentos mais aguardados do ano, novo SUV médio da Toyota decepcionou em alguns aspectos, mas em outros ele deve agradar

Por Boris Feldman 12/03/21 às 11h54
6 toyota corolla cross flex 2022
Corolla Cross tem opção de motorização flex ou híbrida (Foto: Toyota | Divulgação)

A Toyota foi uma das últimas a lançar um SUV médio, mas nem por isso se saiu melhor que a concorrência: foi um pouco decepcionante o tão aguardado Corolla Cross.

O utilitário esportivo é derivado do sedã e aproveita sua plataforma para reduzir custos. Mas sequer manteve todas as qualidades dele, pois eliminou a suspensão traseira multilink, ponto alto de sua mecânica. E conseguiu reduzir em 30 litros a capacidade de porta-malas do sedã. Afinal, um SUV não é para a família?

VEJA TAMBÉM:

Fora estas derrapagens de projeto, o SUV mantem a boa mecânica do Corolla, inclusive as duas opções de motorização, combustão e híbrida. Pelo preço e concorrência a enfrentar, seu acabamento deixa a desejar. E estilo é sempre subjetivo, mas sua grade tem um desenho estranhamente agressivo.

Só não faltou capricho no preço…

Versão Preço
Corolla Cross XR 2.0 R$ 139.990
Corolla Cross XRE 2.0 R$ 149.990
Corolla Cross XRV Hybrid R$ 172.990
Corolla Cross XRX Hybrid R$ 179.990
Corolla Cross Special Edition R$ 183.980

5 motivos para não comprar o Corolla Cross

Veja 5 pontos nos quais o novo SUV médio da Toyota derrapou e podem te decepcionar.

1. Eixo traseiro mequetrefe

Apesar de ter a mesma plataforma que o Corolla sedã, a Toyota reduziu custos no Cross substituindo a excelente suspensão traseira do tipo multilink pelo mequetrefe eixo de torção que equipa qualquer Golzinho da vida. Ou seja, exatamente o SUV, que mais depende de estabilidade, ficou desprovido deste sofisticado sistema presente no sedã.

2. Porta-malas: menor que o do sedã

Para não apanhar feio do VW Taos (chega em maio) em capacidade do porta-malas (498 litros), o Corolla Cross carrega o estepe de emergência, aquele fininho cheio de limitações.

Perdeu, mesmo assim: apenas 440 litros, mas à frente do outro concorrente, o Jeep Compass.  Difícil explicar, mas inferior até que o do seu irmão sedã, com capacidade de 470 litros.

porta-malas do toyota corolla cross flex 2022

3. Estepe perigoso

Se o estepe de emergência já inspira cautela em qualquer automóvel, no Corolla Cross o problema é muito mais grave. Mesmo as versões com roda de 18” continuam carregando o estepe aro 17”, com diâmetro total 5% inferior às outras quatro. Consensual na indústria automobilística é não ultrapassar 2%.

Os engenheiros da Toyota disseram ter testado o carro, mas confessaram  não terem realizado o teste que valida sua estabilidade na hora “H”, o do Alce. Que evita acidentes ao se desviar emergencialmente de um obstáculo na pista.

4. Deve em desempenho

No asfalto, o desempenho do SUV não empolga e, pela relação peso/potência e fica devendo aos concorrentes diretos. Já a altura livre do solo é sutilmente superior ao do sedã: apenas 1,3 cm (ver ficha técnica abaixo). Ou seja, não alivia em nada enfrentar obstáculos urbanos como pedras ou lombadas.

5. Acabamento tosco

O freio de estacionamento é acionado por um obsoleto pedal para o pé esquerdo, inspirado no Ford Galaxie 67 (ou talvez na picape Chevrolet D20 da década de 80…).

Esperava-se, num carro que custa acima de R$ 150 mil, um sistema eletromecânico acionado por um botão no console. Para, quem sabe, ocupar o lugar de um tosco pedaço de borracha solto para esconder dois estranhos parafusos.

Acabamento interior pobre de uma maneira geral, com plástico duro por toda parte, inferior aos seus concorrentes diretos como o Jeep Compass ou o VW Taos.

Conheça em detalhes o SUV da Toyota:

Cinco motivos para comprar o Corolla Cross

Listados os pontos positivos, é hora de enumerar os negativos. Veja cinco motivos para desistir de comprar o novo SUV da Toyota

1. Muita segurança

Sete airbags e muitos dispositivos eletrônicos de segurança integrados ao sistema Toyota Safety Sense, que alerta o motorista sobre veículos à frente com radares e sensores. Como novidade, detecção de pedestres e ciclistas.

O SUV oferece um pacote recheado de soluções eletrônicas para evitar acidentes ou atenuar suas consequências: câmera de ré, controle de estabilidade e tração, assistência para arrancar na subida (Hill-Holder), alerta de ponto cego no retrovisor e de tráfego na traseira, de pré-colisão frontal e permanência na faixa.

2. Infotenimento

Além do computador de bordo digital com TFT num display de 4,2” no painel, um sistema multimídia com tela central sensível ao toque de 8” com inúmeras funções. Neste aspecto, superior ao Corolla sedã, mas ainda exige cabos para espelhamento de celulares.

3. Conforto a bordo

O SUV acomoda bem nos bancos dianteiros e traseiro. Neste, relativo conforto para dois adultos e uma criança. Túnel central baixo ajuda. Porta-trecos nas portas dianteiras, traseiras e no console central conferem praticidade para o motorista e passageiros. Ar condicionado não é dual-zone mas tem saída central para o banco traseiro.

4. Confiabilidade: marca registrada

A mecânica – mesma do sedã – tem a robustez que já se tornou marca registrada da empresa japonesa: carros que “não quebram”. Ela já foi testada pelo irmão de três volumes e não foi alvo de queixas no mercado brasileiro.

5. Híbrido flex: pioneiro no mundo

A Toyota foi pioneira no Brasil (e no mundo) com o primeiro híbrido flex, o Corolla sedã. E agora, o primeiro SUV.

Ao contrário dos modelos convencionais, o consumo do híbrido é menor no trânsito urbano: segundo o Inmetro, 13,9 km por litro de gasolina na estrada, 17 km na cidade. Tem um motor flex e dois elétricos. Mas oferece também a versão 2.0 a combustão, a mais vendida no caso do sedã.

Corolla Cross: veredito

A marca japonesa usou e abusou da confiabilidade de seus produtos junto ao mercado e aposta em atrair uma legião de clientes. Mas, em seu primeiro SUV produzido aqui, a Toyota caprichou mais no preço que na mecânica e acabamento.

Ficha técnica Toyota Corolla Cross flex Toyota Corolla Cross híbrido
Motor 2.0 16V 1.8 16V + 2 elétricos
Potência 177 cv (etanol) 123 cv (combinada)
Torque 21,4 kgfm (e) torque combinado não informado
Câmbio CVT com 10 marchas simuladas CVT
Suspensão McPherson na dianteira; eixo de torção na traseira
Dimensões 4,46 m de comprimento; 1,825 m de largura; 2,640 m de entre-eixos; 1,620 m de altura
Porta-malas 440 litros
Vão livre do solo 16,1 cm

Fotos: Toyota | Divulgação

SOBRE
93 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
oliveira 7 de junho de 2021

Boris, com todo respeito mas acho que não andou, não pesquisou sobre o carro porque eu comprei um e estou feliz inclusive a multimídia tem espelhamento sem cabo se quiser vou ai e lhe mostro.

Avatar
Joaquim Cortez 16 de maio de 2021

Cobrar estabilidade normal ou o (teste do alce), com o estepe reserva mais fino,é ilógico; tanto que há as recomendações no manual, para se ter cautela. Além da baixíssima probabilidadede ser usado.

Avatar
PAULO RENATO DE AZEVEDO MATOS 22 de março de 2021

ÓTIMA A SUA AVALIAÇÃO. FORTE ABRAÇO, BORIS, E MUITA SAÚDE !

Avatar
Cláudio Batista da Silva. 20 de março de 2021

Preço muito alto, para um país que está na posição de 10,8 econômia global, sem quê maoria tenha salário digno, então fica difícil a menoria, possuírem um tão bom em casa. porque toda a mecânica é muito boa da Toyota. Pena que não dá pra meu bolso.

Avatar
José 19 de março de 2021

um investimento muito alto num carro com um acabamento inferno muito fraco

Avatar
Denilson Antunes Rodrigues 18 de março de 2021

Com esses valores consigo comprar carro muito melhor

Avatar
Adilson da Silva Barbosa 18 de março de 2021

Lindo carro parabéns

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Eu nunca gostei da marca Toyota. Carros muito caros pelo pouco que oferecem. E o design é nota zero

Avatar
Leo Taurio.oppermann 18 de março de 2021

Eu já tinha quatro colollas, acho o preço muito elevados o afugenta os clientes.
Ijuí a revenda tem grande problema, só para mostrar um carro o vendedor me mostrou o carro e não deu nem uma explicação. Ficou encarregado de me retornar que nunca ocorreu.

Avatar
Antonio Carlos Moreira filho 18 de março de 2021

Fack News, o sub é ótimo em todos os sentidos

Avatar
JOSÉ LUIZ ALMEIDA 18 de março de 2021

Vai vender por conta da fama. Quem gosta de carro vai de concorrentes, principalmente, Jeep Compass com o novo motor turbo e VW TAOS, e suas tecnologias. Agora, eixo de torção na traseira ao invés de multilink e freio de estacionamento por pedal? Isso é ridículo. A concorrência agradece!

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Eu achei esse tal de Corolla Cross um carro terrívelmente feio. Horrível mesmo, sobretudo essa dianteira horrorosa. Eh claro que coisas como um bom desempenho, baixo consumo de combustível, boa estabilidade, bom acabamento e bom nível de conforto são fundamentais, mas pra mim um belo design tbm eh fundamental. E em termos de design esse carro eh nota zero. Eu nunca compraria um carro desses. Aliás de um modo geral eu nunca gostei dos carros da Toyota

Avatar
Gilberto 15 de março de 2021

Mais um carro da Toyota sem estabilidade e segurança. Pelo visto, os engenheiros mais uma vez cumpriram com as metas da diretoria da Toyota.

Avatar
Erica 13 de março de 2021

Excelente matéria. Concernente a comparação direta de outras marcas, a Toyota ainda perde muito no quesito luxo, e esta Mini Suv, ficou bonita, mas devido os pontos fracos e preço não será uma das melhores opções dentre os
Novos lançamentos que estão chegando no mercado brasileiro.

Avatar
Rogério Guimarães 13 de março de 2021

Parabéns pela clareza dos comentários.
Quem acha compass melhor, já teve ou tem um? comprei um limited, me desfiz em 3 meses..só problemas…beberrão, motor velho, cambio hesitante, sem falar nas inumeras falhas elétricas…chegou a desligar sozinho andando…Jeep..só se for Wyllis…kkkk

Avatar
Alexandre Podolsky Beck 13 de março de 2021

Talvez tenha sido azar mesmo. Tenho um 2018 diesel….nunca deu problema nenhum, faz 12,5 na cidade e 19 na estrada…Só troco por outro diesel..

Avatar
Carlos 13 de março de 2021

Caramba. 12,5 na cidade! Você mora em Brasília?

Avatar
Rogerio 14 de março de 2021

Ou eu dei azar ou vc deu sorte…pelo Reclame Aqui, vc deu sorte…rsrs

Avatar
Salete 18 de março de 2021

Boa…gostei…jeep é wyllis, tenho um, modelo overland…te garanto que causa mais do que esses outros.

Avatar
Leila 13 de junho de 2021

Concordo com vc!!! Tenho um Jeep e o mesmo bebe muito. Estou partindo para o Corolla híbrido, meu objetivo e “é fazer minha parte para o meio ambiente”. Estou aguardando o meu chegar.

Avatar
Rom 13 de março de 2021

Parabéns Boris, vc é o CARA do automóvel!!!

Avatar
Adnen Rajab 13 de março de 2021

Grande serviço ao consumidor e aos apaixonados por autos e somos gratos pelas sinceras e isentas opinioes desse profissional que realmente entende de automobilismo com amor e profissionalismo.

Avatar
João 13 de março de 2021

Por esse valor ele merece ter soft touch nas portas inteira e piloto automático adaptativo, regulagem elétrica nos dois bancos da frente, porta malas maior e um estepe igual as rodas normais.

Avatar
EDUARDO 13 de março de 2021

GENTE ! TODAS ESSAS PSEUDO SUV É PURO MARKETING… MOTORZINHO DE 130CV. E SUSPENSÃO QUE NÃO DÁ A MENOR SEGURANÇA EM QUALQUER CURVINHA DE 60KM. QUALQUER SEDAN NA MESMA FAIXA DE PREÇO DÁ DE 10 A 0 NUM SUV EM TUDO. ATÉ EM TAMANHO DE PORTA MALAS… TÁ, AS SUV REBATEM O ENCOSTO DO BANCO TRASEIRO MAS AÍ NÃO TEM ESPAÇO PRÁ PASSAGEIRO…MAS PORQUE FAZ TANTO SUCESSO ? PORQUE 90% DAS MULHERES SE SENTEM MAIS SEGURAS PELO FATO DE TER UMA VISÃO MELHOR ESTANDO UM POUCO MAIS ACIMA DOS OUTROS CARROS. EXEMPLO AQUI EM CASA: TENHO 2 CARROS DA MESMA MARCA, MESMO VALOR. UM SUV E UM SEDAN BAIXINHO… MINHA MULHER QUANDO DIRIGE A “BAIXINHA” COMENTA “ANDA MUITO MAIS E É FIRME” MAS ELA PREFERE A SUV…

Avatar
Roque 12 de março de 2021

A Pior coisa que a Toyota fez foi tirar o GPs do painel, esse negócio de ficar plugando o celular toda vez que entra e sai do carro, é um saco.

Avatar
Maria das Dores Martins de Lira 12 de março de 2021

Tá saindo muito caro

Avatar
Orlando Berto 12 de março de 2021

Pior que pagamos IPVA sobre os tributos IPI, ICMS etc, por 20 anos seguidos, exatamente para o “sócio” que em nada contribui e ainda tem o melhor retorno do capital investido que é zero, mas leva “lucro” muito maior que a montadora que investe milhões. Também vou aguardar outros lançamentos antes de comprar. Já pensou se vira um pesadelo, igual o lançamento do HB20 x Etios, , que precisou baixar mais de 10 mil para desovar?

Avatar
Isaac Jacob Bastos 29 de abril de 2021

E se analisar bem, pagamos o IPVA, calculado erradamente, em cima até dos impostos que já pagamos do carro. Considerando que o valor real de um carro no Brasil, é mais ou menos metade, quando se tiram os impostos, por que pagamos IPVA do valor cheio? Estamos pagando IPVA dos outros impostos…IPI, ICMS E etc, e nao apenas do carro.

Avatar
Fábio Sigaud Furquim 12 de março de 2021

Parabéns por mostrar as qualidades e os defeitos do Corolla Cross ! Outros meios de comunicação tem medo de dizer os defeitos. Imperdoável o abandono da suspensao multlink atrás.

Avatar
marco santos 12 de março de 2021

Acompanho seus comentários a um certo tempo e o considero conhecedor e
experiente sobre carros e o mais importante, independente em relação aos fabricantes e montadoras. Suas colocações sobre o SUV referenciado, devem ser levadas em conta por possíveis compradores. Como gosto de carros e conheço um pouco do assunto. Os pontos por você analisados como negativos são, ao meu ver, extremamente importantes para avaliar que o corolla cross, deixa a desejar em relação ao esperado e aos concorrentes mais diretos, além do preço. Acabamento(plásticos duros), freio de mão no pé (jurássico), estepe de bicicleta ( inseguro e não adequado para nossas estradas) e por fim suspensão traseira de eixo rígido( menos estabilidade) e não precisa fazer o teste do alce com o estepe na roda, que tomba.

Avatar
Marcio Alfredo Rodrigues Guimarães 12 de março de 2021

Excelente analise Boris, como sempre!!

Avatar
Edson Santos 12 de março de 2021

Muito caro pelo que oferece, compramos imposto não um carro.

Quero ver a manutenção de um híbrido,a onde é a oficina.

Brasil é grande….

Avatar
Paulo Sérgio leal da Silva 12 de março de 2021

O brasileiro é enganado por todo o mundo, nós somos otários ou burros mesmo.

Avatar
Paulo Henrique 12 de março de 2021

Em uma comparação simples, Subaru Forester oferece mais é tem preço próximo, é um SUV de verdade, com histórico consolidado, e por sorte pouco visado,ahhh tem poucas autorizadas etc, mesmo assim é melhor.

Avatar
Toshio shiina 12 de março de 2021

Boa noite toda carros quando lançamentos novos tem alguns defeitos de fabricação mas vai de gosto de cada um pra minha m é um bom carro atende minhas espequitativas muito bom.

Avatar
Francisco pereirs 13 de março de 2021

Espectativas, ficaria bem melhor.

Avatar
Dudu hellno 13 de março de 2021

Expectativa então

Avatar
Eusébio 12 de março de 2021

Não sei o que o povo invocou nós últimos tempos com essa mania de SUV, parece que está todo mundo morando na roça pra precisar desse tipo de carro. Continuo gostando dos bons e velhos sedãs, ou mesmo alguns hatchs. Tenho Civic e até compraria um Corolla sedã (gosto um pouquinho mais de Honda), mas não acho nada nesses SUVs que ultimamente gostam tanto…

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Concordo totalmente. Eu tbm nunca gostei de SUVs, não sei o que o povo acha de tão interessante nesses carros. Eu particularmente prefiro carros do tipo Hatch

Avatar
José 12 de março de 2021

Ia tracar a minha Rav4 com essas informações gostaria de sua opinião entre o taus ou compa

Avatar
José Augusto 13 de março de 2021

Testei uma Rav4 no lançamento e acredito ser, sem dúvidas alguma, superior a esse Corolla Cross. Quanto ao Taos, também não empolgados em performance com 1.4 turbo mas trará muita tecnologia de segurança. E finalmente o Compass deverá empolgar com seu motor 1.3 turbo de até 186 cavalos e novo design interno.

Avatar
Jos Zor 12 de março de 2021

Boas informações, vou procurar outro

Avatar
PCD 12 de março de 2021

“mequetrefe eixo de torção que equipa qualquer Golzinho da vida”, comentário desnecessário.

Avatar
Valdete Rosa de Souza 12 de março de 2021

Tenho um ASW4 2016, pensei em trocar, más, está difícil encontrar algo melhor

Avatar
Victor Hugo P.C. 12 de março de 2021

Desnecessário foi o seu.
Mequetrefe mesmo. Cirúrgico.
Eu já não compraria só por esse item.
Aliás o Brasil tá precisando urgente de adotar teste do alce nos nossos caríssimos veículos.

Avatar
Batista 12 de março de 2021

Mais um sonho perdido. Com essa tela/display sobre o painel, ridículo, horrível. Parece que estou vendo um antigo rádio à pilha colado. A grade frontal também é exageradamente grande.

Avatar
ADALBERTO HIDEMITI ABE 12 de março de 2021

Acho que o Compass 1.3T vai continuar dando as cartas!

Avatar
Dieggo Yamada 12 de março de 2021

Frente de ASX e Traseira de KIKCS… ficou fraquinho…

Avatar
Márcio araujo 12 de março de 2021

Estamos falando de carro tipo taos,Compass 1,3 turbo,Corolla Cross se vem com essas ratoeiras fala sério.

Avatar
Leandro 12 de março de 2021

Tenho um TIGGO 7 T (que é o basico) e ganha em tudo deste carro.

