Retrospectiva: relembre os 10 principais lançamentos de carros de 2020

Nada de ano morno por causa da pandemia: mercado automotivo brasileiro teve várias novidades nos últimos 12 meses

Por Fernando Miragaya 23/12/20 às 15h30
montagem retrospectiva 2020
montagem 10 principais lançamentos de carros 2020 (Fotomontagem | AutoPapo)

Quando pensamos em uma retrospectiva deste ano para o Auto Papo, logo imaginamos que não ia “render”. A pandemia provocada pelo novo coronavírus passou uma falsa impressão de que o mercado brasileiro de carros teve poucos lançamentos em 2020.

VEJA TAMBÉM:

Pois bem, rebobinamos a fita até janeiro e chegamos aos 10 lançamentos de carros mais importantes de 2020: foram mais de 60, entre reestilizações e novas versões, mas consideramos apenas novos produtos de fato, entre inéditos e mudanças de gerações. Confira a retrospectiva automotiva.

Retrospectiva 2020

1. Kia Rio (janeiro)

Kia Rio na cor vermelha com a dianteira em detalhe em movimento na estrada
Kia Rio na cor vermelha com a dianteira em detalhe em movimento na estrada

Sem saber o que nos aguardava, começamos 2020, como tradicionalmente, com poucos lançamentos de carros. O maior destaque ficou para o Kia Rio. Depois de mais de uma década prometido para o Brasil, o hatch compacto da marca sul-coreana finalmente foi lançado na segunda semana de janeiro.

Importado do México, chegou com preços a partir de R$ 71.490 – mas logo depois entrou em promoção com valores abaixo dos R$ 70 mil – e o mesmo motor 1.6 16V da linha Hyundai HB20, com até 130 cv de potência.

2. Audi Q3 (fevereiro)

novo audi q3 cinza dianteira

O Brasil estava às vésperas de receber a maior pandemia do mundo moderno, enquanto os lançamentos corriam normalmente. Em outro mês que costuma ter poucas estreias – devido ao período do Carnaval -, a Audi lançou o novo Q3.

A segunda geração do SUV médio da marca alemã ficou maior e mais equipada. Com preços iniciais de R$ 179.990, manteve o motor 1.4 TSI turbo de 150 cv, o mesmo que equipa vários Volkswagen por aqui, como Nivus, T-Cross, Polo e Virtus.

3. Renault Duster (março)

novo duster 2021 51

O mês que virou o país de cabeça para baixo ainda manteve um ritmo de lançamentos “normal” na primeira quinzena de 2020, e reservou dois SUVs entre os carros importantes. Uma semana antes de a pandemia impor restrições de convívio social, a Renault apresentou o Duster 2021 totalmente remodelado.

O modelo manteve a robustez, mas com grade e faróis que o deixaram com ares mais arrojados – e menos controversos -, enquanto as lanternas quadradas da traseira remetem ao… Jeep Renegade. O utilitário esportivo foi apresentado em quatro versões, com preços a partir de R$ 71.790, opção de câmbio CVT e sem o 2.0 16V – enquanto o 1.3 turbo não chega, o que está previsto para o primeiro trimestre de 2021.

4. Chevrolet Tracker (março)

Chevrolet Tracker Premier 2021 na cor azul de frente a 45º
Faróis têm luzes de rodagem diurna integradas

Na segunda metade foi a vez de a Chevrolet mostrar a nova geração do Tracker. Com tudo já pronto para um evento presencial, a GM acabou sendo a primeira a fazer uma live para o lançamento de um carro em tempos de pandemia.

Em meio a uma tampa do porta-malas que não abriu durante a transmissão ao vivo (o que rendeu muitos memes), o SUV chegou maior, mais espaçoso e com duas opções de motores turbos três-cilindros: 1.0 com 116 cv (do Onix) e 1.2 de 133/132 cv. As cinco versões iniciais a partir de R$ 82 mil depois foram totalmente reposicionadas e mudadas pela GM no fim do ano.

