BR-381 pode receber cinco praças de pedágio em 304 km de extensão; veja preços e locais

Praças de pedágio vão ligar Belo Horizonte a Governador Valadares, e a estimativa é que uma viagem de ida e volta custe R$ 121,50 em tarifas

cabine de cobranca automatica em posto de pedagio em sao paulo
Preços do pedágio na BR-381 podem chegar a R$13,80 (Foto: Reprodução)
Por Bernardo Castro
04 de agosto de 2022 12:12

A Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) apresentou na última quarta-feira (3) o projeto para a concessão do pedágio da BR-381 no trecho que liga Belo Horizonte a Governador Valadares.

Esse projeto foi relançado pelo Governo Federal após uma tentativa fracassada de leilão no final do ano passado quando o trecho da BR-262 que vai até o Espírito Santo estava incluso no projeto da BR-381.

VEJA TAMBÉM:

Em uma audiência pública técnicos da ANTT  e do ministério da Infraestrutura mostraram detalhes do projeto e tiveram algumas sugestões de entidades que representam o setor rodoviário e lideranças políticas de Minas Gerais.

Os preços dos pedágios da BR-381 previstos no esboço apresentado pela ANTT variam de R$ 10,79 a R$ 13,80. Ao todo, serão instaladas 5 praças localizadas em Caeté, João Monlevade, Jaguaraçu, Belo Oriente e Governador Valadares. O trecho tem 304 km de extensão.

pedagios previstos para br 381 antt divulgacao
Cinco cidades receberão as praças de pedágio na BR-381 (Foto: ANTT | Divulgação)

Caso alguma empresa realmente tenha o interesse nesse novo formato, uma viagem de ida e volta de Belo Horizonte até Governador Valadares custaria R$ 121,50 apenas em pedágio.

Descontos no pedágio da BR-381

Para dar uma aliviada no bolso dos motoristas, a ANTT vai oferecer desconto para aqueles que circulam com frequência na via e optarem pelo pagamento em formato eletrônico.

Com isso, pretende-se implantar um sistema que gera cobrança de acordo com o trajeto de cada automóvel, podendo reduzir o valor em uma das praças.

O valor cobrado nos trechos de pista dupla, por exemplo, será 40% maior quando comparado ao de pista simples. Os usuários deste dispositivo eletrônico teria 5% de desconto nos pedágios.

Também tem um desconto para usuários mais assíduos e que usam a via diariamente porque precisam se deslocar para trabalhar, por exemplo. Para isso, existe uma tarifa máxima aplicada a quem passa com menor frequência e uma mínima que servirá para quem chegar na 30ª viagem.

No trecho de Caeté o valor máximo é de R$ 13,80, mas pode cair para R$ 9,70 para usuários frequentes.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Felipe 6 de agosto de 2022

A esquerda pira kkkkk,justo né ,só paga quem usa a estrada,diferente da modalidade “social democrata “dos canhotas uol onde todos bancão a porcaria das obras viárias ..fora os desvios e afins , essa estrada era uma das mais perigosas do País ,agora será segura e terá realmente o investimento necessário ,seguimos em frente

Avatar
Deixe um comentário