Volkswagen terá picape elétrica para competir com a Tesla Cybertruck

Novidade será maior que a Amarok; projeto é desenvolvido em conjunto com a Ford e tem como alvo o mercado norte-americano

Por AutoPapo 11/08/20 às 20h38
volkswagen amarok nova geracao esboco
Nova picape elétrica da Volkswagen deverá ter identidade visual com a segunda geração da Amarok, que chega antes, já em 2022 (Volkswagen | Divulgação)

A julgar pela Volkswagen, a Tesla não será a única a produzir uma picape elétrica. A marca alemã está preparando uma caminhonete com propulsão totalmente livre de emissões. Trata-se de mais um passo da empresa para ter uma gama completa de “carros verdes”: na Europa, esse plano já começou a ser colocado em prática com o ID.3.

VEJA TAMBÉM:

A nova picape elétrica da Volkswagen vai mirar, principalmente, no mercado norte-americano. Trata-se de um continente com alto índice de veículos a combustão, comparativamente à Europa. Porém, o fabricante acredita que as novas tecnologias incorporadas a esse tipo de propulsão nos últimos anos, aliada ao gosto do mercado estadunidense por caminhonetes e aos bons resultados que a Tesla vem obtendo por lá, são indícios relevantes.

volkswagen amarok nova geracao esboco
Nova picape elétrica da Volkswagen deverá ter identidade visual com a segunda geração da Amarok, que chega antes, já em 2022

Aliás, os investimentos nessa picape elétrica seriam compartilhados com a Ford, que também pretende ter um veículo do gênero. Vale lembrar que, em 2019, as duas multinacionais assinaram um acordo para desenvolver caminhonetes e veículos utilitários mutuamente. As informações são do site Motorpasión.

Desse modo, a plataforma e a motorização elétrica seriam compartilhadas tanto pela picape da Volkswagen quanto pela da Ford. Os altos custos demandados pelas novas tecnologias de propulsão têm gerado novos acordos mundiais no setor automotivo. Recentemente, a Mitsubishi passou a integrar a Aliança Renault-Nissan, enquanto o Grupo FCA anunciou uma fusão com a PSA.

Os primeiros frutos do acordo entre as duas marcas surgirão já em 2022, com as novas gerações da Ranger e da Amarok, que terão grande índice de compartilhamento de componentes. As caminhonetes elétricas, porém, virão um pouco mais tarde e terão porte maior.

Foto: Volkswagen | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário