Ford Territory 2021 chega reestilizado no mercado chinês

Lançamento do SUV no Brasil está previsto para o segundo semestre; com ele Ford preencherá lacuna entre o EcoSport e o Edge

Por AutoPapo 27/05/20 às 09h30

O Ford Territory ainda nem foi lançado no Brasil, mas já chegou reestilizado à linha 2021 na China. Apesar de ainda ser relativamente novo naquele mercado, com cerca de dois anos de vendas cheias, o SUV ganhou uma grande frontal com elementos horizontalizados, além de faróis com máscara negra e nova disposição de LEDs. As lanternas traseiras também passaram por mudanças no esquema de iluminação.

No interior, o SUV traz mudanças ainda mais discretas. Há apenas novos revestimentos, entre os quais material que imita madeira no painel. No que diz respeito aos equipamentos, há uma novidade importante: sistema de frenagem autônoma de emergência. No mais, apenas a central multimídia passou por uma atualização. Após o banho de loja da gama 2021, o modelo passou a se chamar Ford Territory S.

Sob o capô não há mudança alguma. O Ford Territory 2021 permanece com um motor 1.5 de quatro cilindros turboalimentado, capaz de render 140 cv de potência e 22,9 kgfm de torque.

Os números, baixos em comparação a outros propulsores de aspiração forçada com cilindrada semelhante, devem-se ao funcionamento com ciclo Miller, e não Otto, como é convencional. No mercado chinês, também há uma versão híbrida-leve com bateria de 48 V.

Ford Territory chegará ao Brasil já na linha 2021?

Por enquanto, não há informações se as unidades importadas para cá terão as atualizações ou manterão o visual antigo. Aguardado desde o ano passado por aqui, o SUV atrasou e teve o lançamento marcado para o segundo semestre de 2020.

Até o momento, a Ford mantém essa previsão, mas não há garantia de que novos adiamentos estejam descartados. Afinal, a alta do dólar e a crise provocada pela pandemia são sérios empecilhos para a indústria automotiva.

O Territory 2021 preencherá uma lacuna na linha Ford. Posicionado entre o EcoSport e o Edge, o SUV vai competir com Jeep Compass e Chevrolet Equinox. Inicialmente, será importado da China, mas o fabricante tem planos de montá-lo na Argentina.

Fotos Ford | Divulgação

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Keicejhones 23 de julho de 2020

    Péssimo.. anuncia o valor é não fornece o valor..

Avatar
Deixe um comentário