Novas regras de trânsito estão valendo; confira as principais mudanças

Para evitar multas, entenda as determinações mais recentes do Código de Trânsito Brasileiro; validade maior para CNH agora é realidade

arte novo codigo de transito brasileiro
Novo CTB foi sancionado em outubro de 2020 (Imagem: Ernani Abharão | AutoPapo)
Por Laurie Andrade
11 de abril de 2021 18:02

Entra em vigor nesta segunda-feira, 12 de abril, a Lei 14.071/2020, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A partir de então, a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é de 10 anos e o aumento da quantidade de pontos necessários para a suspensão do documento foi instaurado. Além disso, são novas regras de trânsito: a obrigação da cadeirinha até os 10 anos e a idade mínima para uma criança andar na garupa de uma moto.

As mudanças foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em 13 outubro de 2020 e tinham o limite de 180 dias para serem colocadas em prática. O que significa que os motoristas já podem receber multas caso não se atualizem e descumpram as novas determinações. Entenda, abaixo, as alterações mais relevantes.

LEIA MAIS

Tolerância para suspensão da CNH

Com a nova Lei de Trânsito, são necessários até 40 pontos para a perda da CNH. Esse número, no entanto, não é fixo. Multas gravíssimas, como falar no celular ao volante, podem acarretar na diminuição desse limite, passando para 30 ou 20 pontos. Veja bem:

O condutor pode perder a CNH com 20 pontos alcançados, se tiver duas ou mais infrações gravíssimas; com 30 pontos, se tiver apenas uma infração gravíssima; ou 40 pontos, se não constar entre as suas infrações nenhuma infração gravíssima.

Vale lembrar que, mesmo com a nova lei, o motorista continua podendo perder a carteira se for autuado em infrações que preveem de forma específica a suspensão da CNH, como é o caso da Lei Seca, por exemplo.

Renovação da CNH é mais uma das novas regras de trânsito

A validade da CNH também sofreu mudanças no novo Código de Trânsito Brasileiro. Todos os habilitados com menos de 50 anos passam a contar com o prazo de 10 anos para que o documento expire. “Pessoas entre 50 e 69 anos deverão renovar a sua carteira de motorista a cada cinco anos. A partir dos 70, a sua CNH valerá por apenas três anos”, explica o especialista em trânsito e em processos de contestação de multas indevidas Lucas Oliveira.

Obrigatoriedade do exame toxicológico

As alterações na obrigatoriedade do exame toxicológico são especialmente importantes para os motoristas profissionais. Condutores de transportes rodoviários, de cargas ou habilitados nas categorias C, D ou E deverão realizar o teste a cada dois anos e meio. No antigo CTB, o período de atualização era de cinco anos.

Caso o motorista não execute essa obrigação, sua CNH poderá ser suspensa por três meses, além de receber uma multa no valor de R$1.467,35.

Uso da cadeirinha

Quem tem criança pequena já está acostumado com a obrigatoriedade do uso da cadeirinha. Acontece que o tema também sofreu mudanças com as novas regras de trânsito.

De acordo com o CTB atualizado, crianças de até 10 anos de idade e que tenham menos de 1,45m de altura devem, obrigatoriamente, usar a cadeirinha. A multa para o motorista que transportar criança sem cadeirinha é de R$293,47 e sete pontos na carteira.

Crianças em motos

Condutores de motos também deverão se atentar ao transportar crianças na garupa. “Até então, não era permitido transportar crianças com menos de sete anos de idade na garupa de motos. Com as novas regras de trânsito, esse limite aumenta para 10 anos”, explica Lucas Oliveira.

A penalidade para o transporte indevido de crianças na garupa é de R$293,47 e suspensão do direito de dirigir.

Farol aceso durante o dia

De acordo com a nova Lei de Trânsito, o condutor deve manter acesos os faróis do veículo, por meio da utilização da luz baixa:

  • à noite; e
  • mesmo durante o dia, em túneis e sob chuva, neblina ou cerração.

Os veículos que não dispuserem de luzes de rodagem diurna deverão manter acesos os faróis nas rodovias de pista simples situadas fora dos perímetros urbanos, mesmo durante o dia.

Os veículos de transporte coletivo de passageiros, quando circularem em faixas ou pistas a eles destinadas, e as motocicletas, motonetas e ciclomotores deverão utilizar-se de farol de luz baixa durante o dia e à noite.

Blindagem também está entre novas regras de trânsito

A partir de 2021, quando se tratar de blindagem de veículo, não será exigido qualquer outro documento ou autorização para o registro ou o licenciamento.

Recall no documento do carro

Com as novas diretrizes do Código de Trânsito, as informações referentes às campanhas de chamamento de consumidores para substituição ou reparo de veículos não atendidas no prazo de 1 (um) ano, contado da data de sua comunicação, deverão constar do Certificado de Licenciamento Anual.

Após a inclusão das informações, o veículo somente será licenciado mediante comprovação do atendimento às campanhas de recall.

Responsabilidade solidária do ex-dono

No caso de transferência de propriedade, expirado o prazo previsto pelo Código de Trânsito sem que o novo proprietário tenha tomado as providências necessárias à efetivação da expedição do novo Certificado de Registro de Veículo, o antigo proprietário deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal, no prazo de 60 (sessenta) dias cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado. Isso sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas sanções impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

Troca de multa por advertência

Consta nas novas regras de trânsito que deverá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, caso o infrator não tenha cometido nenhuma outra infração nos últimos 12 (doze) meses.

Pagamento de multa com desconto

Por fim, a lei que alterou o Código de Trânsito determina que, caso o infrator opte pelo sistema de notificação eletrônica, conforme regulamentação do Contran, e opte por não apresentar defesa prévia nem recurso, reconhecendo o cometimento da infração, poderá efetuar o pagamento da multa por 60% do seu valor até o vencimento da multa.

Histórico das novas regras de trânsito

Jair Bolsonaro foi pessoalmente à Câmara dos Deputados apresentar o Projeto de Lei 3267/19, de autoria do Poder Executivo, que reformulava diversos artigos do CTB.

Para além do aumento do limite de pontos na CNH, o texto, que foi entregue diretamente ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tratava dos seguintes temas:

  • Mudança nas regras para o transporte de crianças;
  • Fim da exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais;
  • Ampliação da validade da CNH de idosos de 2 anos e meio para 5 anos;
  • Aumento da validade da CNH de cinco para 10 anos;
  • Uso de equipamentos de proteção para motociclistas;
  • Possibilidade de o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) liberar bicicletas elétricas sem maiores exigências.

A proposta também pedia que fosse retirado dos departamentos de Trânsito (Detrans) o dever de credenciar clínicas para emitirem o atestado de saúde para renovação da CNH. Segundo o próprio presidente da República, “qualquer médico” poderia conceder esse laudo.

O documento foi revisado pelo deputado Juscelino Filho (DEM-MA), relator do processo, e disponibilizado para análise dos parlamentares. O Plenário da Câmara dos Deputados votou, em 24 de junho de 2020, o Projeto de Lei 3267/19 atualizado e encaminhou o texto para o Senado.

Em setembro, o Senado foi favorável às mudanças da proposta, apesar de fazer algumas alterações no texto. Como foi modificada, a matéria teve nova votação na Câmara.

Em 22 de setembro de 2020 a Câmara aprovou a maior parte das emendas (8 de 12) do Senado ao PL 3267/19. Foi quando as novas regras de trânsito seguiram para sanção do presidente da República.

22 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
joylmo 25 de maio de 2021

Esse presidente é Top, pena que o texto original, o qual nos beneficiaria mais ainda, foi alterado. O sistema tenta atrapalhar o progresso.

Avatar
Marcelo 14 de abril de 2021

No momento em que estamos passando por está pandemia. Não seria possível prolongar mais essa nova regra. Neste momento está difícil de fazermos esse exame toxicológico de imediato. Deveria dar mais meses para a consulta do exame. Não temos dinheiro no momento como este e aí? Ou então o governo deveria arcar com o dinheiro, já que é interesse deles.

Avatar
João sincera 18 de abril de 2021

Cada um mais retard q o outo vc acha q alguém vai ler e mudar algo por causa de um zé ningu3m que posta em um site insignificantes

Avatar
Gomes 25 de maio de 2021

João sincera seu viado respeita as pessoas demonio escroto

Avatar
Sir.Alves 14 de abril de 2021

As duvidas sao muitas do pessoal, e com razao, os sites dos detrans nao esclarecem nada…

Avatar
Reinaldo 13 de abril de 2021

Minha categoria D vai vencer 12/01/2023 Eu também tenho que fazer o exame toxicológicos

Avatar
João sincera 18 de abril de 2021

Se vc está afirmando que nos interessa?

Avatar
Nerilsa 13 de abril de 2021

Meu esposo motorista de carga fez toxicológico a 1 ano entrou na empresa precisa fazer de novo agora para nova lei,ele pode esperar a renovação da carteira vai ser em outubro por que vai vencer?

Avatar
João sincera 18 de abril de 2021

Aqui não é detran ninguém vai perder o tempo respondendo inutilidades

Avatar
MARIA ANTONIA DE CASTRO DINIZ 13 de abril de 2021

Minha cnh vence em 2024 , tenho que fazer toxicológico? Essa lei nova vai valer para as cnh antigas tbm? Ou passa valer apartir que renovar? Aqui em lencois paulista o detran nao soube me responder.onde fazer esse exame ja entra na cnh automaticamente? Porque nas clinicas aqui de lencois paulista nao entra …..ta mal explicada essa lei

Avatar
João sincera 18 de abril de 2021

Aqui não é detran ninguém vai perder o tempo respondendo inutilidades agora se eles não sabem liga no planalto e pergunta pro boçal

Avatar
Gomes 25 de maio de 2021

respeita as pessoas vai da o Rabo patife

Avatar
carlos andré 12 de abril de 2021

eu tenho 47 anos e vou renovar no final do ano…. quanto tempo vai valer minha cnh…. tendo em vista que pra 50 anos ( só vai faltar 3 anos);…

Avatar
João sincera 19 de abril de 2021

Aqui não é detran ninguém vai perder o tempo respondendo inutilidades se vc sabe ler leia releia Leia de novo até entender

Avatar
Cleiton 12 de abril de 2021

Quem toma multa gravisima perde a cnh

Avatar
João sincera 19 de abril de 2021

Onde vc leu isso para fazer essas afirmação? Pois você está afirmando né ? Pois pergunta se põe interrogação no final conclui p primario antes

Avatar
Comentarista 12 de abril de 2021

O código de trânsito tinha que estabelecer multas para essas porcarias de motos e carros com escape barulhento. Ninguém merece esses tranqueiras barulhentas.

Avatar
Adalberto Augusto Cézari 12 de abril de 2021

onde posso retirar um exemplar do novo código de trânsito brasileiro sem custo ,na cidade de são paulo – capital?

Avatar
João sincera 19 de abril de 2021

Para de querer ganhar vantagem e sabia que existe Google? Assim como postou pesquise e ache a lei e salve no cel use a caneca para pensar nao só pra bater uma

Avatar
José Carlos Martin Silva 12 de abril de 2021

O detran sp ainda não atualizou as informações contidas na Lei 14020/21. pois eu continuo com os pontos desde 2016.

Avatar
João sincera 19 de abril de 2021

E o Kiko? Kikotenho s ver com isso reclama com eles ou vc quer mendigar favor aqui ja

Avatar
Gomes 25 de maio de 2021

joão sincera, vc é um Viado enrustido.

Avatar
Deixe um comentário