Ford amplia a gama da Ranger com nova versão FX4

A Ford Ranger FX4 é mais uma versão aventureira da picape média no Brasil, para aqueles consumidores que consideram a Storm simples demais

ford ranger fx4 2023 branca dianteira
A proposta é ser aventureira, mas com um estilo discreto (Foto: Ford | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
08 de março de 2022 10:03
  • Nova Ford Ranger FX4 traz proposta fora de estrada, porém trazendo mais tecnologia e conforto;
  • O modelo é baseado na versão XLT e traz o mesmo preço de R$ 288.990;
  • A linha 2023 da Ranger também inclui a injeção do Arla 32.

O mercado de picapes médias no Brasil é bastante diversificado: existem desde modelos simples destinados a frotas até modelos topo de linha com acabamento mais luxuoso. A Ford está tentando abranger o maior público possível com a Ranger e para isso está introduzindo um novo modelo: a FX4.

VEJA TAMBÉM:

Essa versão traz uma sigla já muito usada pela marca nos EUA, onde identifica um pacote de opcionais voltado para o fora de estrada. Essa proposta aventureira pode ser confundida com a da atual Ranger Storm, mas a FX4 irá existir em conjunto com essa versão lançada em 2020.

O preço é de R$ 288.990, já com a redução de IPI inclusa. O preço é o mesmo da Ranger XLT. O único opcional é o conjunto de rodas e pneus fora de estrada da Storm, que sobe o preço para R$ 290.990.

Uma Ford Ranger aventureira, porém discreta

A Ranger FX4 é baseada no modelo XLT, trazendo mais tecnologia na cabine que a Storm, que é derivada do modelo XLS. Segundo a Ford, a essa nova versão da picape quer atrair um público mais aventureiro que não abre mão do conforto e da tecnologia.

Por isso, a decoração da nova Ranger FX4 é mais discreta que a da Storm. A grade dianteira possui um desenho exclusivo e veio da Ranger vendida nos EUA, o santoantônio e as rodas de 18 polegadas também são exclusivos. A decoração externa é completada pelo adesivo indicando a versão nas portas.

Essas rodas de 18 polegadas são calçadas com pneus Pirelli Scorpion ATR, classificado para uso 50% fora de estrada. A Ford também oferece o conjunto de rodas aro 17 calçada com pneus Pirelli Scorpion AT+ da Ranger Storm, mais voltados para o off-road, por um valor adicional de R$ 2.000.

A Ranger FX4 também traz molduras plásticas nos para-lamas e estribo para completar o pacote funcional. O visual é completado por detalhes em preto brilhante, como a grade, os retrovisores, maçanetas e para-choque traseiro. Não existem cromados no exterior da picape.

Conforto em todos os terrenos

A Ford Ranger atual irá completar 10 anos de Brasil no segundo semestre do ano, porém ela se manteve atual por dentro. O pacote de equipamentos vindo da XLT fica abaixo apenas da topo de linha Limited.

A FX4 traz de série bancos em couro com regulagem elétrica para o motorista, ar condicionado automático com duas zonas, retrovisor fotocrômico, sensor de chuva, rebatimento elétrico dos retrovisores, central multimídia SYNC 3 e painel de instrumentos com tela digital configurável.

Junto da Ranger FX4 foi feita a estreia de dois novos acessórios: um snorkel funcional com desenho que acompanha as formas da picape; e caixas organizadoras fechadas com chave instaladas nas laterais da caçamba.

Força bruta com menos emissões

ford ranger fx4 2023 branca detalhe snorkel
O snorkel é acessório e estará disponível para o resto da linha

O modelo FX4 estreia junto da linha 2023 da Ford Ranger, que traz como novidade o sistema de injeção do Arla 32 para o controle de emissões de poluentes. Esse sistema já era utilizado nos motores 2.2 e 3.2 na Europa.

Potência e torque não foram alterados, o motor 3.2 Duratorq de cinco cilindros que equipa a Ranger FX2 produz 200 cv 47,9 kgfm. O tanque do Arla 32 possui 20 litros de capacidade, o que rende uma autonomia entre 10 mil e 14 mil km.

Segundo a Ford, a autonomia do sistema foi pensada de modo que o reabastecimento pudesse ser feito nas revisões. O Arla 32 pode ser encontrado em postos de combustível e também nos concessionários da marca.

O sétimo modelo da Ranger

A gama da Ford Ranger no Brasil conta hoje com as versões XL (com cabine simples ou dupla), XLS, Black, Storm, XLT e Limited. A nova FX4 ficará ao lado da XLT em preço. Isso faz dela a picape com a gama mais diversa do mercado.

Durante o ano de 2021 a Ranger foi a terceira picape média mais vendida do Brasil, pegando a segunda colocação da Chevrolet S10 em alguns meses. Com esse incremento na oferta de modelos a picape Ford conseguirá derrubar a rival?

Não tente burlar o sistema de injeção de Arla 32, o Boris explica o motivo:

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário