Fracassos da Ford: conheça 5 carros que ajudaram a afundar a marca

Trajetória da empresa no Brasil, que culminou no fechamento das fábricas, inclui produtos rejeitados pelo mercado

Por Alexandre Carneiro 21/02/21 às 08h30
ford maverick gt V8
Maverick foi o primeiro fracasso da Ford no Brasil (foto: Ford | Divulgação)

A história da Ford no Brasil, marcada recentemente pelo fechamento das fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP), tem carros memoráveis e outros nem tanto… Alguns dos veículos que a empresa lançou no Brasil foram sumariamente rejeitados pelo mercado. A maioria deles até tinha qualidades, mas o caso é que elas não atraíram consumidores.

VEJA TAMBÉM:

5 carros fracassados da Ford

O AutoPapo relembra 5 carros da Ford que foram verdadeiros fracassos no mercado. Talvez o destino da multinacional por aqui fosse diferente se eles tivessem obtido mais sucesso, não é? Confira o listão!

1. Ford Maverick

ford maverick gt v8 de frente fazendo curva
Hoje cobiçado, Ford Maverick sofreu rejeição quando novo

A história do Maverick se desenrola em uma reviravolta: depois que o Ford entrou para o rol de carros antigos,  ele passou a ser muito valorizado pelos entusiastas, principalmente se for equipado com o potente motor 302 V8. Porém, quando novo, o modelo vendeu mal. Não por acaso, permaneceu em produção por menos de seis anos, entre 1973 e 1979.

A rejeição ao modelo é geralmente atribuída a dois fatores: o primeiro é a ineficiência do motor de seis cilindros que equipava a maioria das unidades. “Herdado” da Willys Overland, o propulsor estava obsoleto já nos anos 70 e logo ganhou a fama de beber como o V8, mas com o desempenho de um quatro cilindros. Isso, em plena ascensão da crise do petróleo!

Quer saber mais sobre a história do Maverick? Boris Feldman explica em vídeo!

O outro problema era o pouco espaço traseiro da versão cupê: nesse ponto, vale lembrar que, naquela época, o consumidor brasileiro era avesso a carros de quatro portas, preferindo massivamente os de apenas duas. A Ford chegou a lançar um então moderno motor 2.3 de quatro cilindros e uma configuração sedã, com mais espaço traseiro. Mas nada disso conseguiu salvar o Maverick.

2. Versailles e Royale

Lembra-se da Auto Latina, joint-venture formada por Ford e Volkswagen entre 1987 e 1996? Então, um dos filhos malsucedidos dessa união foi o Versailles, bem como sua versão perua, a Royale. Na verdade, esses modelos eram clones do Santana e da Quantum, com pequenas diferenças no design e no acabamento. Só que duraram bem menos, de 1991 a 1996.

Do ponto de vista técnico, não havia problema algum com o Versailles. Afinal, ele repetia as características do Santana: tinha boa dirigibilidade e mecânica robusta. O acabamento era até mais caprichado que o do “irmão gêmeo”. Mas o caso é que modelo vendeu só uma fração do similar da Volkswagen, pois os consumidores Ford não se identificaram com ele.

Isso é bastante compreensível, uma vez que, na verdade, o sedã e a perua da Ford eram simplesmente carros da Volkswagen travestidos. Também pesou o histórico do Santana, já consolidado no mercado quando o Versailles chegou. A Royale ainda pecou ao ser lançada com duas portas, para tentar se diferenciar da Quantum, justo quando o mercado passou a preferir veículos de quatro portas.

3. Escort Sedan

ford escort sedan azul de frente
Sedan foi o membro mais apagado da família Escort

Não, o carro da foto não é um Verona: é um Escort Sedan. Ele chegou ao mercado em 1997, para substituir o… Verona, que, no fim das contas, era praticamente o mesmo sedã baseado no Escort, só que com outro nome. O fato de o modelo ter caído no esquecimento é só mais um indício do quão apagada foi a passagem dele pelo país.

Na verdade, o insucesso do Escort Sedan é, ao menos em parte, herança do próprio antecessor. O Verona foi lançado em 1989 e até alcançou um relativo sucesso. Mas logo sofreu com uma mancada da Ford: ao trazer a nova geração ao país, o fabricante interrompeu a produção do modelo por cerca de um ano, entre 1992 e 1993.

Esse hiato causou desconforto nos proprietários (na prática, o Verona saiu de linha e, logo depois, voltou) e impediu que o produto se consolidasse no mercado, bem no momento em que houve a abertura às importações. Para 1997, a Ford reestilizou os carros da gama Escort e os equipou com motores Zetec: o hatch e a então inédita perua fizeram sucesso e duraram até 2003. Já o Sedan micou e não passou do ano 2000.

4. Ford Courier

ford courier picape prata de frente
Courier tinha qualidades, mas foi mera coadjuvante no mercado

Primeiramente, este jornalista deixa bem claro que gosta bastante da Courier. A picapinha da Ford consegue conciliar boa capacidade de carga com grande prazer ao dirigir. Méritos da caçamba grande, da suspensão bem-calibrada, do câmbio de engates precisos e dos motores espertos, em especial o Zetec Rocam 1.6.

Mas o caso é que, apesar das qualidades, a Courier sempre foi coadjuvante na categoria de picapes compactas. E olha que, com a antecessora Pampa, a Ford disputava a liderança desse segmento. É até difícil entender o que houve de errado: mesmo com um bom produto, o fabricante perdeu uma grande fatia do mercado.

Ao contrário da Pampa, a Courier nunca conseguiu rivalizar, em volume de vendas, com a Volkswagen Saveiro. A situação ficou ainda mais difícil em 1998, quando a Fiat lançou a Strada: verdadeiro fenômeno, o modelo logo virou líder do segmento, posto que ocupa até hoje. A Courier permaneceu em produção de 1997 a 2013, mas sempre com participação pequena no mercado.

5. Ford Focus Sedan / Fastback

ford focus fastback titanium plus
Focus Sedan teve três gerações, mas nenhuma delas emplacou

Eis outro dos carros da Ford que tinha muitas qualidades técnicas mas nem por isso emplacou no Brasil. O Focus hatch pode até não ter sido um campeão de vendas, mas conseguiu se estabelecer no mercado e cativar um público fiel: chegou até a liderar o segmento em 2012 e entre 2014 e 2016. Por sua vez, o Sedan jamais incomodou a concorrência.

E olha que o Focus Sedan dispunha de todas as qualidades do Hatch, com destaque para a suspensão traseira independente do tipo multibraço, sofisticação digna de segmentos superiores. A linha também exibia bom acabamento e motores potentes, em especial o 2.0 da família Duratec.

Em 2015, a Ford chegou até a mudar o nome do modelo: passou a chamá-lo de Fastback. Não adiantou. Vale lembrar que a última geração ficou manchada pelas falhas do câmbio automatizado Powershift: o Sedan, que já tinha vendas pífias, passou a sofrer rejeição ainda maior. No Brasil, a Ford vendeu o Focus de 2000 a 2019.

Bônus: Troller Pantanal

troller pantanal
Trincas no chassi condenaram a picape da Troller

Tudo bem, a Pantanal não foi obra da Ford: o lançamento data de 2006, quando a Troller ainda era independente. Quando a empresa estadunidense adquiriu a fábrica cearense, no início de 2007, a picape nem estava mais em produção. Contudo, foi nas mãos da multinacional que a “bomba estourou”.

Durante uma bateria de testes no Campo de Provas de Tatuí (SP), a equipe de engenharia da Ford constatou o surgimento de trincas no chassi do modelo. Como a falha era estrutural, poderia não só comprometer a durabilidade da picape, mas até gerar risco de acidente. E o pior: não era viável solucioná-la com um recall.

Diante disso, a solução encontrada pela multinacional foi recomprar a Pantanal, até porque a produção limitou-se a apenas 77 unidades. Em 2008, a empresa contatou os proprietários e efetuou a ação: alguns, que não quiseram vender seus carros, assinaram um termo isentando a Ford da responsabilidade pelo problema.

Fotos: Divulgação

178 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
CHICOFERREIRARETT 18 de abril de 2021

só baboseira e papo de ignorante dos valores da vida

Avatar
Alberto engenheiro 16 de março de 2021

Muitos comentarios sem sentido aqui, baseados na reportagem escrita por um mero curioso. A marca não afundou de forma alguma, teve lucro Record nos EUA, é líder em vendas de caminhonetes há 60 anos seguidos por lá. Simplesmente está readequando seu parque industrial e apostando pesado em elétricos e suvs. Já trabalhei em 3 montadoras no exterior , hoje tenho consultoria de mercado em autopeças e posso dizer : são todas iguais, trocam tecnologias entre si e detém porcentagem acionária entre si. Parou até com sedãs, pois concluiu que não compensa fabricar uma unidade , pois a margem é mínima. Será uma das últimas a desaparecer. Vai manter somente concessionárias aqui é vai vender muito. Acreditem, não tem bobinho nesse negócio.

Avatar
Eliane Gomes de Brito 16 de março de 2021

Tenho ka 2007.a pergunta é de qse tds.como ficam .manutencoes dos veículos ford.alem fechar a fabrica.esse ano difícil pandemia.e lojas peças.tera Como manter carros Brasil.e manutencoes?

Avatar
ANTONIO 16 de março de 2021

Não sou especialista , mas lendo a matéria e alguns comentários, acabei juntando tudo a história do filme Ford x Ferrari… Pelo jeito a Ford erra faz muito tempo. E passou toda sua história buscando parcerias pra se salvar, escorando na concorrência. ( Shelby … Volkswagen )

Avatar
Arnaldo Michels Meurer 15 de março de 2021

Eu tenho um Ford Verona ano 1990 o motor AP da Volkswagen e já está comigo há 16 anos

Avatar
Wagner 15 de março de 2021

No Brasil e em diversos países do mundo!

Avatar
Juarez 14 de março de 2021

A linha Ranger merece todos os elogios e certamente será mantida para venda por muito tempo ainda.

Avatar
Levi 13 de março de 2021

A Ford nunca se preocupou com o consumidor brasileiro. Os carros eram bons, porém a grande maioria no Brasil não tinha acesso pois eram caros e perdiam no preço para a concorrência. Foi pensando nos pobres que a Fiat cresceu lançando o Uno e a Volkswagen concorrendo com o Gol. A Ford sempre fazia questão de manter o Fiesta como mais caro de todos e se deu mal até nos populares.

Avatar
Guilherme Doneux 1 de março de 2021

O erro da Ford foi manter carros “Renault” antigos com roupagem ford, enquanto o mercado lançava produtos genuínos. Del Rey, Belina e por aí vai. Demoraram para lançar o Fiesta. Até uma criança via isso nas revistas especializadas.

Avatar
CroataBorguetti 27 de fevereiro de 2021

Tenho um Ford Taurus GL 95 branco, carro fantástico, avançado para os padrões da época, e até os dias atuais. Carro confortável, luxuoso, muito melhor do que os “plásticos” da atualidade!!!

Avatar
Bill Miguel 26 de fevereiro de 2021

Esta merda de marca tem mais é que acabar mesmo!

Avatar
Júlio Orlando 26 de fevereiro de 2021

E por que então a Ford fechou no Brasil?

Avatar
elioricardo 26 de fevereiro de 2021

Altos custos a fábrica de caminhões já foi a muito tempo para eles não compensa produzir carros aqui agora só suvs importados vão dar empregos para as pessoas de lá não aqui isso é que é duro

Avatar
Wagner 15 de março de 2021

No Brasil e em diversos países do mundo!

Avatar
Angelo 26 de fevereiro de 2021

Tenho um Ford Focus Sedan 2012, 1.6 Sigma, câmbio manual, ele faz qualquer outro carro popular virar meras carroças no quesito conforto e acabamento. Quando dirijo outros carros casualmente, fico totalmente desconfortável e com uma sensação de estar em algo descartável.

Avatar
Junior 26 de fevereiro de 2021

A maioria dos ford Maverick produzidos não tinha motor 6 cilindros, mas 4 cilindros. Em segundo lugar 8, e a minoria 6, que só foi oferecido de série em 74 e 75. Erro grotesco de um site que deveria ser especializado.

Avatar
adinaldo mundim 27 de fevereiro de 2021

mas o 4 cilindros so saiu em meados de 1975…ai ja foi tarde, a fama ¨de ruim ¨do maverick ja estava feita.

Avatar
ADHEMAR LUIS ROVARIS 21 de abril de 2021

O 6 cilindros foi oferecido em 73 e 74, em 75 entrou o 4 cilindros.

Avatar
Marcelo 25 de fevereiro de 2021

Um dos melhores carros que eu tive na vida foi um Fiesta 1.4 16V, comprado em 1997. Andava muito bem, tinha uma estabilidade fantástica e era super bem acabado.

Avatar
José Roberto Gonzalez 25 de fevereiro de 2021

Um professor meu de eletrônica automotiva só Senai dizia: carro vende pela beleza.
A Ford sempre teve um dia melhores acabamentos do mercado, e o motor CHT era muito robusto.
O Maverick , hj super valorizado , sofreu por conta da crise do petróleo de 73.
O Corcel 2 era o melhor carro a álcool do Brasil.

Avatar
Nelson 23 de fevereiro de 2021

Tive 1 Scort zetec 97 1.8 16v macio e confortável.bom de aceleração porem muito complicado para os Mecânicos da minha região.

Avatar
Sergey Schewtschenko 23 de fevereiro de 2021

O carro que eu curto até hoje é o Del Rey 1.8, carro luxo e confortável e possante excelente!!

Avatar
José Roberto Gonzalez 25 de fevereiro de 2021

Concordo.
Excelente carro

Avatar
Sérgio sales Rodrigues 22 de fevereiro de 2021

Eu tenho um Ford Focus hetch 2013 1.6 16v motor Sigma eu gosto do carro câmbio manual muito potente e não dá problema nenhum de motor o meu está com 170.000 km e tá zerado

Avatar
alecs 22 de fevereiro de 2021

a “culpa” pelo fracasso da Ford são das mulheres hetero,não é dasher saab?

Avatar
Marcos 22 de fevereiro de 2021

Concordo com muito do que li em vários comentários, mas também faltou pra Ford criar uma identidade.
Na época que só tínhamos 4 montadoras, as pessoas conheciam a GM como o carro de luxo, A VW como pau pra toda obra, a Fiat pra atender a todos. E a Ford…. A Ford não tinha nenhuma identidade. As pickups deles são referência. O resto, esquece. Só pra quem tem alguma identificação com a marca, mas esses são 0,…% no Brasil.

Avatar
Victor Hugo Pinheiro Cunha 23 de fevereiro de 2021

Como assim? A Ford é quem tinha identidade de carro de Luxo com os Galaxye/LTD/Landau e os Corcel/Del Rey…
Mas Chevrolet tinha um Chevette mais em conta que o Corcel e um Opala bem mais em conta que um Landau…
Depois e Chevrolet veio de Kadett/Monza/Vectra na verdade tudo carro alemão da Opel…
E a Ford só trouxe o Escort e o Mondeo…. Del Rey não era páreo nem pro Monza e o Mondeo era muito mais caro que Vectra.
O fato é que a Chevrolet fez seu mercado com o ‘popular de luxo’..,
Ford, Ford de verdade mesmo, vieram com Fiesta/Ka/Focus que eram da Inglaterra, concorrentes da Opel alemã, mas era tarde, e faltou brigar no preço.

Avatar
adinaldo mundim 27 de fevereiro de 2021

e verdade!! tambem concordo com muitos comentarios que vi aqui…mas a verdade verdadeira mesmo e que , a Ford so lançou aqui SUCATAS, com motores da decada de 50, ate mesmo dos anos 40, lançados pela willys (Gordini e Rural) e aproveitados aqui pela Ford por longos anos. Vieram os NEW FIESTA, os Focus, modernos,… assim mesmo, o NEW FIESTA era IMPORTADO do Mexico, e o Focus da Argentina… mas verdade seja dita, os carros da Ford, projetos antigos ou novos, sempre deram conta do recado, aguentaram e aguentam qualquer tranco…

Avatar
Victor Hugo Pinheiro Cunha 14 de abril de 2021

Bom lembrar que o Gordini era um Renault Dauphine envenenado e o Corcel era um Renault 12 tropicalizado (e mais bonito)…
A Rural/F-75 já era um Jeep legítimo, o qual a Ford também foi fabricante durante a guerra. Mas definitivamente era um carro dos anos 40 que se popularizou nos anos 50. Os novos Jeep que surgiram nos anos 60 mas não tinham mais nada com a Ford. A Willys nunca trouxe os Jeepster e as WAGONEER e os Gladiator e J2000/3000/4000 que vendiam nos USA nos anos 60… Ficamos parados no tempo.
Já o Maverick.. Aproveitaram a sucata do motor do Itamaraty nele.. Um fiasco completo. Só presta o V8.

Avatar
Marcus Cunha 22 de fevereiro de 2021

Fabricação Ordinária
Reparos Diários

Avatar
André Gomes 22 de fevereiro de 2021

Quando é que a mídia vai entender que a decisão foi global? Vão se informar mais, pesquisar mais sobre o fim do fordismo, da opção da Ford no mercado mobiliário, da decisão do Ceo em querer investir em Pick ups e Suvs, um mercado mais lucrativo para eles! Não coloquem a culpa no brasil, nem nos ícones que ela fabricou por aqui! Façam uma matéria sobre a Ford!

Avatar
Marcelo 25 de fevereiro de 2021

Ótimo comentário.

Avatar
Alisson Castro De Albuquerque 22 de fevereiro de 2021

O que faltou na Ford foi como se posicionar em cada veículo. Tive vários da marca. Creio o abismo iniciou quando se juntou com a Volk na automatona. A companhia tiveram vários tipos de motorização e apenas no Brasil sua motorização era insignificante. Com isso, a cada tempo perdendo competitividade.

Avatar
Paulo 22 de fevereiro de 2021

… carrão, só quem andou e guiou sabe o que foi e ainda é um Maverick… O resto é desinformação… Falar é fácil… pra quem viveu… viveu!

Avatar
MARCO CAMPOS 22 de fevereiro de 2021

Tenho um ford maverick a 34 anos nao troco ppr nada minha vida esta ali

Avatar
LUIZ CARLOS MILETA 24 de fevereiro de 2021

Tive 2 Mavericks.
Um 6 cilindros e outro de 4
Fiquei 27 anos com o 4 cilindros, nunca me deixou na mão
Me arrependi até hoje de ter
Vendido elê.
Se eu puder compraria um novamente.

Avatar
Pablo iglesias 24 de fevereiro de 2021

Se não tem como adiquirir um Maverick V8 , entre o de 6 e o de 4 , o de 4 e muito melhor , o motor do fusion 2.3 e uma evolução deste

Avatar
Assis 22 de fevereiro de 2021

Concordo! Andei de Maverick e de Opala quando eram novos, nos anos 70/80. O Maverick ganha de lavada em vários aspectos. O Maverick GT 302 V8 é uma lenda e custa uma pequena fortuna hoje em dia merecidamente. Até os anos 90 ninguém queria carro 4 portas no Brasil. Tive vários carros da Ford e todos eram excelentes, para mim o grande pecado dela sempre foi o preço. VW e Fiat eram muito mais acessíveis, só por isso vendiam mais. O Escort Zetec 1.8 16v era um foguete, cansei de deixar para trás carros 2.0 com o meu, inclusive Golf GTi da época!

Avatar
Anderson Maik Melo 22 de fevereiro de 2021

Para quem crítica a Ford ou fica falando abobrinhas sem de fato conhecer os carros da marca, eis a minha opinião: já tive mais de 50 carros e apenas três outras marcas comercializadas no Brasil conseguem se assimilar ou ser melhor que a Ford. São elas: Toyota, Honda e Kia.
O resto, como Fiat, Wolks, Chevrolet e etc não chegam nem perto da Ford em durabilidade, conforto e qualidade em geral. O que “matou” a Ford no Brasil foram suas más administrações.

Avatar
Luca Godasi 22 de fevereiro de 2021

Isso é fato.

Avatar
Ronaldo 22 de fevereiro de 2021

CARROS DA FORD NÃO SÃO TÃO BONS ASSIM!!! SEI DISSO PORQUE TAMBÉM JÁ TIVE CARROS DA FORD!!! O ÚLTIMO QUE TIVE (DESSA PÉSSIMA MARCA) FOI UM FORD FIESTA 1.6 SEDAN COM MOTOR ZETEC ROCAM ANO 2013 QUE COMPREI ZERO QUILÔMETRO NA CONCESSIONÁRIA FORD DE MINHA. O RUIM DESSE CARRO, É QUE ELE AQUECIA O MOTOR EM EXCESSO!!! MUITAS VEZES QUANDO EU CHEGAVA EM CASA, DEPOIS QUE COLOCAVA O CARRO NA GARAGEM,EU SEMPRE ABRIA O CAPÔ DO MOTOR PARA ELE IR ESFRIANDO. UM ANO DEPOIS É QUE EU FUI DESCOBRIR QUE SUPERAQUECIMENTO ERAM COMUNS NOS FORD FIESTAS. GRAÇAS A DEUS, NÃO TENHO MAIS ESSA BOMBA. HOJE MEU CARRO É UM TOYOTA COROLLA. 🙂

Avatar
LUIZ GONZAGA MARTINS 22 de fevereiro de 2021

Comparar Corolla com qualquer carro Ford é covardia.

Avatar
Assis 22 de fevereiro de 2021

Também tive um Fiesta 1.6 sedan e ele só me deu alegrias. Confortável, preciso, não quebrava, andava muito e nunca superaqueceu, e olha que tenho o pé bastante pesado. Motor fraco não me aguenta não!

Avatar
Sir.Alves 25 de fevereiro de 2021

Amigo, acho que vc nao teve sorte e pegou um ‘premiado’… digo isso por que temos uma eco 2012 também tirada zerinho, e o motor é excelente 1.6 zetec rocam, depois de 120.000 kilometros deu uns aquecimentos na BR e o conserto foi simples e barato, hoje ainda estamos com ela chegando nos 140.000km sem nem vazar oleo na garagem… é madeira de dar em doido… carro robusto, Mas como a Ford fez esta baita sacanagem de deixar o Brasil, não compramos mais desta marca aqui em casa.

Avatar
elioricardo 26 de fevereiro de 2021

Isso vou concordar já trabalhei em táxi esse mesmo modelo o sistema de arrefecimento teve muitos problemas o freio teve recall faltou duas vezes comigo a sorte que estava devagar a direção hidráulica foi trocada observação o carro era novo tem gente que diz que não teve problema eu posso até acreditar na minha opinião não compro esse modelo jamais foi o pior carro da praça NOTA não foi só o que trabalhei que teve chateação dos colegas também quem for comprar uma dica olho no sistema de arrefecimento

Avatar
pedro paulo garcia prata 22 de fevereiro de 2021

Fiat faz uma viagem direto 1300km você tá morto GM conforto vw.pura barulheira Ford segurança aroeira.

Avatar
Denilson Antunes Rodrigues 24 de fevereiro de 2021

Concordo com você e olha que estou no terceiro Ford, tive Chevrolet e realmente nem se compara

Avatar
Jo 22 de fevereiro de 2021

Eu não gosto de carros 4 portas, isso foi um acordo e uma imposição das montadoras para tornar o produto mais caro, tive um gol bolinha última geração duas portas um excelente carro, espaçoso com ap1600, só vendi porque não tinha air bag, abs e monte de baboseira que vem no carro infiado guela a baixo dos brasileiros como sempre, e fiz a besteira de trocar pelo g5, ruim, tão ruim que até a Volkswagen perdeu a liderança depois que parou de fabricar a ford ainda vai se arrepender de fabricar o Ka tanto os dois modelos, é carro para massa pobres desse pais, que além de tudo ainda tem que cair nas garras dos bancos para ter um pé de boi como chamavam o fusca, com preço de carro de qualidade, o fiesta até hoje está em produção na Europa ja lá sei eu na quinta geração,

Avatar
Waldemar 22 de fevereiro de 2021

Olha tive vários carros da FORD, nunca tive problemas sérios com eles, ótima mecânica e lataria, inclusive representava sua marca com motores para fórmula 1. Não vamos julgar a permanência no Brasil com informações falsas ou sem fundamentos. O que acontece envolve política estrutural, isso não só com a Ford mas com várias empresas que se estabelecem no Brasil com promessas de incentivos fiscais permanente e isso não acontece e com o tempo e as dificuldades financeira essas empresas são obrigadas a se adequarem a situação atual.Infelismente é isso.

Avatar
João 22 de fevereiro de 2021

Tive um Fiesta sedan, amava o carro, nada a reclamar.
Talvez a fatia de mercado no Brasil não interesse mais pra Ford.
Com poucas opçôes de modelos, parecia estar pouco se lixando para o consumidor brasileiro.
Quem sabe a Ford volte com modelos 100% elétricos ??
E com preços ao nosso alcance, é claro.

Avatar
CARLOS ALBERTO BARBOSA 22 de fevereiro de 2021

Maverick um dos melhores carros do Brasil se não deu certo foi por conta do marketing pois os carro é excelente

Avatar
Luca Godasi 22 de fevereiro de 2021

Isso é fato.

Avatar
Milton Vargas 22 de fevereiro de 2021

O melhor,carro da Ford foi o corcel anos 70 nunca vou esquecer pouca manutenção econômico.

Avatar
Joao paulo marques 22 de fevereiro de 2021

Ate onde eu sei aquela mecanica de pouca manutençao . confiavel e economica era Renalt

Avatar
Alexandro koslowski 22 de fevereiro de 2021

Me criei dentro de agência da Ford uma pena o fechamento da marca. Deus carros sempre foram resistentes.

Avatar
Álvaro Gapanowicz 22 de fevereiro de 2021

Creio que há uma informação equivocada. Tive uma Royale, muito bom carro e além do melhor acabamento ela se diferenciava da Quantum por ter 4 portas.

Avatar
Marco Antonio 22 de fevereiro de 2021

Realmente a Ford teve irmos lançamento, mas igual corcel 1 e Maverick jamais. Tenho hoje um Ford fucus Titanium, carro muito bom, acabamento excepcional, mas uma mecânica fora de contexto de cara. Gosto de Ford, já possuí maverik, Escort, versallis, pampa, curriê, e tenho hoje um Focus sedã Titanium, sou cúmplice pra falar da marca pq gosto muito. Mas Maverick e corcel jamais, tudo em sua época né kkkkkkk

Avatar
Airton massoni 22 de fevereiro de 2021

Tenho um Scott ano 94 1/8 original a álcool cht todo original segundo dono chave reserva original,motor com 250 mil km moto original xodó da família.
Eu só tenho que agradecer a Ford pela fabricação deste veículo.

Avatar
Máriano 22 de fevereiro de 2021

Maverick e a courier foram uns dos melhores quanta baboseira

Avatar
Glemerson Tonieli 22 de fevereiro de 2021

Sim Maverick foi um ótimo carro,tive 3 de 4,6 e 8 cilindros, maravilhosos

Avatar
Antônio 9 de março de 2021

Não seja burro, ninguém tá falando q esses carros foram ruins. A matéria é sobre carros q foram mal sucedidos comercialmente falando

Avatar
Cláudio Moraes da Silva 22 de fevereiro de 2021

Discordo apenas com relação ao Maverick, pois na época eu trabalhava em uma Concecionaria Da Ford em Santos/SP e o Maverick era sucesso de vendas. Nós sempre estouravamos a cota do mês e se fazia lista de espera. Com o Maverick era assim, nada de fracasso, SUCESSO de Vendas !!

Avatar
Antônio 9 de março de 2021

Sim, mas vc tá se limitando à pequena bolha onde trabalhava. O Brasil é imenso, e sua agência certamente não vendeu número suficiente pra considerar o carro um sucesso em nível nacional, tanto q durou pouco. O carro era ótimo, mas na época vendeu pouco.

Avatar
Ismael Costa Silva 22 de fevereiro de 2021

“Estadunidense” foi demais

Avatar
Felipe Paulo 22 de fevereiro de 2021

Ismael, tudo bem?! Estadunidense é o adjetivo pátrio dos EUA. O mais comum é Norte Americano. Ambos estão corretos.

Avatar
Victor Hugo Pinheiro Cunha 14 de abril de 2021

Nem norte americano está pois tem que diferenciar empresas canadenses das mexicanas e cubanas etc e tal e das estadunidenses…
Até a Groenlândia fica na América do Norte, e não na Europa…

Avatar
Marcos 22 de fevereiro de 2021

Também acho horroroso, mas infelizmente, está correto.

Avatar
Victor Hugo Pinheiro Cunha 14 de abril de 2021

Mas é o certo oras pois ‘Americanos’ inclui Canadenses, Mexicanos, Cubanos, Bolivianos, Uruguaios, etc, etc etc…

Avatar
Sandro Machado 22 de fevereiro de 2021

O Grande erro da Ford na minha opinião é não ter dado continuidade nos nomes dos carros, digo por exemplo da PAMPA, eu tive uma 1.8 era excelente, esse negócio de ficar mudando os nomes dos carros de mesmo segmento não é bem visto pelo consumidor, ao invés de courier poderia ter continuado com o nome PAMPA até hoje, percebe isso com outros carros, o GOL até hoje está vivo, a saveiro, o Corolla, o FIAT uno, etc.

Avatar
Rogério 22 de fevereiro de 2021

Muitos brasileiros não tem condições de ter carro, pois não sabem dar manutenção,evadiram carroças, preferem uno,palio,gol,KA,a um Toyota ,hiunday,Kia, os importados são muito melhores com um preço maior ,só que brasileiro achacquecs manutenção dos nacionais são mais em conta ,porém esquece que enquanto vc faz uma manutenção no importado vc faz 3 ou mais no navional

Avatar
Marco Antonio da Silva 22 de fevereiro de 2021

Eu não vou reclamar dos modelos que possuo um Ford Escort Zetec nunca me deixou na mão, possuo também uma picape Courier gostei.

Avatar
Ademildo Menezes de Capinópolis MG 22 de fevereiro de 2021

Eu tenho um Escort cht ano 90 nunca mi deixou na mão é o orgulho da família, tenho ele a quase 25 anos bom de motor isso é tudo

Avatar
André 22 de fevereiro de 2021

Agora é fácil achar erros nos carros que marcou época e deixaram saudades que hj valem muito mais velhos do que zero, má administração gestões incompetentes isso não entra em pauta,time que se ganha não se meche, acabou com o time, agora resta culpar os carros e deixar seus clientes na mão.por isso que tenho um Corolla carro excelente, por ter traumas de carro nacional que optei por ter Toyota,qualidade japonesa é outro nível,até sua gestão é respeitada.

Avatar
Dalmo Gomes 22 de fevereiro de 2021

O Maverik nos EUA era carro de pobre, muito pobre mesmo, carro barato popular. E aqui no Brasil a Ford enfiando essa merda como carro de luxo! Kkkk

Avatar
santo 22 de fevereiro de 2021

O QUE AJUDOU AFUNDAR A FORD AQUINO BRASIL NÃO FORAM CARROS FEITOS O QUE AFUNDOU A FORD NO BRASIL FORAM ESSES POLÍTICOS LADRÕES E SUAS POLÍTICAS DE EXTORQUIR DINHEIRO O MAXIMO QUE PUDEREM VIDA A FORD
MORTE AOS POLITICOS LADRÕES

Avatar
Elcides 22 de fevereiro de 2021

Ford sempre teve uma referencia,todos recomenda mais ninguem compra um,bom pra compra ruim de vende,uma coisa wu digo os carros zero da marca sao carisimos por isso q afundaram,assim é a fiat se nao abrirem do olho logo fecha,a toro ja deu merda caro e beberam quem compra logo devolve.

Avatar
Marcos Antônio 22 de fevereiro de 2021

EXCELENTE!!!!!

Avatar
Alex 22 de fevereiro de 2021

Verdade qualquer empresa q vai trabalhae no Brasil tem problemas de pagar propinas e com politicos e gente sem escrupulos …então tem mt deficuldades de conseguir documentos aprovações de de todas maneiras é dificil sobreviver como empresario se ñ for ligeiro

Avatar
Fabiano 22 de fevereiro de 2021

Pelo que minha mãe conta, não que o brasileiro preferisse carros de duas portas, mas os quatro portas, eram mais caros nos anos 70 e 80 e as fabricas, não se importavam tanto assim com o conforto dos passageiros e empurravam aquilo ali mesmo,pela fabricação barata. Então dizer que o brasileiro preferisse carros de duas portas, não é uma verdade. Na época das importações, com excessao das camionetes, todos os carros da minha família eram quatro portas e V8( a gasolina era pura e mais barata também).

Avatar
Marcos Antônio 22 de fevereiro de 2021

Muito bom! Meu pai tnh. um corcel 70(serentão), nunca deu problema. Verdade. E q valores era a ⛽!!!

Avatar
Antônio 22 de fevereiro de 2021

Na realidade a gasolina nunca foi pura, até mesmo porque ela em sua versão A saída da refinaria não tem número de octanos suficiente para vencer a detonação, ou seja seu carro pode até andar igual uma pipoqueira ( e tô pra te falar que nem vai andar). Antigamente usava-se chumbo como estabilizante da gasolina. Hoje é o etanol.

Avatar
Luiz Briganti 22 de fevereiro de 2021

Anos 70 e 80,sofriamos a síndrome de veiculo 4 portas ser para taxistas. O corcel 72 de 4 portas, branco, luxo, um parto para venda.
O Monza 4 portas acabou com essa idolatria do 2 portas.
Hoje difícil a compra de um veículo 2 portas.

Avatar
Glézio de Souza Dantas 22 de fevereiro de 2021

Tinham nada de parar a produção do del Rey pois foi precussor de carro de luxo aqui no Brasil

Avatar
Alberto Duarte 22 de fevereiro de 2021

FORD É FODA! MANUTENÇÃO MAIS CARA, ABANDONOU O BRASIL? #FORDNUNCAMAIS

Avatar
Paulo Cesar Gomes 7 de março de 2021

Quem nunca POSSUIU ouve falar e repete sem conhecimento de causa

Avatar
Marcos Garcia 22 de fevereiro de 2021

A Ford só acertou por aqui quando fabricava Renaults, projeto que herdou da Willys, o saudoso “Corcel”.

Avatar
Marcos Barbosa 22 de fevereiro de 2021

Era top quando fabricava Renault, o corcel 1, andava com o cheiro , e isso permaneceu no corcel 2, mesmo com motor cht. Motor top o azulzinho…saudades, imagina aquilo com uma injeção!!!!

Avatar
FLAVIO 22 de fevereiro de 2021

So quem teve corcel, del rey e Escort, sabia na época o que era prazer em dirigir, até hoje sinto saudade do meu escortinho e viajar no corcelzao era um prazer sem igual, parabéns por estes belos carros..

Avatar
Marco Antonio 22 de fevereiro de 2021

Realmente a Ford teve irmos lançamento, mas igual corcel 1 e Maverick jamais. Tenho hoje um Ford fucus Titanium, carro muito bom, acabamento excepcional, mas uma mecânica fora de contexto de cara. Gosto de Ford, já possuí maverik, Escort, versallis, pampa, curriê, e tenho hoje um Focus sedã Titanium, sou cúmplice pra falar da marca pq gosto muito. Mas Maverick e corcel jamais, tudo em sua época né kkkkkkk

Avatar
Fabio 22 de fevereiro de 2021

Tive dois escort um 85 1.6 l e outro 2002 eurooeu glx 1.8(este era o bicho pra andar)bons carros, porém uma coisa sempre incomodou na Ford? O custo da manutenção da Ford sempre foi superior a outros modelos similares de marcas Diferentes só por ser Ford.

Avatar
Gerson Nogueira Júnior 21 de fevereiro de 2021

FORD, marco na manufatura e história na indústria automobilística, nunca era pra fracassar. Administração muito ruim de serviço.

Avatar
Juniir 21 de fevereiro de 2021

Tenho uma f250 tropical 2003 , já tive 2 Maverick, Belina 1 e 2 , corcel 1 e 2 , Escort xr3 e hobby sempre tive Ford

Avatar
REI 22 de fevereiro de 2021

Que azar hein? Agora aprende a não ser Xita e conhecer outras marcas kkkkkk.

Avatar
Fabiano Augusto Rosa 21 de fevereiro de 2021

Tantos anos no Brasil, ela poderia ter tido uma consolidação melhor. Faltou investimento e vontade de concorrer com outras montadoras. Prova disso, foi o fechamento de várias fábricas pelo mundo.

Avatar
Valdeci nivaldo 21 de fevereiro de 2021

Eu tive um Escort L 1.6 álcool 86.
Possuí durante 22 anos. Hoje tenho um focus Sedam 2008. Tenho outros carros, más os Ford pra mim foram os melhores.

Avatar
PEDRO CARLOS DE FARIA PINTO 21 de fevereiro de 2021

Parabéns, Alexandre. A Ford nunca tratou o Brasil como devia. Desde quando se instalou, em 1919, queria somente vender carros fabricados nos EUA. Quando foi pressionada a fabricar carros no Brasil, comprou a Willys (que tinha o maior portfólio) e aproveitou um projeto pra produzir o Corcel, em 1969, que tinha índice de nacionalização maior que Galaxie e Maverick. Só F1000, Pampa e Ecosport fizeram sucesso. Muito pouco pra uma empresa do tamanho da Ford.

Avatar
Paulo Baratera 21 de fevereiro de 2021

Toda marca tem seus fracassos, Fiat depois do uno e Palio não mantém um modelo por mais de dois anos sem falar nos incendiários Marea e brava, VW teve o Sr. Apollo que creio que quase ninguém lembre, o próprio Santana teve as vendas encobertas pelos lançamentos de outras marcas, gol 16v, o próprio g5 com o motor frágil, os importados tipo Hyundai tinha modelos horríveis, Mitsubishi tbm era coadjuvante, os franceses sempre ruins por falta de manutenção especializada, TDS tem seus méritos e suas falhas é que o sencionalismo se aproveita das situações

Avatar
Ricardo felix da Silva 21 de fevereiro de 2021

Os melhores momentos da Ford foi no tempo de corcel Delrey Belina era carros bom motores renor alta qualidade e economia au falarem sobre o Maverick ainda hoje e meu sonho de consumo eo defeito da Ford e os veículos caros e as peças também e deficios de acharem as peças

Avatar
Flávio Cardoso da Silva 21 de fevereiro de 2021

Eu tenho um fiesta 1.6 2013, é sem duvida o melhor carro que ja tive.

Avatar
Erick Almeida 22 de fevereiro de 2021

Então vc nunca teve um carro de verdade rsrsrs

Avatar
Seiji 22 de fevereiro de 2021

Concordo plenamente com vc Erick. kkkk

Avatar
Paulo Cesar Gomes 7 de março de 2021

Tbm tive um Fiesta 2012 Mexicano com o qual fiquei 5 anos, com todas as MANUTENCOES em dia e sem NUNCA ter ocorrido nenhum PROBLEMA. EXCELENTE carro. Dentro de sua categoria é o MELHOR de fato, entao quem NUNCA possuiu jamais podera DESDENHAR.

Avatar
Ivaldo Atanazio 21 de fevereiro de 2021

FORD MOTOR COMPANY (FOMOCO), isso sempre foi boa marca, boa procedência, sem desmerecer a concorrência, só quem não conhece história automolistica falaria mal dessa marca, a Ford não colocaria a sua etiqueta em um produto por ela fabricado que não tivesse sido por ela testado e aprovado, tenho um ótimo veículo de marca Ford, satisfeito.

Avatar
Jose Maria Coelho 21 de fevereiro de 2021

Eu só possui o Ford Maverick, 302V8 diziam que era o motor canadense, não sei comprei barato, pelos uma pódios $,1.500,00 na época em 82ou83 não me lembro muito bem eu apesar de.ser.usado ano 75, eu gostava e achava pelo que eu andava não achava que consumia muito, até tive muito a problemas a encher o.tanque depois que ele tinha a.fama de.consumidor toda vez que.saia eu passava no posto e colocava mais um pouco de gasolina, e o frentista sempre falava que o tanque estava cheio, e eu falava, nossa eu andei muito e só coube isso, era em torno de 20,30, mais o menos, e aí vim a descobrir que o marcador nunca marcava direito sempre acusava na.reserva,.Eu nunca percebi que ele realmente.estava.com o tanque case cheio, e pra vender um ano depois era.bonito.e.tudo mas ninguém queria comprar até em que um dia depois de voltar sussessivas vezes da feira do automóvel e desisti, ninguém queria comprar, até que um dia meu cunhado chegou lá em casa e tinha trocado por um VW TL 1600, foi o único jeito de se livrar do carro pois eu casei e tinha outros compromissos, aí nunca mais eu os vi, e hoje é um carro cultuado e.vale milhões, eu deveria telo- guardado e é hoje teria muito dinheiro a receber?.

Avatar
Rodrigo 21 de fevereiro de 2021

A Ford seria boa para a terceira guerra mundial só tem bomba kkkkk.

Avatar
Celso 21 de fevereiro de 2021

Muito boa a matéria e tem uma explicação. Simplesmente brasileiro não sabe escolher carro bom. Quando a maioria dos compradores preferem um gol ou um voyage no lugar de um focus, mostra bem a falta de gosto, inteligência, etc Kk

Avatar
Flávio Vaz 21 de fevereiro de 2021

Verdade 👍

Avatar
Waldevan dos reis 21 de fevereiro de 2021

Hoje Eu tenho toyota. mas os carros da ford saõ muitos bons .ja tive varios CORĆEL.1 e 2 LDO. BELINA FIESTA.

Avatar
Lucas Marques Da Silva 22 de fevereiro de 2021

Brasileiro preferir o Voyage todo de plástico acabamento ridiculo com o pior motor da história da Volks e deixar de lado o Focus sedã é só brasileiro pra fazer uma idiotisse assim. Por isso temos carros cada vez piores e mais caros! Lamentável

Avatar
José Araújo 21 de fevereiro de 2021

Tenho que rir desse repórter desinformado…kkk
Os carros da Ford são excelentes. O problema é que a VW tem grife. Mavericks eta um sonho de todo rapaz da década de 70….eu tenho um XR3 Branco 89 ha 24 anos…já me ofereceram 30 mil e não vendo….é o velho e bom CICATRIZ

Avatar
Osmar de Pelegrin 22 de fevereiro de 2021

olha concordo com vc tive maverick v8, Belina, delrey, versales, e des de 2006 tenho Ford ranger ,hj uma limitd 2019 excelentes carros , discordo de muitos comentários, o q tirou a Ford do Brasil foi o incentivo q ela ganhou na Argentina e no México, coisa q devido nossa elevada carga tributária não conseguimos cobrir .

Avatar
Marco 23 de fevereiro de 2021

reporter nutela amigo, so sabe dirigir carro automatico, da bola não pois o mínimo é fraquinho

Avatar
Jose carlos 21 de fevereiro de 2021

A verdade é que o povo Brasileiro sempre aceitou as coisas mau feitas, não é só carro não…
Os carros de primeira linha do Brasil são os básicos de outros países…
Dizem que a Ford deixou o país por culpa desse governo, não concordo, a Ford já vinha com problemas a 10 anos… e porque compraram a Troller e não lançaram e até recolheram os carros ja vendidos?
Porque os concorrentes que vieram depois vieram com modelos novos e completos pagando os mesmos impostos?

Avatar
Edival Design 21 de fevereiro de 2021

Discordo, usei EcoSport modelo quadra, a última versão top, é carro demais, hoje tenho um EDGE sem palavras pra o acabamento, motor potente, a courrie sempre quis uma, no dia que encontrar uma em bom estado eu compro, meu usou maverik, perus, todos são ótimos carros, o problema é a besteira dos brasileiros em serem fanáticos por Gol, perdem a oportunidade de usar carros com.acabamentos que prestam por.medo do preço das peças.

Avatar
Andre Rocha 21 de fevereiro de 2021

O problema não é o brasileiro ser fanático por Gol. O problema é que determinados veículos não emplacam devido a 2 fatores básicos: design e o que pode ser feito com esse design (xuning). O Gol (e derivados), por exemplo, desde o batedeira permite peripécias de xuning por parte dos proprietários. Já os da Ford o design não agrada tanto para isso, fazendo a molecada torcer o nariz. Outro fator é que os motores da VW sempre foram mais espertos que os da Ford, mesmo com características mais parecidas, e por aí vai. Vê o HB20, Peugeot 206, Corsa Wind. Todos eles permitiam “soltar a criatividade”, enquanto os da Ford nada cai bem. Bom, meu ponto de vista

Avatar
Joaquim 21 de fevereiro de 2021

Discordo com a avaliação de dois modelos. A coruier, é a melhor caminhonete da categoria. A melhor relação custo benefício e a que resolve ao que se propõe. Evo Focus teve um ótima aceitação. Já o New fiesta e o fiesta sedã. Modelos novos e antigos. Veja o mercado destes veículos. Acho que o repórter tem que estudar mais.

Avatar
Valdemi Ribeiro da Costa 21 de fevereiro de 2021

O fracasso da ford…é o fracasso do Brasil. O que ocorre é q o povo faz muitas criticas e comentarios sobre o q nao se sabe ou pouco se conhece… O Brasil está cheio de bons carros, mas parecem querer forçar o povo de q só os carros da toyota e honda, prestao nesse país. E isto é muito ruim porq os preços dos veículos pertencentes à estas marcas sobem absurdamente enquanto a qualidade nao acompanha o alto preço. Nao estou e nem tenho interece de desmerecer as marcas acima citadas elas tem seus meritos e merecem respeito… Mas quem perde mesmo é o trabalhador é…o povo brasileiro. Bom !!! é o que penso.

Avatar
Silvia Oliveira da siva 21 de fevereiro de 2021

Concordo 👏🙏

Avatar
Claudeci Carlos Inácio 21 de fevereiro de 2021

Verdade amigo tenho uma 2013 último ano e não vendo de jeito nenhum , forte, confortável e gostosa de dirigir o que faltou na Courier foi a Ford não ter reestilizado com o passar do tempo.

Avatar
Shazzan 22 de fevereiro de 2021

Porisso que eu nao troco o meu monza a 30
Anos esse nao quebra esse

tem motor

Avatar
Antonio 22 de fevereiro de 2021

O Bolsonaro da auxílio emergencial pra quem não presisa,porque o governo não corta o imposto durante 10 anos da Ford que auxílio bom né. Faça isso Jair não deixa a Ford ir embora vc poder.

Avatar
Valmir Ferreira Da Silva 21 de fevereiro de 2021

O que afundou a ford foi esse governo miserável,que quer ver todos desempregados e morrendo de fome.

Avatar
Luciano 21 de fevereiro de 2021

Não fala besteira amigo! A Ford vem mal das pernas faz muito tempo como carros que não caíram no gosto da massa. Quando você sair para dar uma volta por aí passe a olhar quantos carros da Ford tem em relação a outras marcas. Eu já fiz isso e digo que a proporção mais ou menos é 15×1, a cada 15 carros, um é Ford.

Avatar
Claudeci Carlos Inácio 21 de fevereiro de 2021

Essa proporção sua está bem errada amigo, nunca que é o que você disse tem muitos carros da Ford que venderam muito e representam uma fatia muito maior no mercado.
Falando em modelos mais recentes o fiesta última geração vendeu muito basta sair nas ruas e ver quantos estão rodando, EcoSport VC vê aos monte o ka chegou a ser o segundo mais vendido do Brasil ,falo isso concerteza porque sou viajante ando bastante.

Avatar
Evandro 21 de fevereiro de 2021

Olha na minha opinião nao ea marca Ford ou outra marca sim os impostos que pagamos tanto de um veículo novo como um usado foi governo vem governo nasa vai mudar é se tratando desse assunto da marca ford não foram os modelos sim o poder aquisitivo de cada pessoa na época em obter um da marca …

Avatar
Junior 26 de fevereiro de 2021

O governo federal desde o começo da pandemia disse que quer que todos trabalhem para manter seus empregos e vc vem aqui postar uma besteira dessas. Isso é burrice ou mal caratismo ?

Avatar
Burrice é puchar o saco desse psicopata todo mundo ficando desempregado e você vem me dizer que ele que todos trabalhem,vai dormir. 26 de fevereiro de 2021

Boca aberta.

Avatar
Nelson 21 de fevereiro de 2021

Essa matéria não condiz com a realidade, os veiculos da ford são muito bem vindos ao Brasil , tenho um fiesta, ja tive Maverick- pampa f1000- f4000 – caminhão f600 – ford detroit- corcel.todos muito bons , e deicharam saudades.o problema sempre foi e sempre será os impostos.

Avatar
Jorge Luiz De Lucca 21 de fevereiro de 2021

Desculpe sr autor da matéria, mas sempre tive ford ( corcel, del rey, belina, scort e hoje tenho um fiesta 2011 unico dono). São carros de ótimo acabamento, econômicos e de baixa manutenção. Não concordo que esses carros da matéria foram responsaveis pela saída da montadora do Brasil.

Avatar
Wildson 21 de fevereiro de 2021

A Ford nunca emplacou no Brasil devido aos carros feios, com falta de inovações!! Só agora que começou mascará os carro, por exemplo a Eco nada mais é que um Fiesta com roupa de domingo. Foi usado o mesmo Chassi, então vem capengando a muito tempo, e agora com a saída do Brasil vai desvalorizar mais ainda, infelizmente.

Avatar
Reginaldo 21 de fevereiro de 2021

Isso mesmo Jorge Luiz concordo plenamente com vc

Avatar
José Raimundo 21 de fevereiro de 2021

Isso mesmo quem tem porque gosta é um carro bom quanto os outro vai dá preferência de cada um isso não é política porque ficar falando mau de um carro tão bom

Avatar
hermogenizlima@gmail.com 21 de fevereiro de 2021

Eu sempre tive vontade de ter um Maverick até hoje acho top demais

Avatar
Itamar Barros 21 de fevereiro de 2021

A Ford fabricou vários carros que não foram sucesso , no caso da Corier apesar de ter um bom desempenho eles pecaram na aparência do carro ele não era bonito ! Mas qual fabricante de automóveis que nunca teve seus fracasso ? Na minha opinião oq levou a Ford sair do Brasil foram principalmente os altos impostos sobre os carros , e também a grande concorrência que vieram com tudo ao país ! Trazendo carros muito bons ao mercado , enquanto a Ford Chevrolet e VW fabricavam carros pelados sem nenhum conforto . A concorrência derrubou a Ford .

Avatar
Paulo 21 de fevereiro de 2021

Vamos combinar o Mavericks só prestou o Gt..nao vamos nem falar em versailles ,courie, Escort SEDAN. Etc..fizeram a pampa, que é um sucesso até hoje , daí lançam courie, pelamordedeus, FORD é símbolo de carro forte , durável, precisa melhorar o designe..mas continuar raça fort

Avatar
MARICELSO INACIO DA SILVA Campinas SP 21 de fevereiro de 2021

Perua SW saudade muito show um avião

Avatar
Junior 26 de fevereiro de 2021

O GT só tinha uma pintura diferente. Por quê foi melhor que o super e o LDO, já que tinham o mesmo motor e mecânica ?

Avatar
Flavio Bragatto 21 de fevereiro de 2021

Ótima matéria, mas esqueceram de outra puta mancada da Ford: o Fiesta Sedan de 1ª geração (o “cara de gato”).
Era ótimo carro, mas durou quanto tempo em produção? Um ano?

Avatar
Claudinei F. da Silva. 21 de fevereiro de 2021

Gostei do Giesta cara de gato, tanto o hat,é o sedan.A frente oval,era horrível.É uma pena que durou pouco.

Avatar
Nelson Doniz 21 de fevereiro de 2021

Concordo que a manutenção e os carros da Ford sejam caros, porém falar que os modelos citados ajudou a quebrar a Fábrica, é conversa de quem não tem reportagem p fazer. Eu tive um Ford Maverick, ano 1975 4 cilindros, semi novo, fui o segundo dono, excelente carro,nada a reclamar, pelo contrário, SDS dele. Tive também, Verona,Versailles e Scott, carros excelentes.

Avatar
Roger Saffra 21 de fevereiro de 2021

Scoot?? Esse não conheço.

Avatar
Nelson Diniz 22 de fevereiro de 2021

Entendo que deveria ser mais produtivo, fazer seus comentários em relação á matéria, e não nos erros de digitação dos outros.

Avatar
JORJÃO 21 de fevereiro de 2021

Os carros da FORD sempre foram ótimos, principalmente os mais antigos isso nos EUA porque no BRASIL sempre foram inferiores, uma pena..

Avatar
Adriana 21 de fevereiro de 2021

Os carros da Ford são muito bons eu tenho um Fiesta .E este último Ford KA econômico confortável nota 10 meu filho comprou pra fazer Uber e disse não senti do na coluna passa muito tempo dirigindo e muito
confortável

Avatar
Pedro 21 de fevereiro de 2021

A Ford pode ser boa, ruim, manutenção cara ou barata, mas o que seus veículos são a partir de agora aqui no Brasil é : FORA DE LINHA e ninguém mudará isso, é melhor aceitar que dói menos.

Avatar
Caroline 21 de fevereiro de 2021

O fora de linha pode se tornar o mais cobiçado, é raro, é único, dependendo dos cuidados que recebeu.

Avatar
Pedro 24 de fevereiro de 2021

Ótima observação, não tinha visto por este ângulo.

Avatar
Junior 21 de fevereiro de 2021

Pra completar o queridinho Ford KA, foi reprovado em todos os testes de segurança, objeto de matéria no UOL, resumindo : Colidiu = morreu.

Avatar
Armando da Silveira 21 de fevereiro de 2021

Carro não é feito pra colidir. Não têm o que falar, cala a boca.

Avatar
Jr 22 de fevereiro de 2021

Mais um cliente , insatisfeito, kkkkkkkk

Avatar
Diego 21 de fevereiro de 2021

O brasileiro é foda as visitas saem eles falam mal kkkkkkkkk temos fudido mesmo

Avatar
Allan 21 de fevereiro de 2021

Trabalhei numa courier por 3 anos, sempre carregando peso, nunca quebrou, motor consumo baixo, carro excelente, só é feio

Avatar
João Paulo 21 de fevereiro de 2021

Verdade possuí uma e gostei muito

Avatar
Eduardo Ferraz 21 de fevereiro de 2021

Quem sabe o que é andar em um Maverick, sabe bem dar opinião, o que é eu mesmo posso falar no começo dos anos 80 tive o previlegio de andar em um desses, em matéria de conforto e arrancada não tinha outro , pois foi um ótimo carro infelizmente outros não tem a mesma opinião, tive também scort XR3 e o scort L que eram ótimos carros já na ocasião a autolatina que fabricavam.

Avatar
Rogerio 21 de fevereiro de 2021

Aos críticos sem conhecimento. Fale mal da Evoque( motor igual Fusion),para criticar primeiro tenho conhecimento.

Matéria feita por pessoal sem gabarito.

Avatar
Flavião 21 de fevereiro de 2021

Tenho Mavericks desde os meus 19 anos, já tive uns 10 ou 12. Hoje sou um cinquentão e nunca achei um carro tão impolgante, emblemático e poderoso como o Maverick; e sempre tive outro carro pra rodar no dia a dia. Já tive durante todo esse tempo vários carros de todos os modelos e marcas. Me desculpem, mas nada se compara com dirigir um puro sangue 302V8 raiz! Os outros são só os outros!

Avatar
Rondinele Glaucio Gomes 21 de fevereiro de 2021

Matéria sem fundamento, a Ford não afundou, e seus carros, são excelentes, foi questão de negócios, foi retirada a isenção de impostos que havia, que por sinal, é o que mais se paga no Brasil ( Impostos )então a empresa viu que não seria lucrativo manter em funcionamento.Simples

Avatar
Rogerio 21 de fevereiro de 2021

A Ford possuiu ótimos carros.Nunca passou por escândalos com a Vw na Alemanha(emissões de poluentes).
Hoje o Up é um tiro no pé tanto é que irá sair de linha.
Aí colocaram Tcross no lugar.
A carga tributária é desanimador nesse país.
Parabéns A Ford por fechar a fábrica no Brasil.
Faça sua produção onde existe lucro,pq manter um funcionário no Brasil é muito difícil.

Avatar
Alexandro Rodrigues Costa 21 de fevereiro de 2021

Nossa que matéria ruim e sem fundamentação, com certeza esse cara não entende nada do mercado de automóveis e conseguiu o topo das piores notícias. AUTO PAPO foi infeliz com essa matéria, poderia aproveitar a oportunidade e escrever algo relevante.

Avatar
Rogerio 21 de fevereiro de 2021

Quem fez essa matéria não sabe nada de automóveis.

Avatar
Luca Gandarela 21 de fevereiro de 2021

Tenho 1 F1 1950. Já tive Ford Maverick, Ford F100, Ford Corcel, Ford F1000, 2 Ford Landau, Ford Ecosport. Espero que a Ford Motor do Brasil (em respeito aos brasileiros apaixonados pela marca FORD ) continue com a Fábrica em Taubaté (SP) e Horizonte(CE).

Avatar
hermogenizlima@gmail.com 21 de fevereiro de 2021

O que mais falta é o brasileiro ter melhor poder aquisitivo se eu tivesse compraria sem medo de ser feliz kkk

Avatar
Bobby Newman 21 de fevereiro de 2021

Mano, na boa, que matéria ruim, pra não dizer outra coisa.

Avatar
Eduardo 21 de fevereiro de 2021

Incrível nossa cultura de falar não de tudo aliás a muito o Ibope são as coisas negativas. O Maverick V8 principalmente vale uma fortuna assim como carros antigos originais. Mas o caso do Maverick e cultuado como o muscle car nacional que mesmo totalmente podre e acabado vc não consegue comprar barato. Há muita procura por esse veículo. Achar que esses produtos afundaram a Ford e piada pois todas montadoras tiveram situações iguais até mesmo montadoras com suas marcas desejadas

Avatar
Lucas 21 de fevereiro de 2021

Reportagem sem fundamento algum, citou apenas ótimos carros que obtiveram mto sucesso até hj

Avatar
Sergio Roberto Feliciano 21 de fevereiro de 2021

Tive um Focus sedan automático com o motor 2,0 Duratec e acho até hoje que foi o meu melhor carro. Porém além dos problemas citados na reportagem há também os altos preços praticados pela Ford desde sempre.

Avatar
Bobson 21 de fevereiro de 2021

Sempre achei os carros da Ford shoow, mais existe um problema crônico, não com os carros mais com a assistência, a Ford pegou fama de ter manutenção cara, e de fato tem, esse é o motivo de a forde nunca liredar, a corrier tem capacidade de ser a melhor picape de pequeno porte, já trabalhei com ela e aguenta muito o tranco, o carro simplesmente nao quebra. Mais a fama pegou e a Ford não fez nada sobre isso.

Avatar
Joao 21 de fevereiro de 2021

Só o escort fusion e as ranger que salvou o resto

Avatar
domingos Recchia 21 de fevereiro de 2021

O maior fracasso da Ford sempre foi não acreditar e no Brasil e querer mamar na teta do governo com benefícios de impostos, que conseguiram nas duas plantas que fábrica Ecosport, lá e a troller.
Sempre quiseram fornecedores globais e os fornecedores brasileiros eram chamados de gost….os produtos são muito bons, mas quem determina investimentos deve ser péssimo mkt. Tirar o Fiesta e deixar ka? Sem grandes lançamentos e sempre querendo nas outras montadoras, era de se.espwrar que não ia longe.
Vejo a Fiat e a Pegout, porém a Fiat possui muitos lançamentos….duas marcas ruins na assistência técnica….

Avatar
José Sérgio de Queiroz Lopes 21 de fevereiro de 2021

Eu discordo totalmente.
O fracasso da Ford foi não ter se modernizado ao longo dos anos e manter o foco mais nós USA.
Aqui no Brasil sua produção aí longo dos anos limitou se a poucos modelos enquanto os concorrentes inovavam. Além disso os carros japoneses onde chegam dominam pela qualidade e durabilidade.

Avatar
William do nascimento 21 de fevereiro de 2021

A Ford está sendo visionária, na Europa e América do norte apartir de 2030 só produzirar carros elétricos. Todos sabem que para se consolidar, a marca tem que inovar. E isso que a Ford global está pensando. O Brasil é um mercado que está longe de comprar essa ideia, aí vem a pergunta como manter investimento em combustíveis foseis, se o futuro é elétrico? Como diz, quem não se atualiza fica pra trás.

Avatar
Antonio Carlos Farias 21 de fevereiro de 2021

O problema maior são os preços e manutenção mais cara.
Alem de uma rede de concessionárias que esfolam o consumidor, dar diagnósticos que não existe.
Eu tive 02 Escort e um Focus, e saí da Ford por causa da Concessionária Cimavel.

Avatar
Roberto Antonio Alves da Silva 21 de fevereiro de 2021

Prezados, essa questão de preços caros em peças de reposição dos carros Ford é pura lenda. Tenho um virtus vê e pasmem: um amortecedor dianteiro custa na concessionária o absurdo de setecentos reais cada um, sem mão de obra e logo que comprei o carro, zero quilômetro, a caminho de casa, já percebi que a suspensão deste carro não suporta buracos. Bate Rêgo como se não tivesse borracha. Na internet encontrei amortecedores turbo gás em kit de 4, sendo dois dianteiros e dois trazeiros, novos, sêlo do Inmetro por 1.240. Peças de carros semi novos são caras de quaisquer marcas, principalmente em concessionárias que se acha o centro do universo. O mesmo acontece com pastilhas de freio!

Avatar
Erson da silva costa 21 de fevereiro de 2021

Tambem acho fraca a reportagem,o Maverick foi lider de mercado na d3cada de 70 não tendo concorrente a altura em questão de desempenho e estetica,Ford deixa todas estas atuais marcas para traz,está certo quem falou que o Brasul é quem não acompanha a tecnologia.

Avatar
LEANDRO COSTA QUIRINO 21 de fevereiro de 2021

Os carros da Ford são um lixo…!
Manutenção cara e com pouco apelo visual.

Avatar
ROMULO BARBOSA 21 de fevereiro de 2021

Sr. Leandro qual Marca de Carro para você que é a Melhor ?

Avatar
KAKA 21 de fevereiro de 2021

Sobre a Troller Pantanal a reportagem não contou a história completa, o problema no chassi se deu pelo motivo de ser feito de fibra de banana, consequentemente haveria limitação para peso, as trincas apareceram para os que excederam o limite de peso, logicamente a Ford desistiu do chassi para evitar muitos processos.

Avatar
Jorge 21 de fevereiro de 2021

O que me parece é que a Ford nunca esteve com os olhos no mercado brasileiro, sempre com lançamentos desconexos com a realidade do país!

Avatar
Deixe um comentário