Volkswagen up! sai de linha na Argentina; futuro no Brasil é nebuloso

No país vizinho, hatch era comercializado em versão única e estava com vendas em baixa; produção no Brasil não foi paralisada

Por AutoPapo 28/10/20 às 20h15
volkswagen up move
volkswagen up (Volkswagen | Divulgação)

Depois de apenas seis anos de mercado, o Volkswagen up! saiu de linha na Argentina. O hatch ainda aparece no site local do fabricante, uma vez que existem algumas unidades em estoque, mas as concessionárias já não podem mais encomendá-lo. Como o Fox também não é mais vendido por lá, a marca alemã oferece apenas dois hatches compactos no país vizinho: Gol e Polo.

VEJA TAMBÉM:

A notícia sobre o fim da linha do Volkswagen up! foi divulgada pelo Argentina Autoblog. No mercado “hermano”, o hatch já vinha sendo comercializado unicamente com motor aspirado: as versões TSI, turboalimentadas, foram retiradas do catálogo no último mês de agosto. O site  teve acesso o comunicado do fabricante, distribuído à rede autorizada. O texto diz:

Por meio do presente, queremos anunciar o encerramento da comercialização do modelo Up! na Argentina. Após seis anos de trajetória no país,  decidimos finalizar a comercialização do modelo Up!, cujas vendas foram iniciadas em 2014 e que deixa seu legado no segmento de automóveis compactos na Argentina. Sem mais, aproveitamos para cumprimentá-los e desejar-lhes boas vendas.

volkswagen up move azul de frente

Vale ressaltar que a Volkswagen importava para a Argentina unidades do up! produzidas no Brasil. Desse modo, a saída do mercado vizinho não traz impedimentos para a comercialização do modelo por aqui. Isso, pelo menos, por enquanto…

No Brasil, não haverá nova geração para o Volkswagen up!

Embora continue em produção, o up! não tem futuro promissor. Pelo contrário: assim como ocorreu na Argentina, o modelo nunca foi sucesso de vendas no Brasil. A Volkswagen planejava substituí-lo por uma geração completamente nova do Gol, mas o projeto atrasou por causa da pandemia. Inicialmente previsto para 2021, o futuro modelo deve ficar para o ano seguinte.

Contudo, o atraso do sucessor não assegura uma sobrevida maior para o Volkswagen up! Isso porque, a partir de 2022, todos os automóveis zero-quilômetro vendidos no Brasil deverão ter controle de estabilidade, item indisponível no hatch. Portanto, até o fim do ano que vem, o modelo deve seguir no mercado: daí em diante, o futuro é bastante sombrio.

Foto: Volkswagen | Divulgação

SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
FLAVIO AUGUSTO GUEDES DE ASSIS 31 de março de 2021

UP não foi “sucesso” de vendas pelo alto preço. Em 2014, quando comprei meu primeiro, custava 34mil.

Avatar
José Carlos Lobo Barbosa 29 de outubro de 2020

Realmente é uma pena o subcompacto Up! com motor a combustão sair de linha no Brasil devido não ser um sucesso de vendas.

Segundo engenheiros e outros especialistas em carros, o Up!, nos aspectos construtivos, tinha uma melhor engenharia e era o mais seguro e estruturado do que seus concorrentes do seu segmento Mobi e Kwid. Infelizmente, seu maior preço não permitiu que fosse um sucesso em vendas.

Só espero que o e-up! (versão 100% elétrica) tenha vendas bem melhores do que a versão com motor a combustão e seja vendido no Brasil por muitas décadas!

Avatar
Deixe um comentário