5. Volkswagen Nivus (maio)

volkswagen nivus highline 2021 cinza dianteira
Estilo que mescla traços de SUVs e cupês caracteriza o Volkswagen Nivus

Ainda com lançamentos de carros represados, maio de 2020 teve como grande atração o Nivus. O novo SUV-cupê da Volkswagen só chegaria às revendas de fato meses depois, mas a marca alemã preferiu manter a data de lançamento – claro, em formato virtual – para apresentar o modelo, mesmo que “por alto”.

Além do design bastante atraente e do sub-segmento que pretende criar, o utilitário compacto trouxe apenas em duas versões (de R$ 85.890 e R$ 98.290, que logo sofreram reajustes), sempre com motor 1.0 turbo TSI de até 128 cv e câmbio automático de seis marchas. Uma das bossas é a nova central multimídia VW Play, com tela de 10”.

6. Fiat Strada (junho)

nova fiat strada 2021 volcano cabine dupla vermelha dianteira
Rodas de liga leve de 16 polegadas são opcionais

Com dois meses de atraso, a Fiat mostrou a nova geração da Strada ainda com um evento virtual, mas que possibilitou um pequeno test drive por parte da imprensa. A picape mais vendida do país, enfim, ganhou uma segunda geração, mais moderna, equipada e com novo motor 1.3 Firefly de até 109 cv – porém as versões mais baratas mantiveram o 1.4 Fire.

Além da cabine simples (chamada indevidamente de Plus), estreou a nova cabine dupla com quatro portas e cinco lugares. Os preços começavam em R$ 63.590. A geração antiga se mantém viva em uma versão única Hard Working…

7. Ford Territory (agosto)

ford territory 2021 branco dianteira - foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo

Que mês do desgosto que nada! Agosto de 2020 foi a redenção e ensaiava uma volta à normalidade no setor automotivo. Mesmo ainda com as estreias virtuais, o período reservou dois utilitários esportivos concorrentes com misturas de origens curiosas. Um deles foi o Ford Territory, novo SUV médio da marca norte-americana.

Importado da China com motor 1.5 turbo de 150 cv e duas configurações de acabamento a partir de R$ 166 mil, o Territory chegou para rivalizar com as versões intermediárias e mais caras do Jeep Compass – líder absoluto do segmento.

8. Caoa Chery Tiggo 8 (agosto)

caoa chery tiggo 8 suv 8 lugares utilitario esportivo

Dias depois da Ford, foi a vez de uma marca chinesa apresentar um SUV médio fabricado no… Brasil. O Tiggo 8 foi lançado repleto de equipamentos, com promessa de espaço interno generoso e porta-malas gigante a um custo/benefício agressivo – custava R$ 156.900 iniciais.

Feito em Anápolis (GO) e com motor 1.6 turbo de 187 cv e 28 kgf.m, a expectativa do Grupo Caoa era que o jipão vendesse 300 unidades/mês, mas a empresa recentemente alardeou que teve de aumentar a produção.

9. Peugeot 208 (setembro)

novo peugeot 208 7

Se a pandemia estragou a agenda de alguém em cheio foi a da Peugeot. O principal lançamento da marca francesa nos últimos anos estava programado para abril, mas foi atropelado pela Covid-19. Mas chegou setembro e a montadora pôde revelar oficialmente seu belíssimo 208.

A segunda geração do hatch compacto, importada da Argentina, evoluiu em construção e tecnologia, e chegou inicialmente apenas com câmbio automático, que trabalha com o conhecido motor 1.6 aspirado e preços a partir de R$ 74.990. Um mês depois é que chegaram as opções com câmbio manual e preços iniciais de R$ 65.990.

10. Nissan Versa (outubro)

nissan versa 2021 3

Outro dos lançamentos de carros que estavam previstos para o primeiro semestre de 2020 e tiveram de esperar a turbulência passar foi o novo Versa. O sedã compacto da Nissan evoluiu em todos os sentidos e foi apresentado em outubro. Mais bonito, melhor construído e com uma carroceria bem mais firme, o modelo chegou do México em quatro versões com preços de R$ 72.990 a R$ 92.990.

O motor é o mesmo do Kicks e da antiga geração (que desde o primeiro trimestres passou a se chamar V-Drive): 1.6 16V com 114 cv e câmbio manual ou opção de transmissão automática do tipo CVT.

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário