Picape Peugeot Landtrek tem patentes registradas no Brasil

Modelo deve chegar ao mercado em 2021, com capacidade de carga de mais de uma tonelada e motorizações a diesel e flex

Por AutoPapo 14/04/20 às 17h35

A picape Peugeot está no radar dos brasileiros há algum tempo. Primeiro, o Grupo PSA anunciou em 2019, durante a Fenatran, a importação de uma caminhonete para o país. Depois, o CEO da fabricante, Jean-Philippe Imparato, confirmou a informação e disse que o modelo será concorrente direto da Toyota Hilux. Agora, o projeto deu um novo passo rumo ao mercado e foi registrado no  Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

VEJA TAMBÉM:

Registrar um projeto no Inpi é um passo essencial antes de fabricar um novo veículo no Brasil. Os documentos mostram que a Peugeot protocolou a picape em duas opções de carroceria: com cabine simples e dupla.  Isso indica que o fabricante planeja comercializar ambas no país. A primeira deverá ser mais voltada a frotistas e transportadores, enquanto a segunda atingirá um público mais geral.

registro industrial da picape peugeot landtrek cabine dupla vista de frente
Registro de patentes no Inpi indica que a versão cabine dupla não será a única disponível (foto reprodução)

Inicialmente, a intenção da Peugeot é lançar a picape no Brasil em meados de 2021. Porém, o cronograma da marca francesa pode ser afetado pela pandemia provocada pelo coronavírus. No exterior, a Landtrek já teve fotos e algumas informações técnicas reveladas.

Dimensões da picape Peugeot

De acordo com a Peugeot, a picape de uma tonelada terá uma série de atributos que a diferenciam dos concorrentes. O fabricante promete uma das maiores caçambas do segmento, modularidade de assentos, conforto digno de um SUV, grande capacidade de reboque e tecnologia para garantir robustez.

registro industrial da picape peugeot landtrek cabine dupla vista de frente
Configuração com cabine simples, que tem foco mais utilitário, também foi registrada (foto reprodução)

As dimensões da Landtrek correspondem ao segmento das picapes médias:

  • 5,33 m de comprimento;
  • 1,92 m de largura,
  • mais de uma tonelada de capacidade de carga.

Os bancos traseiros são rebatíveis 60/40 ou mesmo 100%, podendo suportar uma carga útil de até 100 kg.

A Landtrek, de acordo com apuração do jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, deve ser produzida sobre a plataforma EMP2. A mesma utilizada nos utilitários Peugeot Expert e Citroën Jumpy e nos SUVs Peugeot 3008 e 5008.

Equipamentos

A nova Peugeot Landtrek dispõe de tela tátil de 10 polegadas HD compatível com o Apple CarPlay e Android Auto. Dependendo da versão, o veículo conta visão panorâmica de 360° off-road baseada em câmaras periféricas, incluindo uma visão 3D.

Veja a galeria de fotos da picape Peugeot Landtrek!

A picape Peugeot oferece Hill Descent Control, assistência para reboque com um ESP que reage automaticamente a movimentos inesperados, e 6 airbags de série.

Motor da Landtrek

A nova picape Peugeot deverá oferecer opções a diesel e flex. A expectativa do mercado é de o modelo use a mesma motorização do Peugeot Expert, a 1.6 Turbo Diesel BlueHDi que rende 115 cv de potência a 3.500 e torque de 30 mkgf a 1.750 rpm.

O outro propulsor considerado é o 1.6 THP Flex, que também já é usado em modelos construídos a partir da plataforma EMP2.

Será que a Peugeot vai finalmente emplacar uma picape no Brasil?

Nem todos se lembram, mas a Peugeot já se aventurou de picape no Brasil em duas ocasiões. A primeira vez, em 1994, foi com a Peugeot 504, que era capaz de carregar 1.300 quilos.

O destaque, além da capacidade de carga, era o motor 2.3 movido a diesel capaz de render 70 cv. Porém, com projeto desatualizado, ela durou pouco: parou de ser produzida em El Palomar, na Argentina em 1999.

Depois, em 2010, outra picape Peugeot chegou ao mercado: dessa vez era a compacta Hoggar. Derivada do 207, herdava dele os motores 1.4 flex de até 82 cv e 1.6 flex de até 113 cv. Produzido em Porto Real (RJ), o modelo teve vendas pífias e foi descontinuado já em 2013.

Será que agora, com um modelo maior e totalmente novo, a Peugeot finalmente vai se dar bem com uma picape?

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário