O SUV dos sonhos está caro? Eis os 10 aventureiros mais baratos do país

Modelos compactos evocam a estética dos utilitários esportivos com adereços e, em alguns casos, com suspensões elevadas

Por Alexandre Carneiro 16/10/20 às 09h00
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

Você quer um SUV, mas os modelos desse segmento estão caros demais? Talvez a solução seja olhar com carinho para os aventureiros: eles são mais acessíveis e mantêm o estilão off-road. Alguns oferecem até suspensão elevada e pneus de uso misto, para superar mais facilmente algum obstáculo urbano. Outros trazem só a decoração específica mesmo, o que pouco importa para determinados consumidores, interessados apenas no visual mesmo.

VEJA TAMBÉM: 

O AutoPapo listou 10 aventureiros zero-quilômetro mais baratos do mercado brasileiro. Quase todos têm carroceria hatch, mas já existe até um sedã com esse tipo de proposta. Confira!

1. Renault Kwid Outsider

  • Preço: R$ 49.290
renault kwid outsider branco de frente: anunciado como SUV dos compactos, modelo é, na verdade, um hatch aventureiro

Lembra-se da propaganda da Renault que classificava o Kwid como SUV dos compactos? Se é assim, a versão Outsider estaria em um segmento superior ao dos SUVs? Brincadeiras à parte, o fato é que o modelo não passa de um hatch subcompacto, e a configuração em questão é simplesmente a aventureira da gama.

Em relação às demais versões do Kwid, a Outsider é a top de linha, mas não traz suspensão elevada ou qualquer outra modificação mecânica. As diferenças restringem-se ao visual incrementado com faixas adesivas, racks no teto e apliques plásticos nos para-choques.

O motor é 1.0 de três cilindros, capaz de render 66 cv de potência e 9,4 kgfm de torque com gasolina. Os números sobem para 70 cv e 9,8 kgfm com etanol. O câmbio é manual de cinco marchas.

Testamos o Renault Kwid Outsider: assista ao vídeo e entenda porque ele não vale a pena!

2. Fiat Uno Way

  • Preços: R$ 52.740 (1.0) e R$ 56.740 (1.3)
fiat uno way prata lateral em movimento
fiat uno way

O Uno Way é o segundo aventureiro mais barato do mercado. Em relação ao Kwid, tem a vantagem de oferecer, por uma diferença de preço mínima, maior espaço interno, principalmente no banco traseiro. Por outro lado, está defasado em tem futuro incerto dentro do portfólio da Fiat.

As versões Way são equipadas com motores da linha FireFly. No caso do 1.0, a potência é de 72 cv com gasolina e de 77 cv com etanol, enquanto o torque é de 10,4 kgfm com o primeiro combustível e de 10,9 kgfm com o segundo. Com o 1.3, a potência chega a 101 cv e a 109 cv, e o torque, a 13,7 kgfm e a 14,2 kgfm, respectivamente. A transmissão é manual de cinco velocidade com ambas as motorizações.

No Brasil, a Fiat foi a precursora dos aventureiros, mas ainda não aderiu à onda SUV. O Uno Way se mantém fiel à receita original do fabricante, com apliques plásticos nos para-choques e nos paralamas, racks no teto e frisos nas portas. Além do visual, há suspensão elevada em 2,5 cm (com motor 1.0) ou em 1,8 cm (1.3) em comparação às demais versões.

3. Volkswagen Fox Xtreme

  • Preço: R$ 60.490
volkswagen fox xtreme branco de frente em movimento

A presença de opções aventureiras é tradição da linha Fox. A versão Cross foi uma das pioneiras nesse segmento e trazia muitas modificações visuais, com direito até a um controvertido estepe pendurado na traseira. A configuração Xtreme, atualmente oferecida na gama, é mais discreta.

Ao contrário do antigo CrossFox, o atual Xtreme não tem suspensão elevada. A altura em relação ao solo é a mesma da versão Connect, única outra ainda disponível. A referência aos SUVs, portanto, fica somente por conta dos enxertos plásticos em portas, paralamas e para-choques, além das barras no teto.

Sob o capô, o Fox Xtreme traz o veterano motor 1.6 de oito válvulas identificado como EA-111. São 101 cv de potência com gasolina e 104 cv com etanol, enquanto o torque é de 15,4 kgfm com o derivado do petróleo e de 15,6 com o combustível vegetal. Não há outra opção de câmbio a não ser o manual de cinco marchas.

4. Volkswagen up! Xtreme

  • Preço: R$ 60.990
volkswagen vw up xtreme branco de frente

Por praticamente o mesmo preço de um Fox Xtreme, é possível levar versão equivalente de outro hatch da Volkswagen: o up! O problema é que os dois hatches da Volkswagen estão em fim de carreira e não terão novas gerações.

A fórmula do up! Xtreme é semelhante à da versão equivalente do Fox: não traz alterações mecânicas, apenas uma discreta roupagem aventureira. Há molduras plásticas na lataria e nos para-choques e barras na capota.

O caso é que o up! Xtreme é discreto nos adereços visuais, mas a maior qualidade do hatch ainda é o desempenho. O motor 1.0 turbo com injeção direta entrega 101 cv com gasolina e 105 cv com etanol. Mas o melhor é o torque de 16,8 kgfm com ambos os combustíveis. Acoplado a ele, há uma transmissão manual de cinco marchas.

5. Ford Ka Freestyle

  • Preços: R$ 61.590 (1.0) e R$ 69.990 (1.5)
ford ka freestyle marrom de frente em movimento levantando poeira

A Ford também tem um representante entre os hatches aventureiros. A atual geração do Ka sempre investiu em versões do gênero: inicialmente ofereceu a configuração Trail, substituída em 2018 pela Freestyle. Essa denominação já era usada desde 2006 no SUV compacto da marca, o EcoSport.

A caracterização ao estilo SUV inclui os elementos plásticos de sempre, mas pelo menos o Ka Freestyle traz alterações na suspensão. O conjunto é 2,4 cm mais alto que o das demais versões, deixando a parte inferior do veículo livre de esbarrões em lombadas e valetas.

Há duas opções de motorização. O leque começa com o 1.0 de 80 cv e 10,2 kgfm com gasolina ou 85 cv e 10,7 com etanol, associado a um câmbio manual de cinco marchas. Mas é possível optar também por um 1.5 de 128 cv e 15,6 kgfm com o derivado do petróleo ou 136 cv e 16,1 kgfm com o combustível vegetal. Nesse caso, a transmissão é automática de seis velocidades.

6. Fiat Argo Trekking

  • Preços: R$ 64.990 (1.3) e R$ 69.990 (1.8)
fiat argotrekking 2021 branco visto de frente

Outro aventureiro oferecido pela Fiat é o Argo Trekking. O modelo resgatou uma denominação que nasceu nos anos 90, com o Fiorino Pick-Up, e que acaba de ser adotada pela nova Strada.

Comparado ao Uno Way, o Argo Trekking traz uma decoração mais chamativa. O teto e a porção central do capô são pintados de preto, enquanto as portas e a tampa traseira exibem adesivos. Claro, também não faltam molduras plásticas na carroceria. Mas a Fiat elevou em significativos 4 cm, de modo que a altura em relação ao solo é de 21, número digno de SUV compacto. Além do mais, os pneus são de uso misto.

Quem quer um Argo Trekking pode optar por motores 1.3 e 1.8. O de menor cilindrada entrega 101 cv e 13,7 kgfm com gasolina ou 109 cv e 14,2 kgfm com etanol e vem associado unicamente a um câmbio manual de cinco velocidades. O propulsor maior eleva os números para 135 cv e 18,8 kgfm com o primeiro combustível e para 139 cv e 19,3 kgfm com o segundo e traz compulsoriamente uma caixa automática de seis marchas.

7. Hyundai HB20X

  • Preços: de R$ 65.590 (Vision) a R$ 79.590 (Diamond Plus)
hyundai hb20x 2020 preto de frente em movimento

Existe uma opção abaixo do SUV Creta dentro da linha Hyundai: o HB20X. Trata-se de uma versão aventureira, que contudo é tratada como modelo à parte pelo fabricante. Desse modo, existem cinco configurações: Vision, Evolution, Evolution Pack, Diamond e Diamond Plus.

Externamente, a gama HB20X traz grade e para-choques específicos, apliques plásticos e racks na capota. Não faltam rodas de liga leve de liga leve de 16 polegadas. A suspensão é nada menos que 5 cm mais alta que a das versões convencionais, criando um vão livre de 21,1 cm.

Todo HB20X é movido pelo motor 1.6 da linha Gamma. Ele gera 123 cv de potência com gasolina e 130 cv com etanol: o torque é de 16 kgfm com o primeiro combustível e de 16,5 kgfm com o segundo. É possível, porém optar por câmbio  manual ou automático, ambos de seis marchas, na versão de entrada Vision. As configurações seguintes oferecem unicamente a opção automática.

8. Renault Sandero / Stepway

  • Preços: de R$ 65.890 (Sandero Zen CVT) a R$ 84.390 (Stepway Iconic)
renault stepway cvt 2020 bege lateral
Sandero Stepway só é SUV na versão com câmbio manual (Renault | Divulgação)

Tradicionalmente, o Stepway ocupava, sozinho, o posto de aventureiro da Renault. Porém, a partir da linha 2020, a marca francesa passou a oferecer a versão Zen, que, quando equipada com câmbio automático CVT, traz o mesmo conjunto de suspensão, com altura elevada, da configuração anterior.

Tanto no Zen CVT quanto no Stepway, que é tratado como produto distinto pela Renault, embora seja apenas uma variação do Sandero, a suspensão é 4 cm mais alta que a das outras versões. A diferença é que o primeiro tem aparência discreta: traz apenas arcos plásticos nos paralamas. Já o segundo é bastante ornamentado, com direito a racks no teto e para-choques exclusivos.

A mecânica é sempre capitaneada pelo motor 1.6 de 118 cv de potência com etanol e 115 cv com gasolina. O torque é de 16 kgfm com os dois combustíveis. O Sandero Zen CVT, logicamente, traz um câmbio continuamente variável com seis marchas simuladas. Por sua vez, o Stepway é equipado com transmissão manual de cinco marchas na homônima configuração Zen. Já na Iconic, a caixa também é CVT.

9. Caoa Chery Tiggo 2

  • Preços: de R$ 68.990 (Look manual) a R$ 79.990 (Act automático)
Caoa Chery Tiggo 2: anunciado como SUV, modelo é, na verdade, hatch Celer com visual aventureiro

A Caoa Chery classifica o Tiggo 2 como SUV. Mas não é bem assim: na verdade, o modelo é uma derivação do Celer, que saiu do mercado em 2018. Os dois utilizam a mesmíssima carroceria e têm dimensões internas idênticas. Entretanto, o fabricante reestilizou a dianteira e a traseira, criou um novo painel, e… Elevou a suspensão, é claro.

Essas mudanças, aliadas à adoção de barras na capota e molduras nas caixas de roda, bastaram para que o hatch compacto ganhasse ar de SUV. De quebra, o aventureiro da Caoa Chery ganhou alguns apliques cromados.

Até no motor o Tiggo 2 é igual ao Celer. Os dois compartilham um 1.5 que entrega 110 cv e 13,8 kgfm com gasolina. Quando abastecido com etanol, são 115 cv e 14,9 kgfm. A versão de entrada Look vem equipada com câmbio manual de cinco marchas, mas oferece também uma caixa automática de apenas quatro velocidades. Na opção top de linha Act, a transmissão automática é padrão.

10. Renault Logan

  • Preço: R$ 69.090
renalt logan cvt 2020 cinza lateral
'Novo' Logan

Ao que parece, a Renault gosta de fabricar aventureiros. A fabricante não só utiliza essa receita em diferentes produtos, como também foi a primeira a aplicá-la a um sedã. O automóvel em questão é o Logan.

A lógica é a mesma da linha Sandero: quando opta pelo câmbio CVT com seis marchas simuladas, o comprador leva, necessariamente, a suspensão elevada em 4 cm. Esse conjunto é oferecido na versão Zen.

O motor do Logan também é o mesmo de Sandero e Stepway. O 1.6 rende 118 cv de potência com etanol e 115 cv com gasolina, além de 16 kgfm de torque com ambos.

Fotos: Divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    José Ricardo 22 de outubro de 2020

    Bela matéria entre os ministros SUVs

  • Avatar
    Ronei 21 de outubro de 2020

    Chamar de Sub estes carros e brincadeira isto e pegadinha

  • Avatar
    Tony Pacheco 17 de outubro de 2020

    Falando em design e espaço, o Stepway é imbatível.

Avatar
Deixe um comentário