Motorista de veículo adulterado pode receber até 6 anos de reclusão

Projeto de Lei prevê aumento das penalidades por uso de placas, marcação de vidros ou número do motor irregulares

Por AutoPapo 23/10/20 às 11h18
Com Agência Câmara de Notícias
homem instalando a placa de identificacao veicular piv cinza
Atualmente apenas os responsáveis pela adulteração são penalizados (Foto: Shutterstock)
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

O Projeto de Lei 4994/20 prevê pena de reclusão de 3 a 6 anos, mais multa, para motorista que for flagrado pela fiscalização dirigindo veículo com sinais identificadores adulterados, como placa, marcação de vidros ou número do motor.

LEIA MAIS

homem instalando a placa de identificacao veicular piv cinza
Atualmente apenas os responsáveis por adulterar as placas veiculares são penalizados (Foto: Shutterstock)

A proposta tramita na Câmara dos Deputados. O texto é do deputado Guilherme Derrite (PP-SP) e altera o Código Penal.

O objetivo, segundo ele, é corrigir uma lacuna do código, que hoje só prevê a punição para quem for pego adulterando os sinais de identificação do veículo, como uma oficina mecânica.

“Quem é flagrado conduzindo o veículo com os sinais adulterados, mesmo que saiba de tal circunstância, não responde por qualquer infração penal, estimulando, por via transversa, os já galopantes índices de furto e roubo de veículos”, disse Derrite.

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Antonio Cesar Porto da Motta 25 de outubro de 2020

    Interessante que se uma placa perde a cor, ou o arame desfia ou ainda e mais comum, fixam muito mal as placas, não aplicam o torque correto. Estas inconveniências ninguém fiscaliza e o pior não há a quem recorrer. Lamentável.

Avatar
Deixe um comentário