[Vídeo] Comprou um carro usado e foi enganado? Faça valer seus direitos!

"Casal de Belo Horizonte comprou uma picape Strada em uma concessionária da cidade. Começaram a rodar: na primeira viagem, acendeu a luzinha da injeção"

Por Boris Feldman 21/02/21 às 15h00
venda de carros usados
"Se você comprou um  carro usado e percebeu que foi enganado, você tem  que botar a boca no trombone" (foto: Shutterstock)

Quer saber? É isso mesmo! Se você comprou um carro usado e percebeu que foi enganado, você tem que botar a boca no trombone! Pode recorrer, deve recorrer à justiça. Porque ela até tarda – aqui no  Brasil, como tarda -, mas não falha.

Um casal de Belo  Horizonte – conterrâneos meus – comprou uma picape  Strada em uma concessionária da cidade. Começaram a rodar: na primeira viagem, que era para trabalho, ainda por cima, acendeu a luzinha da injeção.

Assista ao vídeo e entenda o caso:

Aí, voltaram, foram na concessionária, eles apagaram  a luzinha; saíram, acendeu de novo a luzinha. Aí voltaram para concessionária, perceberam  que tinha problema na válvula termostática, na suspensão, na injeção, uma série de problemas  nesse carro, e a concessionária começou a empurrar com a barriga: “ah, esse problema não é nosso; é, não deixa de ser”.

VEJA TAMBÉM:

Eles não tiveram dúvidas: fizeram valer o direito deles! E o Tribunal  de Justiça de Minas Gerais acabou de dar  ganho de causa aos compradores desse carro, e fez a concessionária não só devolver toda a grana que tinha recebido, como também pagar uma indenização por danos morais de R$ 15 mil.

Carro usado com hodômetro adulterado

Não dá mais para confiar em ninguém! Nem na concessionária dá para confiar, porque  agora vem a cereja do bolo: o hodômetro marcava 40 mil quilômetros; quando uma oficina que tem o computador para verificar a verdade foi mexer nessa picape, estava lá o dedo duro. Acusando que 40 mil quilômetros, ela tinha 116 mil quilômetros. Pode uma desonestidade dessa?

SOBRE
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Cleber 22 de fevereiro de 2021

A um bom tempo decidi não comprar mais carro usado, so uso carro zero fico com ele muitos anos e depois compro outro zero. Não que o zero não tenha problemas também, mas pelo menos a chance de pegar uma bomba sobre rodas e pegar estarada com minha familia é bem menor em um carro zero.
Dispenso comentarios que com o valor de um “gol” zero eu pego uma Mercedez 2014 C180. O dinheiro é meu e faço o que quero.

Avatar
Dirceu Barboza De Morais 22 de fevereiro de 2021

Bom dia, realmente ter honestidade nesse país, não faz parte da cultura brasileira. Tem que procurar seus direitos.Se todos denunciarem a justiça, deixa de ser lenta.

Avatar
D. Coletto christakou 23 de fevereiro de 2021

Todos os envolvidos estão sempre de boa-fé ……..kkkkkkkk

Avatar
Rodolfo 21 de fevereiro de 2021

Por essas e outras que antes de fechar a compra de um carro usado se deve fazer a Vistoria Cautelar e ainda levar em um mecânico de confiança para ver situação real do motor e do câmbio automático.

Avatar
Deixe um comentário