Great Wall Motors chega ao país e anuncia linha de SUVs e picapes eletrificada

Brasil terá a maior operação da montadora fora da China, com capacidade produtiva de 100 mil veículos por ano e geração de 2.000 empregos

plataforma carro eletrico gmw
Conjunto mecânico de carros híbridos que será usado pela fabricante chinesa (Fotos: GWM | Divulgação)
Por Alexandre Carneiro
27 de janeiro de 2022 13:20
De Iracemápolis (SP)
  • Great Wall Motors (GWM) irá investir R$ 10 bilhões no Brasil até 2032
  • Considerada a 7ª montadora mais valiosa do mundo em outubro de 2021, a GWM é líder entre os SUVs médios no mercado chinês
  • Marca irá lançar apenas veículos híbridos e elétricos no Brasil; veja mais detalhes na matéria

Já ouviu falar na Great Wall Motors – ou simplesmente GWM? Primeiramente, saiba que ela é a maior fabricante privada de veículos da China. O segundo ponto importante é que a empresa acaba de inaugurar uma fábrica em Iracemápolis (SP): trata-se de uma unidade que foi inaugurada pela Mercedes-Benz em março de 2016 e fechada em dezembro de 2020.

Nesta quinta-feira (27), a Great Wall Motors iniciou oficialmente as operações no Brasil promete fazer da unidade de Iracemápolis sua maior base de produção fora da China. A empresa anunciou investimentos de R$ 10 bilhões no país até 2032. Em 2025, a multinacional pretende alcançar um faturamento de R$ 30 bilhões.

A GWM também garante que fábrica brasileira será um centro completo de produção: até 2025, almeja atingir um índice de nacionalização de 60%. A unidade industrial será um pólo de exportação para o continente. A retomada das atividades vai gerar 2.000 empregos diretos e 8.000 postos de trabalho indiretos.

VEJA TAMBÉM:

Carros elétricos da Great Wall

Em Iracemápolis, a Great Wall Motors promete produzir veículos de nível global, inclusive elétricos. Os planos da empresa incluem o desenvolvimento de tecnologia para obtenção de hidrogênio a partir do etanol, além da implementação de uma rede de postos de recarga para automóveis elétricos em todo o país.

Por enquanto, a GWM não revela quais veículos produzirá em Iracemápolis (SP). Porém, todos serão SUVs e picapes. Na China, a empresa já produz, há anos, modelos desses segmentos.

fabrica great wall motors
Fábrica da GWM no interior de SP: comprada da Mercedes-Benz

Marcas

Para diversificar a atuação da montadora no Brasil e poder oferecer a melhor opção para cada perfil de consumidor, a GWM vai contar com três marcas, uma para cada linha de produtos. A Haval vai comercializar apenas SUVs on-road, a Tank contará com SUVs off-road de luxo e a Poer terá picapes.

Em um segundo momento, virá a linha Ora, uma marca premium exclusivamente movida a bateria. Ela será a primeira marca pura 100% de carros elétricos no Brasil.

A Great Wall divulgou que todos os produtos planejados para o mercado brasileiro são inéditos em âmbito global e ainda estão em desenvolvimento. Tudo o que se sabe é que a gama da fabricante, incluindo os modelos nacionais, será completamente composta por produtos híbridos, híbridos do tipo plug-in e elétricos.

Híbridos de até 430 cv

plataforma hibrida gwm
Plataforma híbrida pode entregar até 430 cv de potência

Os carros da Great Wall Motors com motorização híbrida terão opções de configuração que variam de 230 cv a 430 cv de potência e 41,8 kgfm a 77,7 kgfm de torque. Na prática, esses números se traduzem em aceleração de 0 a 100 km/h de 7,2 segundos a apenas 4,8 segundos e consumo de combustível de 75 km/l a inacreditáveis 208 km/l no uso combinado do motor elétrico com o motor a combustão como apoio.

Esses valores de consumo só são possíveis porque a GWM promete oferecer no Brasil o híbrido plug-in com a maior autonomia elétrica do mundo, de 200 quilômetros. Esse modelo ainda é capaz de recarregar 80% da sua bateria em apenas 30 minutos.

Lançamento ainda neste ano

O primeiro carro da Great Wall tem lançamento previsto para o quarto trimestre deste ano, mas ainda será importado. O primeiro nacional chega ao mercado no segundo semestre de 2023. Até 2025, a GWM já planeja ter uma gama composta por 10 veículos no Brasil.

Outra promessa da empresa é oferecer, de série, tecnologias de conectividade, como 5G e inteligência artificial. A GWM também afirma que oferecerá equipamentos de direção semiautonoma em todos os produtos. Portanto, não é de se esperar que a empresa produza carros populares.

A multinacional ainda está selecionando empresas parceiras para formar a rede de concessionárias. A GWM diz que escolherá grupos que já atuam no setor e que têm boa avaliação de satisfação com clientes.

Fundada em 1984, a GWM é um grupo que concentra nove holdings, das quais algumas se dedicam ao desenvolvimento e à produção de baterias para carros elétricos. Mas há ramos fora do setor automotivo, como no imobiliário. Atualmente, a empresa está presente em 60 países.

Great Wall entre as maiores montadoras

Considerada a sétima montadora mais valiosa do mundo em outubro de 2021, a Great Wall Motors é líder entre os utilitários esportivos médios no mercado chinês, o maior do mundo, com o modelo Haval H6, por 11 anos seguidos. A empresa também ostenta o título de quarta maior fabricante global de picapes médias, segmento que ela lidera na China há 24 anos consecutivos, onde a montadora tem uma participação acima de 50%.

A fabricante promete fazer investimentos massivos em carros totalmente elétricos e movidos por célula de hidrogênio, de modo a se tornar completamente neutra na emissão de carbono em 2045.

Carro chinês: você já tem um e não sabe? Boris Feldman explica

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Cassi 27 de janeiro de 2022

Novamente uma marca iniciante no mercado errando feio na escolha de motores. Picape com pretensão offroad híbrida não vinga. Lá fora como na australia 7 anos de garantia 2.0 diesel e nível 2 de assistências autônomas.

Avatar
Deixe um comentário