Avatar
Ivanir Casagranda 12 de março de 2021

Seria interessante rever o texto antes de postar e assim não perder credibilidade.

Avatar
Humberto Marinho Marinho de Almeida 12 de março de 2021

Vai vender como água no país dos manés! Se colocar o símbolo da Toyota numa carroça, tem besta fazendo fila pra comprar! Melhor que empresa de petróleo é vender carro no Brasil. Paga 2, leve uma coisa parecida com SUV.

Avatar
HELDER PINHEIRO BITTENCOURT 12 de março de 2021

Estou triste. Sempre me sinto triste ao aguardar algo que não brilha mais os meus olhos, quando eu observo um BRINQUEDO DE ADULTO com mais afinco. Em pleno século XXI, pagar uma pequena fortuna num carro, e ele te oferecer tecnologia ultrapassada, é o fim da picada. Sempre sonhei em possuir um TOYOTA. Mas esse carro, com esse painel, sem chance. Veja por exemplo o FREIO DE MÃO que não é de mão. Parece CAMINHONETES AMERICANAS da década de 80. Excesso de PLÁSTICO DURO e baratos…EIXO traseiro igual aos de CARRO POPULAR por preço de MULTILINK? Sem chance…AR CONDICIONADO sem DUAL ZONE? Minha mulher vai me xingar. Mostrem o TESTE DO ALCE. Fiquei triste e com raiva ao saber de que a TOYOTA iria consertar somente os carros EUROPEUS e não na AMÉRICA DO SUL(teste do ALCE). Me sentir um TERCEIRO MUNDISTA explorado. Espero de que esse TOYOTA tenha pelo menos SENSOR de RE…não apenas CÂMERA DE RE.O mundo está muito complicado, acho que vou AGARDAR o novo HONDA HRV ano que vem. Tecnologia do século XXI e não das CAMINHONETES AMERICANAS da década de 80 do século passado. Isso é apenas minha opinião.

Avatar
Odolir favreto 12 de março de 2021

O marrea vai ser relancado.
Quem sabe lá o teu sonho vai ser tealuzado.

Avatar
LUIZ CARLOS AMORIM 12 de março de 2021

pagar 180 mil em um carro que o freio de mão é um pedal !! parece ser brincadeira neh.

Avatar
LUIZ GUILHERME BARROS SANTOS 13 de março de 2021

O nome técnico é “freio de estacionamento” ( e pode ser acionado de diversas maneiras). Tem as antigas alvancas em “T”, ( carros americanos dos anos 50) que ficam localizadas sob o painél, que voce simplesmente puxa e a alvanca aciona os freios trazeiros . Para soltar “gire o “T” pra direita e libere a catraca. Tem também as “alvancas de puxar” ( iguais a do fusquinha) que equipa a maioria dos modelos fabricados hoje em dia. O tipo mais comum utilzado em veículos americanos , tipo SUV, é através de um pedal acionado pelo pé esquerdo ( que apesar deser acionado com o pé, ainda chamamos errôneamente de “freio de mão”….e , pra terminar, ainda tem os modelos mais atuais que utilizam um botao, que acionam os freios trazeiros para imobilizar o veículo, Esse é sem dúvida um dos mais práticos , disponíveis hoje em dia ! ( mas que infelizmente não funcionam muito bem no caso de bateria fraca ou sem carga. ); Ha quem defenda este ou aquele outro modelo.

Avatar
JOSE PEREIRA DE LIMA FILHO 12 de março de 2021

Barra de torção e pedal de freio de estacionamento? Incrível!!

Avatar
Andre Luiz Fernandez de Moraes 12 de março de 2021

A meu ver,a Toyota cometeu outro erro! O de não ter mantido o entre-eixos de 2,70m do Corolla atual…😢

Avatar
EGON HIRSCH FILHO 12 de março de 2021

A plataforma utilizada na vdd foi a do corilla hatch, não vendido no Brasil, por isso o menor entre eixo de 2,64 contra 2,70 do Sedan

Avatar
Ricardo 12 de março de 2021

O parágrafo após “Cinco motivos para comprar o Corolla Cross” está errado…

Avatar
Francisco Feitosa da Silva Silva 12 de março de 2021

Carro caro não tem banco de couro loucura 140 em que no símbolo depreciação rápida prefiro meu Creta Monteiro o carro está por menos 90 estou montado única coisa faltou foi motor apenas 1.6 a carroceria é pesada fui pra tirar etios eles não deram a mínima pra mim fiquem com suas carroças caras que não serve pra ser uma deligencia

Avatar
Luiz 12 de março de 2021

Sim, só que teu Creta em um ano vale a metade de um novo, já um Toyota chega até valorizar.😂😂😂

Avatar
Jadiel 12 de março de 2021

Kkk. Curioso isso. Muita gente fala que Toyota não desvaloriza,mas esquecem q pagaram o dobro pra ter um Toyota. O cara comprou o Creta por 50 mil a menos e esse valor e economizado não conta …?

Avatar
edmundo nascimento 12 de março de 2021

muita decepcao + muito preco = NAO comprar !

Avatar
Eleomar Mognato Vulpi 12 de março de 2021

outro motivo para não comprar: É feio demais!

Avatar
Paulo henrique guedes 12 de março de 2021

Melhor comprar uma sw4 usada que essa coisa horrível não tem nem comparação.

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Eu nunca gostei da marca Toyota. Carros muito caros pelo pouco que oferecem. E o design é nota zero

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Pagar 140 mil numa coisa triste dessas é ser otário

Avatar
carlos eduardo stefanini 12 de março de 2021

O teste de esquiva, conhecido como teste do alce, deveria ser obrigatório para SUVs ou Cross-overs no Brasil, já que são veículos com centro de gravidade mais alto. Não me surpreenderia se grande parte desses veículos vendidos no Brasil, fossem reprovados.

Avatar
eduardo vicente 12 de março de 2021

como vc quer teste do alce em uma marca que o seu utilitário é chamado de ” TOMBALUX”

Avatar
Victor Hugo P.C. 12 de março de 2021

Kkk aqui em Goiás o que mais se vê na beira da estrada é tombalux de 4 no pasto

Avatar
João Mendes Pereira 12 de março de 2021

tambem estava esperando tenho corolla há dez anos, não vou sair do sedan não, já fui cobaia de uma amarok 2012…

Avatar
EDUARDO CAVALLARI DE OLIVEIRA 12 de março de 2021

5 pontos pra não comprar é pouco. Além do que foi apresentado é inaceitável e ridículo num lançamento desses o modelo de entrada na bagatela de R$140 mil com bancos em tecido e SEM PILOTO AUTOMÁTICO!! Não merece respeito do nome Toyota!!

Avatar
eduardo vicente 12 de março de 2021

brasileiro é uma merda mesmo

Avatar
Edgard 12 de março de 2021

Esperava mais deste SUV, R$140.000 no modelo de entrada, com freio de estacionamento no pedal(retrocesso inexplicável,já que vários SUVS utilizam o eletrônico) vários acabamentos em plástico rígido. Uma decepção depois de meses de espera pelo seu lançamento.

Avatar
Daniel Fagundes 12 de março de 2021

Acho mesmo que a Toyota está navegando no gosto do brasileiro pela marca. Tirando a excluisividade de carro recém lançado quem colocar no papel o comparativo com o novo Compass a ser lançado não comprará o Corolla Cross. Ou seja o Compass vai continuar líder em sua categoria.

Avatar
ARI LUIS DA COSTA 12 de março de 2021

Verdade, decepção com este carro. Vou aguardar o Compass com motor turbo. Próximo mês será o lançament

Avatar
Edmar 12 de março de 2021

Tanque de combustível muito pequeno

Avatar
Leitor 12 de março de 2021

O consumidor tem muitos motivos pra ñ comprar nenhum carro kkk
É combustível caro, IPVA caro, seguro caro, manutenção cara, financiamento caro, depreciação do carro, estacionamento caro, trânsito estressante, multas, licenciamento, seguro obrigatório, pedágio, assaltos etc… Ufa! Acho que é bem
melhor andar de Uber kkk

Avatar
Marcelo 12 de março de 2021

É, infelizmente você disse tudo. Está cada vez mais inviável comprar e manter um carro (principalmente um novo). Não acho o preço de NENHUM carro novo vendido aqui no Brasil justo.

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Eu achei esse tal de Corolla Cross um carro terrívelmente feio. Horrível mesmo, sobretudo essa dianteira horrorosa. Eh claro que coisas como um bom desempenho, baixo consumo de combustível, boa estabilidade, bom acabamento e bom nível de conforto são fundamentais, mas pra mim um belo design tbm eh fundamental. E em termos de design esse carro eh nota zero. Eu nunca compraria um carro desses. Aliás de um modo geral eu nunca gostei dos carros da Toyota

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 18 de março de 2021

Concordo totalmente. Manter um carro aqui no Brasil, com toda roubalheira e exploração que existe por aqui eh realmente um péssimo negócio.

Avatar
MARCIO GIMENEZ 12 de março de 2021

Se é fabricado em Sorocaba, porquê tão caro. Talvez devido ao ICMS e IPI, que juntos superam + de 60% do valor.

Avatar
Esfolado 12 de março de 2021

O equipamento mais caro de qualquer carro é a carga de trributos

Avatar
Orlando Berto 12 de março de 2021

Pior que pagamos IPVA sobre os tributos IPI, ICMS etc, por 20 anos, exatamente para o “sócio” que em nada contribui e ainda tem o melhor retorno do capital investido: zero e leva “lucro” muito maior que a montadora. Também vou aguardar outros lançamentos antes de comprar. Já pensou se vira um pesadelo, igual o lançamento do Etios x HB20 que precisou baixar mais de 10 mil para desovar?

Avatar
Francisco Feitosa da Silva Silva 12 de março de 2021

Imagino se fosse fabricado na Argentina quanto iria ficar o carreto

Avatar
Samarone 12 de março de 2021

O Suv perde em tudo ao comparar com o Sedan, como todos os Suvs derivados, mas com certeza vai vender muito porque a maioria compra com emoção e não razão.

Avatar
FCF 12 de março de 2021

Motor hibrido com um total de 123 CV ?

Avatar
bruno alves vasconcelos 12 de março de 2021

Fiat Toro tem MULTILINK atrás o que confere excelente estabilidade. Eu já pilotei em estrada sinuosa e o Toro gruda feito um carro “esportivo” mesmo sendo altíssimo! Já esse Corolla Cross corre risco ENORME de tombar ou rodopiar (feito hylux) por ser eixo rígido atrás nas pessimas rodovias q temos em geral… Façam o “teste do Alce” antes de comprar esse carro no test drive ou pelo menos peguem uma estrada e sintam se o carro é bom. pois um jornalista disse q sentiu muita insegurança em curvas com esse Corolla Cross. Sérissimo erro de projeto em SUV é eixo rígido.

Avatar
WR 12 de março de 2021

Prefiro minha Brasília, primeiro SUV raiz.

Avatar
Victor Hugo P.C. 12 de março de 2021

Aí sim. E não atola na lama nem sofre calço hidráulico na inundação mesmo sem snorkel

Avatar
José Antônio 3 de julho de 2021

Não é ser a marca mais vendida no planeta
Não é à toa que a suspensão traseira e eixo torção nem parece que são engenheiros
Foi exatamente com a fiielder na época vários defeitos e foi um carro de tanto sucesso que infelizmente seu único erro foi sair do mercado.
Grave, ultrajante comparar um fiateep ( compass) com um Corolla Cross
Com certeza será meu próximo carro
Tive 3 corolas
3 fielders
Hilux smw4
Todos incomparáveis em seu respectivo segmento
Parabéns Toyota por isso que sempre será a Toyota

Avatar
José 3 de julho de 2021

Meu Deus comparar um Toyota com um fiateep

Avatar
Deixe um comentário