Escapamento esportivo da multa? Depende! Veja como regularizá-lo

Trocar o escapamento convencional de um veículo por um esportivo é uma prática comum, no entanto, em alguns casos, pode render multa ao proprietário

escapamento esportivo duplo de carro visto de perto
O escapamento esportivo pode oferecer mais desempenho para o seu carro (Foto: Reprodução)
Por Bernardo Castro
Publicado em 17/09/2022 às 11h33

Existem inúmeras modificações que os proprietários fazem em seus carros ou motos para que eles fiquem ainda mais a seu gosto, como rebaixar, usar adesivos, trocar as rodas, instalar aerofólio e até trocar o escapamento padrão por um modelo esportivo.

Esse último item, inclusive, é polêmico. Além da finalidade estética, a troca deste componente pode acontecer por causa de algum defeito no original, ganho de desempenho ou até porque o proprietário quer um som mais ‘imponente’ saindo do seu possante.

Mas essa substituição é mesmo benéfica para o veículo? E o que a lei diz sobre o seu uso?

VEJA TAMBÉM:

Finalidade do escapamento esportivo

Assim como o escapamento convencional, a função do esportivo é reduzir os ruídos emitidos (apesar de nessa configuração ele ainda ser um pouco mais alto), e e filtrar os gases poluentes emitidos pelo propulsor do carro.

Quando é de boa qualidade e está em bom estado ele contribui para a conservação do motor e melhora o seu desempenho evitando gastos exagerados de combustível, que podem ser um grande problema a longo prazo.

A principal diferença as duas opções disponíveis no mercado está no coletor de escape, que é maior e mais eficiente no escapamento esportivo. Isso faz com que a coleta de gases seja maior, resultando em um ganho de potência.

O abafador também pode aumentar a potência do automóvel quando está em funcionamento. Todas essas alterações se refletem no ronco do motor, que fica com um ruído mais impotente e robusto.

É permitido por lei?

Apesar de também estar presente nos carros, essa adaptação é vista com mais frequência nas motos e não é raro encontrar relatos de motociclistas que já foram multados pelo seu uso. Mas afinal, ele realmente é ilegal? E a resposta é… depende!

O fato de emitir um som mais forte, faz com que as autoridades percebam facilmente que o escape do veículo foi modificado. No entanto, ser multado única e exclusivamente por essa mudança é considerado multa indevida. Afinal, existem algumas situações em que ela é permitida.

A troca está permitida na Resolução CONAMA nº 252/1999, no Art. 5, inciso 1, que diz:

§ 1º Os sistemas de escapamento, ou parte destes, poderão ser substituídos por sistemas similares, desde que os novos, os níveis de ruído não ultrapassem os níveis originalmente obtidos e declarados pelo fabricante do veículo, conforme Resoluções CONAMA nos 1, 2, e 8, de 1993”.

Para que a infração seja aplicada de maneira legal, o componente precisa ter sido instalado de maneira irregular (seja por falta de qualidade da peça ou competência de quem a instalou, ou por ela emitir um som mais alto do que a original de fábrica). Geralmente esse limite que não pode ser ultrapassado é de 80 decibéis.

No entanto, o simples fato de o ruído estar ultrapassando o limite de dB, não significa, necessariamente que o agente de trânsito pode aplicar uma multa.

Vamos descrever uma situação hipotética em que um condutor trocou o escapamento de sua moto e o barulho expelido pelo escapamento esportivo está extremamente alto, que realmente chega a incomodar seus ouvidos.

Nesse caso, pode até ser que o ruído tenha ultrapassado os 80 dB estabelecidos pela lei, mas o agente não pode fazer essa aferição apenas com o ouvido. Para que a multa seja aplicada, a autoridade deve utilizar um aparelho chamado decibelímetro, que mede os decibéis de ruído.

Além disso, existem outros tipos de multas que podem ser causados por causa do escapamento.

O Art.98 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que “nenhum proprietário ou responsável poderá, sem prévia autorização da autoridade competente, fazer ou ordenar que sejam feitas no veículo modificações de suas características de fábrica”.

O artigo ainda diz que caso o veículo sofra alguma alteração em relação à sua característica original ele deverá “atender aos mesmos limites e exigências de emissão de poluentes e ruído previstos pelos órgãos ambientais competentes e pelo CONTRAN”.

Complementando, o Art. 230 diz:

Art. 230. Conduzir o veículo:

VII – com a cor ou característica alterada;

X – com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo Contran;

XI – com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante;

É Infração grave, com penalidade de multa e medida administrativa de retenção do veículo para regularização.

Multa por escape barulhento

Caso o escapamento, seja ele esportivo ou original, não reduza os ruídos nem filtre os gases poluentes originados do motor, o motorista estará sujeito a uma multa de natureza grave, no valor de R$ 195,23, cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Além disso, o veículo será retido até que o dono faça a regularização da peça.

Como regularizar o escapamento esportivo

Para evitar qualquer tipo de dor de cabeça, também é importante regularizar o componente que você quer instalar no seu veículo e, para isso, você precisa seguir quatro passos.

  1. Ir até o Detran do seu estado e solicitar uma autorização para alteração do veículo;
  2. Leve o carro ou a moto ao seu mecânico de confiança e substitua o escapamento atual por um de sua escolha. Lembre-se de pedir a nota fiscal do serviço e do produto, se possível;
  3. Faça uma inspeção do veículo em uma empresa credenciada e receba o Certificado de Segurança Veicular – CSV. Em alguns casos também é preciso fazer uma vistoria no veículo;
  4. Com os comprovantes em mãos, volte ao Detran portando também seus documentos pessoais e do veículo e regularize a alteração;
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
mario 10 de março de 2024

escapamento go competitio com selo do inmetro posso andar sem tomar multa?

Avatar
Glasjunior 8 de junho de 2023

Polícia militar de trânsito tem direito de ligar minha moto com escapamento esportivo e acelerar pra ouvir o barulho do escapamento, fui multado, o policial ligou minha moto pois a chave tava na ignição e acelerou a moto pra escutar o barulho do escapamento pois o mesmo não emite muito barulho somente quando acelera muito e fui multado por escapamento defeituoso ou inoperante

Avatar
Fabricio M.S. 10 de setembro de 2023

Se nao arrumar, vai reincidir e a multa aumenta.
Arruma o escape e poe uma melancia no pescoco q tu tb vai chamar atencao !

Avatar
Rogerio Belchior da Silva 29 de setembro de 2022

Se não é proibido pq eles multa
Levei uma por causa do meu escapamento esportivo
Não tinha o aparelho de medir o som
Pra não leva mais tive que tirar ?

Avatar
Jose 27 de janeiro de 2023

Vc passou por vistoria no Detran para eles autorizarem a troca, se não, vc está irregular.

Avatar
Luis Felipe 10 de setembro de 2023

Vai acreditando q soh vai ser multado com decibelimetro ! Vai levar multa se incomodar os demais usuarios da via.

Avatar
Deixe um comentário